(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Consulta de CNPJ aprenda a fazer em apenas alguns passos!

Consulta de CNPJ aprenda a fazer em apenas alguns passos!

A consulta de CNPJ é importante para a empresa porque é por meio dessa prática que descobre-se se a situação do empreendimento está legal e regularizada. Do contrário, os seus proprietários não conseguem realizar as suas atividades profissionais. Para a consulta, deve-se seguir os seguintes passos:

  1. acesse o site da Receita Federal;
  2. digite o CNPJ desejado no campo solicitado;
  3. verifique a situação cadastral da empresa.

Toda empresa tem que realizar a consulta de CNPJ, em algum momento. Afinal, ele permite que possamos identificar a situação cadastral do empreendimento por meio dessa atividade.

Com ele, é possível saber se a empresa em questão está ativa ou inativa, e também se existem pendências em seu número de identificação — que é o CNPJ.

Que tal vermos como é possível realizar a consulta de CNPJ? É uma prática rápida e, o melhor, que pode ser feita gratuitamente. Boa leitura!

O que é o CNPJ?

É comum que muita gente saiba a importância do CNPJ (o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica), mas vale destacar o que significa a sigla antes de mostrarmos como fazer a consulta.

O CNPJ foi idealizado como o número de identificação de organizações, na Receita Federal, que por sua vez é um órgão pertencente ao Ministério da Fazenda. 

Ou seja: subordinada ao local que fiscaliza e cuida da administração dos tributos federais. Para o monitoramento das empresas, isso se faz de suma importância para entender como anda a situação das mesmas.

Por que fazer a consulta de CNPJ?

Digamos que a sua empresa esteja para concluir uma importante negociação com outro empreendimento. Por meio da consulta de CNPJ, é possível saber a atual situação dela (como ativa ou inativa), além de facilitar a verificação de eventuais protestos e outras pendências no seu número de registro com a Receita Federal.

Daí, a sua grande importância. Acontece que existem diferentes serviços gratuitos na internet, que permitem a consulta de CNPJ. E, por consequência, muitas informações desejadas podem não aparecer após a pesquisa por conta da sua gratuidade.

Onde fazer a pesquisa de CNPJ?

Abaixo, selecionamos os principais caminhos que você pode percorrer a fim de fazer uma consulta de CNPJ completa, e que atenda às suas necessidades, principalmente!

1. Consulta de CNPJ na Receita Federal

O serviço é gratuito, no site da Receita Federal. Para isso, basta digitar o número do CNPJ desejado, no campo indicado, e o comprovante de inscrição, bem como a situação cadastral da empresa, surgirão na tela.

O que isso significa? Que o comprovante vai atestar que aquele empreendimento, de fato, existe. A situação cadastral, por sua vez, vai destacar as seguintes informações:

  • ativo;
  • inativo;
  • baixado;
  • cancelado.

Lembre-se que, para o exemplo que citamos no início do tópico anterior, você está procurando a situação cadastral ativa da empresa. Inativa, baixada ou cancelada são questões que podem levantar suspeitas.

2. Consulta de CNPJ no Portal do Empreendedor

No Portal do Empreendedor, é possível também fazer a consulta de CNPJ. Lá, afinal de contas, constam diversos tipos de serviços — como o Microempreendedor Individual (MEI).

Para o MEI, o Portal do Empreendedor é um dos principais canais, que oferecem desde a abertura de sua empresa à emissão de notas fiscais entre outros serviços.

Caso você queira fazer a consulta de CNPJ de um MEI, o site do Portal do Empreendedor também é o canal ideal para você — e cuja pesquisa pode ser realizada gratuitamente.

Vale destacar que o microempreendedor individual tem o seu CPF atrelado ao CNPJ. Por isso, a consulta também vai destacar essa informação. 

Mas, diferentemente do que havíamos destacado com a consulta de CNPJ no site da Receita Federal, este site não oferece dados suficientes para a tomada de decisão relacionada à realização de novas parcerias.

Caso você queira saber um pouco mais a respeito do Cadastro de Pessoa Física (CPF), esta pode ser a grande oportunidade para você aprofundar-se no assunto. Depois de finalizar este artigo, aproveite para entender tudo a respeito do CPF em um posto completíssimo que fizemos sobre o assunto! 

3. Pesquisa por meio do site do Cartório de Protestos BR

Você também pode fazer uma pesquisa de protestos por meio do IEPTB (Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil), representante dos Cartórios de Protestos do Brasil.

Lá, você resgata um histórico de cinco anos do CNPJ e/ou CPF pesquisado. E o serviço é gratuito, ajudando você a saber quais são, em detalhes, os aspectos judiciais que envolvem o seu parceiro comercial em potencial.

4. Pesquisas pagas

Há também a opção de realizar a consulta de CNPJ por meio de empresas especializadas. É o caso da Serasa Experian, que oferece uma lista ampla de dados por meio desse serviços oferecido, como:

  • situação cadastral;
  • Score do Serasa;
  • eventuais débitos;
  • cheques devolvidos;
  • protestos;
  • falências declaradas;
  • ações judiciais.

Entre outros dados que podem ser de grande ajuda para o profissional que vai fazer uma consulta de CNPJ.

Fonte:Xerpa

Fiscal Ti