(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

6 dicas para se proteger de um boleto falso

6 dicas para se proteger de um boleto falso

As reclamações referentes ao golpe do boleto falso cresceram 42% nos primeiros 9 meses de 2019, segundo dados site Reclame Aqui. Com essa prática se tornando comum no mercado existem diversas dicas para se proteger de um boleto falso.

Para você entender melhor, nesse golpe do boleto falso o criminoso falsifica o documento alterando os dados de pagamento. 

O golpista utiliza o visual original do boleto e modifica o código de barra, a numeração e até cria sites falsos para induzir a pessoa a baixar o boleto errado.

Quando o consumidor paga o boleto o dinheiro automaticamente vai para a conta bancária do golpista. Portanto, com tantas fraudes cometidas no mercado separamos algumas dicas para se proteger de um boleto falso. Confira e se previna desse golpe.

Quais os golpes do boleto mais comuns?

As fraudes nos boletos estão se tornando cada vez maiores. Como dissemos anteriormente as fraudes aumentaram 42%, com mais de 4.417 queixas, revelou o Reclame Aqui.

Seja por um simples vírus adquirido em algum site ou pelo desejo de comprar um produto mais em conta, pessoas são lesada praticamente todos os dias.

Entre os casos mais comuns estão os vírus nos boletos, em função do bolware, que é capaz de adulterar as informações e o valor de boletos gerados na internet.

Isso ocorre quando o computador está infectado com algum vírus e os hackers se aproveitam para ter livre acesso para fraudar informações. Logo, é fundamental possuir um bom antivírus para evitar as invasões hackers.

Outro caso comum, em que as pessoas caem no golpe do boleto falso, é quando um vendedor oferece um produto muito mais barato do que o normal, mas o pagamento só pode ser feito via boleto que ele mesmo gera. 

Após o pagamento o valor cai direto na conta do criminoso e obviamente o produto não é entregue. Nesse cenário atual de mercado, é importante sempre desconfiar de vendedores que oferecem produtos fora da plataforma oficial de vendas, principalmente com pagamento via boleto.

Conheça as dicas para se proteger de um boleto falso

Para evitar cair em um golpe que pode trazer grandes prejuízos financeiros, separamos algumas dicas para se proteger de um boleto falso.

  • Esteja atento aos dados do emissor;
  • Confirme o valor do documento;
  • Se atente para os erros de português;
  • Opte pela leitura automática do código de barras;
  • Baixe o boleto no site oficial do credor;
  • Use redes seguras.

Em seguida vamos detalhar o porquê dessas dicas para se proteger de um boleto falso serem tão importantes como itens de prevenção.

Esteja atento aos dados do emissor

Uma das dicas para se proteger de um boleto falso é sempre se atentar aos dados do documento, como as informações do emissor. Confira o nome da empresa, o CNPJ, data de vencimento e dados do beneficiário.

Se for necessário faça uma conferência com boletos anteriores para conferir se realmente os dados estão corretos.

Confirme o valor do documento

Conferir o valor também se encaixa na lista de dicas para se proteger de um boleto falso. É bastante comum que em um boleto falsificado o valor do documento seja diferente do exposto no final do código de barra.

Outro ponto a se atentar é o valor diferente entre os boletos caso seja uma conta mensal. Nesse caso é importante colocar boletos anteriores da mesma conta, lado a lado, para conferir.

Se atente para os erros de português

Os erros de português podem ser um indício de que há algo errado com seu boleto. Por isso, é importante sempre conferir informações relacionadas ao seu nome e o da empresa, além de algum deslize em descrição dos serviços ou da conta de uma forma geral.

Essa, aliás, pode ser uma das boas dicas para se proteger de um boleto falso. Dessa forma, se receber algo suspeito via Correios ou até mesmo por e-mail, confira todas as informações antes de realizar um pagamento.

Opte pela leitura automática do código de barras

Você sabia que a leitura automática do código de barra pode te prevenir de pagar um boleto falso? É isso mesmo! Código de barras muitas vezes inconsistentes e um código numérico incompatível, evita com que o leitor automático identifique o boleto falsificado.

Até porque o objetivo dos criminosos é induzir o consumidor a digitar o código do boleto falso para que o valor seja transferido direto para suas contas. 

Deste modo, opte pelo leitor automático do banco ou do aplicativo e se ele não reconhecer o seu documento desconfie da autenticidade e confirme com o banco ou até mesmo com a empresa emissora se os dados estão corretos.

Baixe o boleto no site oficial do credor

Nunca, em nenhuma hipótese, baixe boletos em sites não seguros ou não oficiais. É muito comum que os golpistas se utilizem de portais de lojas, parecidos com os originais e até mesmo enviem cobranças por e-mail.

Emita sempre uma cobrança pelo site oficial e é recomendado que você mesmo digite o site, em vez de colocar o nome da loja no Google e acessar o primeiro link que aparecer para frente.

Sendo assim, tome muito cuidado com downloads, links suspeitos no e-mail ou até mesmo em sites. Confirme sempre com o emissor a veracidade dos boletos gerados e que você suspeita que sejam falsos.

Use redes seguras

Uma das dicas para se proteger de um boleto falso é usar uma rede segura. Wi-Fi público, por exemplo, tem mais chances de ser atacado por criminosos, que conseguem hackear um roteador e interceptar uma transação financeira.

Alterando documentos, boletos e até redirecionando o usuário para sites falsos. Sendo assim, quando for baixar algum boleto, opte por uma rede segura e que seja necessário o uso de senha para acessá-la ou então a rede móvel do celular.

Esteja atento também ao selo do certificado SSL que é indicado logo no início do site pela sigla HTTPS. Os sites seguros possuem esse selo, que protege o usuário dos hackers e de invasões, oferecendo maior segurança no download de documentos.  

Aliás, a segurança de uma rede corporativa foi tema de artigo no nosso blog no texto: “Segurança da informação em RH: o que é e porque se preocupar”.

Agora evite cair no golpe do boleto 

Devido à alta no número de casos de pessoas que são enganadas no pagamento de contas, conhecer dicas para se proteger de um boleto falso pode evitar problemas maiores, como dívidas e gastos desnecessários.

Os consumidores precisam, então, conseguir se prevenir nesse cenário. Uma vez que, conhecendo as principais ocasiões em que essa fraude pode acontecer fica mais fácil de identificá-la para evitar cair em um golpe.

Por este motivo, antes de pagar algum boleto gerado online ou até mesmo uma conta que chega em sua residência, confira primeiro os dados do emissor, beneficiário, gramática e opte sempre pelo pagamento via leitura automática do código de barras.

Agora que você já possui dicas para se proteger de um boleto falso, que tal ajudar mais pessoas a se prevenirem? Compartilhe esse artigo nas redes sociais e faça sua parte.  

Fonte:Xerpa

Fiscal Ti