(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

2020 tem tudo para ser um ano melhor para a economia brasileira

2020 tem tudo para ser um ano melhor para a economia brasileira

Caminhar é preciso, e importantes passos estão sendo dados também no cenário nacional. Os reflexos das decisões tomadas em 2019 deverão ser sentidos no próximo ano.

Os bons ventos dos investimentos sopraram com mais força no Espírito Santo neste apagar das luzes de 2019, contribuindo para cercar de ainda mais otimismo as expectativas para o ano que em breve se inicia. Linhares receberá dois empreendimentos de peso, com as unidades fabris da Britânia e da Brinox programadas para serem instaladas no município do Norte do Estado.

A primeira, do setor de eletrodomésticos, anunciou a destinação de R$ 394 milhões para a construção de uma planta que deve começar a operar no primeiro semestre de 2021. Já a segunda empresa, especializada em itens de utilidade doméstica, vai investir R$ 50 milhões na fábrica que deve ser inaugurada ainda no primeiro semestre do próximo ano.

No Sul, Cachoeiro também recebeu boas notícias: a fábrica de papel higiênicos da Suzano, um investimento de R$ 130 milhões, com previsão de inauguração no quarto trimestre de 2020. Os três anúncios envolvem a geração de mais de 2,5 mil empregos, incluindo as obras e a plena operação das novas plantas. Um aquecimento considerável.

Nada é por acaso: o setor empresarial busca segurança para os seus investimentos, e o Espírito Santo tem feito o dever de casa. Atravessou a década confiando que o rigor fiscal não só constrói credibilidade, como racionaliza o gasto a ponto de promover mais justiça social. Com o foco na boa gestão, o Espírito Santo continua trilhando um caminho que pode levá-lo ainda mais longe na próxima década. O Estado encerrou o ano na vanguarda com a aprovação da reforma da Previdência estadual, um legado inequívoco, com ganhos não somente para o crescimento capixaba, mas também para a redução das desigualdades.

Por tudo isso, não é inocência se apegar ao otimismo para 2020. Caminhar é preciso, e importantes passos estão sendo dados também no cenário nacional. Os reflexos das decisões tomadas em 2019 deverão ser sentidos em 2020. A reforma da Previdência aprovada, sem dúvidas o grande acontecimento do ano na economia, tira um peso das contas públicas, mas sozinha não permite a superação de todos os obstáculos que impedem o crescimento. A agenda econômica, com as reformas que faltam, em destaque a tributária e a administrativa, tem tudo para se desenrolar, caso o comprometimento do Planalto e do Congresso continue sólido.

As perspectivas positivas têm assoalho consistente, não são devaneios. Um relatório do Ibre-FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas) prevê um crescimento de 2,2% do PIB em 2020. O consumo das famílias deve sofrer uma aceleração no novo ano, com crescimento de 2,6% em relação a 2019. São números que dependem de cenários propícios, mas também da tomada estratégica de decisões governamentais, com ressonância no Legislativo. 2020 tem tudo para ser melhor.

Fonte: A Gazeta 

Blog mauronegruni