(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Declarar o Valor Bruto ou Líquido do Salário no IRPF?

Declarar o Valor Bruto ou Líquido do Salário no IRPF?

Um dos questionamentos comuns para os contribuintes diz respeito sobre declarar valor bruto ou líquido do salário no IRPF, mas quanto isso, a Receita é clara e determina que somente o bruto deve ser incluindo. 

Você meu querido trabalhador tem muitas coisas para se preocupar, e a declaração de IRPF é o momento onde mais dúvidas surgem, afinal, ter a vida tributária em dia é algo muito importante.

Por isso, saber todos os detalhes de como declarar o salário é essencial para evitar pequenos erros que podem levar a malha fina e gerar aqueles problemas bem inoportunos. Continue lendo o artigo e entenda mais sobre salário líquido e bruto no IRPF. Boa leitura!

declarar valor bruto ou líquido do salário no IRPF

Regras para declarar imposto de renda

Provavelmente, você, meu caro contribuinte do outro lado da tela já sabe quais são os critérios para declarar IRPF (ou não, você apenas pode estar perdido), mas é bom reforçar quais são as principais exigência:

  • pessoa física e residente no Brasil com rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.123.91 ao longo de 2019;
  • contribuintes que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados na fonte superiores a R$ 40.000,00 no ano passado;
  • qualquer pessoa que tenha tido ganho de capital ou realizou operações na Bolsa de Valores, mercados futuros, alienação de bens, etc;
  • quem teve prioridades e bens de direitos em 2019, com valores superiores a R$ 300.000,00;
    qualquer contribuinte que passou à condição de residente no Brasil durante 2019 e permaneceu até o final do ano;
  • quem teve receita bruta de atividade rural em 2019, igual ou superior a R$ 140.619,55;
  • quem quer compensar prejuízos da atividade rural com a Receita de anos anteriores.

Desconto de IRRF no salário

Assim como o INSS, existe o desconto de IR retido na fonte no salário dos trabalhadores brasileiros. O abatimento é feito com base no salário restante ao desconto de INSS, dependentes e pensões alimentícias, se houver. Desta forma, a tabela fica assim:

Base de Cálculo (R$)Alíquota (%)Parcela a Deduzir do IR (R$)
Até 1.903,98
De 1.903,99 até 2.826,657,5%142,80
De 2.826,66 até 3.751,0515%354,80
De 3.751,06 até 4.664,6822,5%636,13
Acima de 4.664,6827,5%869,36

Informe de rendimentos

Anualmente empresas e instituições financeiras emitem o informe de rendimentos. Este documento nada mais é que uma comprovação de todas movimentações financeiras feitas com o contribuinte.

A entrega deste documento é obrigatória, afinal, será através do informe que o contribuinte irá fazer a declaração de imposto de renda comprovando valores recebidos e as movimentações financeiras.

Em síntese a entrega do informe é feita no inicio do ano, antes da declaração de IRPF. O contribuinte precisa ter acesso a essas informações para incluí-las no momento do envio do imposto do renda, logo, se a empresa/instituição não entregar no prazo pode ficar sujeita a multas.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Powered by Rock Convert

Declarar valor bruto ou líquido do salário no IRPF

Ao declarar o salário, o contribuinte deve informar o valor que consta no informe de rendimentos, ou seja, o número bruto. A Receita não quer saber o quanto do seu salário foi descontado, mas sim, o valor total que consta na folha de pagamento.

Passos para declarar o salário no IRPF

A declaração do salário é feita na ficha de “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”, nesta aba o contribuinte deve discriminar todos os valores que constam no informe de rendimentos. Além disso, serão solicitados os dados da empresa como razão social e CNPJ da empresa.

Fique atento, afinal, na ficha terão campos próprios para informar os rendimentos isentos ou tributadas de forma deferida. O benefício do 13° salário é declarado em uma aba diferente para que o sistema calcule o real valor da sua contribuição com o INSS.

13° salário

O benefício deve ser declarado da mesma maneira que o salário, contudo deve ser transferido para o item de número 01 dentro da declaração: “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”.

Além do informe de rendimentos, é importante separar outros documentos para que a sua declaração saia perfeita e o melhor, sem erros.

IR sem erro

Fiscal Ti