(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Influência do SSL nas metas de profissionais de marketing, vendas e empreendedores

Influência do SSL nas metas de profissionais de marketing, vendas e empreendedores

Com o crescimento constante das vendas pela internet, todo mundo quer ter um ecommerce e vender seu produto/serviço, porém, um ponto importante está sendo desconsiderado por muitos profissionais de marketing, vendas e empreendedores: a segurança do site e o Certificado SSL.

Os principais motivos desta desatenção são:

1) Falta de informação sobre as perdas nas vendas que a identificação de um site não-seguro sem um selo de segurança confiável gera, incluindo a falta de análise dos dados de abandono de site e carrinho;
2) Falta de informação sobre a influência do SSL para atrair mais compradores do Google;
3) Falta de informação sobre o crescimento e impacto dos ataques em sites;

Para completar, muitos que possuem SSL não monitoram as datas de renovação e até o profissional de marketing/vendas explicar para o cliente o motivo da queda da venda nos dias sem SSL, além do dinheiro, muito tempo com análises e hipóteses é perdido.

Portanto, está mais do que na hora destes profissionais compreenderem e participarem mais da compra do SSL.

Você já perguntou para alguém sobre a percepção de um site não seguro?

Um vírus vai invadir meu computador! ” “ Armadilha para pegar os dados do meu cartão! ” “Os serviços e produtos deste site devem ser muito mal cuidados”. Esses são alguns pensamentos possíveis de quem lê a identificação de site não seguro que a grande maioria dos navegadores realiza em sites que não possuem o Certificado SSL.

Pode até acontecer, mas ficará cada vez mais raro algum internauta estar desatento e desinformado o suficiente para realizar uma compra virtual em sites identificados como não-seguros. Para que essa perda não aconteça em seu negócio, você precisa estar com um Certificado SSL válido e de qualidade confiável.

Por isso, monitore com rigor e antecedência a data de renovação do seu Certificado ou se você ainda não tem um SSL, fale com nossos especialistas para remover agora a identificação de site não seguro.

A Certisign ainda fornece o Selo Site Seguro, utilizado pelos principais ecommerces do Brasil, para você fortalecer ainda mais a confiança do seu site. Um exemplo de sucesso neste sentido, é o caso da Giuliana Flores que, com a ajuda do Site Seguro Certisign – somado a outras ações, como melhorias constantes em TI e investimentos em marketing, reduziu a taxa de abandono de carrinho em 20% e aumentou a receita mensal em cerca de 35%.

Se você ainda tem dúvidas sobre a importância do seu site ser seguro ou ficou com site não seguro por alguns dias, analise os motivos de abandono de carrinho e site nos períodos em que ficou sem SSL.

Você já pesquisou o volume de buscas no Google de palavras do seu interesse?

Lembre-se que o SSL pode melhorar seu ranqueamento no Google

A plataforma de anúncios Google Ads fornece gratuitamente dados aproximados das buscas de palavras associadas com seu negócio através do planejador de palavras chaves. Conhecer esses números e comparar com o número de visitas que seu site recebe do Google é uma forma de avaliar como está a qualidade do ranqueamento orgânico do seu site e dos seus anúncios, caso possua.

São vários os fatores que influenciam para seu site ser uma das primeiras opções orgânicas (impressões não pagas) no Google para uma busca relevante para seu negócio. Porém, se você não tiver o Certificado SSL no seu site, dificilmente aparecerá nas primeiras opções gratuitas. E saiba que mesmo pagando, o anúncio do seu site terá menor probabilidade para aparecer nas primeiras posições, se estiver sem SSL

Isso serve não só para sites com e-commerce, como também para os sites de conteúdo. Portanto, aqui está mais um motivo para você garantir a presença constante do SSL no seu site.

INFORME-SE SOBRE O POTENCIAL DE AMEAÇAS DIGITAIS

Em tempos em que as ameaças digitais sobem ano após ano, cercar-se de soluções de segurança na hora de navegar pela internet não é apenas uma obrigação apenas do usuário comum, mas também das empresas. Um relatório de ameaças digitais feito pela CyberEdge Group, de 2018, aponta que 78% das empresas foram vitimadas por um ou mais ataques cibernéticos no ano passado. Além disso, 64,7% das companhias brasileiras disseram haver alta probabilidade de sua organização sofrer um ciberataque.

Pensando nesse cenário, é bastante razoável supor que os sites de e-commerce sejam um dos principais alvos dos cibercriminosos, principalmente pelo volume de dados que roda nesse tipo de plataforma, sejam informações pessoais do usuário, como endereços físico e de e-mail, senhas, CPFs e RGs, seja, principalmente, por dados financeiros, como números de cartões de crédito e de contas correntes. Mas a boa notícia é que, atualmente, as lojas virtuais contam com bons recursos para se protegerem desses ataques. E uma das principais soluções atende pelo nome de SSL que, além de proteger, pode se tornar uma boa ferramenta de marketing.

Fiscal Ti