(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Semana da Internet Segura

Semana da Internet Segura

O Safer Internet Day, ou Dia da Internet Segura, é comemorado em 2020 no dia 11 de fevereiro. A iniciativa que já acontece há 15 anos tem como objetivo unir e envolver público e empresas na promoção de ações de conscientização e atividades que tornem o ambiente virtual mais seguro e ético.

Criada na Europa, a data é celebrada em mais de 140 países, quando são divulgadas campanhas que auxiliam profissionais e internautas a terem uma navegação mais consciente na rede, entenderem a liberdade on-line, questões de privacidade e cidadania digital. Além disso, o Dia da Internet Segura visa ajudar a combater o cyberbullying e, até mesmo, casos de pornografia infantil.

Neste contexto, as ações também auxiliam no entendimento de que a internet é uma ferramenta poderosa no mundo, já que conecta pessoas mesmo distantes, possibilita a comodidade das compras on-line e é uma imensurável fonte de informação.

A segurança é tema da Semana da Internet Segura

Como não poderia deixar de ser, a Segurança também integra as pautas em torno desta data tão importante para promover uma navegação mais consciente. Por isso, como costumamos fazer aqui no blog, vamos elucidar neste artigo como identificar um Site Seguro, ou seja protegido pelo Certificado SSL(Secure Sockets Layer).

Aprenda a identificar um Site Seguro

Nos navegadores padrão, é preciso estar atento aos símbolos mostrados na tela ou ao lado do domínio do site. Em alguns, a certeza de que as informações enviadas e recebidas estão seguras é transmitida pela imagem de um cadeado no browser. Ao clicar nele, é possível conferir as informações do SSL da página em questão. Outros símbolos que identificam um Site Seguro são: a presença da letra S no HTTP, ou seja HTTPS, e o Selo de Segurança, que também deve mostrar as informações sobre o Certificado do site ao ser clicado. Aqui vale um alerta especial: alguns fraudadores apenas colocam uma imagem de Selo de Segurança, sem nenhum SSL por trás, para enganar os internautas. Por isso, clicar e conferir as informações é super importante.

Bom, mas também é preciso se atentar aos sinais de um site não seguro, como o i dentro de um círculo, que expressa uma conexão não particular, ou seja, é possível que um terceiro veja e altere as informações que você encaminha e recebe enquanto navega. Já o ponto de exclamação no triângulo vermelho, é o indicativo para que o usuário não forneça nenhuma informação pessoal naquela página e que até evite acessar esses locais para não sofrer ameaças.

Tratando de outros navegadores, no Mozzilla Firefox, por exemplo, os símbolos de segurança são ligeiramente diferentes. O cadeado continua a mostrar que a conexão é segura. Mas, quando acompanhado de um triângulo amarelo com exclamação, revela que é preciso ter cuidado ao navegar pois um terceiro pode visualizar e alterar seus dados. Já o cadeado com um risco vermelho atravessando-o mostra que aquela não é uma conexão segura.

Já no Safari, o sinal de que o site é seguro é o cadeado no campo de busca inteligente. E quando a conexão é insegura, ele alerta os usuários por meio de avisos de Certificado não seguro.

Tenha cuidado ao navegar

O número de fraudes no meio virtual cresce ano após anos. Com o acesso de milhões de brasileiros na rede, muitos criminosos atuam na web para roubar dados.

Por isso, o ideal é que ao navegar você sempre fique atento às dicas de segurança dadas. Assim você terá mais tranquilidade para realizar suas compras on-line, acessar seus dados, conversar com amigos e realizar pesquisas na internet.

Fonte: Certisign

Fiscal Ti