(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

O que é Due Diligence e por que ela é importante para a construção civíl?

O que é Due Diligence e por que ela é importante para a construção civíl?

Como encontrar empresas falidas: oportunidades de M&ADue Diligence é um termo inglês que traduzido significa diligência prévia. O processo de due diligence é um estudo detalhado em que as informações de uma empresa são analisadas antes de um processo de fusão ou aquisição

Ao realizar a due diligence, é possível identificar as práticas errôneas cometidas pela empresa durante seus anos de vida. Além disso, esse processo pode abranger os aspectos financeiros, contábeis, tributários trabalhistas, imobiliários, tecnológicos e jurídicos da empresa. Qualquer setor pode ser avaliado. 

Para realizar uma due diligence é necessário seguir determinados tipos de protocolos e metodologias que devem ser realizados de acordo com a atividade exercida, por isso, é importante focar a metodologia em cada empresa, uma vez que elas possuem realidades diferentes. 

Após realizado o processo, os pontos fortes devem apresentados no momento de compra e venda e levados em consideração, afinal, isso pode implicar na realização da transação e até no preço da aquisição. Durante esse processo, é possível corrigir eventuais problemas com a finalidade de elevar os resultados e evitar uma redução no preço final da negociação. 

Além disso, é importante destacar que esse tipo de análise não se restringe apenas às empresas de grande porte, sendo assim, pode ser realizado por qualquer tipo de companhia que deseje realizar um processo de M&A.

Como funciona a Due Diligence na Construção Civil?

Como dito anteriormente, a due diligence é um estudo realizado com a finalidade de colocar em vista eventuais problemas da empresa alvo da negociação, esse processo pode ser realizado em qualquer momento em casos de compra, venda ou fusão de empresas relacionadas ao ramo da construção civil. 

Antes de realizar a due diligence, é importante montar uma equipe de confiança e preparada para executar esse tipo de tarefa, de forma a aplicar o melhor tipo de estratégia para aquele ambiente. 

É importante que a equipe analise todos os tipos de documentos que contêm informações relevantes da real situação, como contrato social, demonstrações financeiras, arquivos de contabilidade, crédito tributário e outros documentos importantes para o negócio, incluindo uma consulta a órgãos públicos e, até mesmo, a empresas que tiveram contato com a empresa alvo.

Ao final da análise é necessária a apresentação de um relatório onde deverá conter os riscos encontrados e sugestões de estratégias para resolvê-los ou amenizá-los.

Por que é importante realizar uma Due Diligence antes de uma negociação?

A Due Diligence pode mostrar ao negociador de uma forma ampla a real situação de um negócio que ele está próximo de firmar. Além disso, ajuda a compreender aspectos importantes sobre a empresa-alvo, como seu posicionamento no mercado, quais os principais concorrentes, a situação fiscal e contábil, os riscos relacionados ao negócio, se a empresa está em dia com o Fisco, além de realizar uma projeção para o futuro.

Ao realizar uma due diligence, além da possibilidade de o negociador obter uma avaliação completa sobre a situação da empresa, é possível aproveitar esse estudo como base no que deve ser melhorado, otimizar os processos e resolver os problemas pendentes até mesmo antes de eles aparecerem.

Uma das principais vantagens da due diligence é que através dela, é possível prever os riscos e mensurar situações em que ele pode ocorrer e que até o momento do estudo não haviam sido diagnosticadas, esse processo é conhecido por due diligence preventiva, e garante que o empresário consiga ter uma visão de futuro sem suposições. 

Grupo Studio

Fiscal Ti