(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Modelo para privatização da Eletrobras está sendo elaborado

Modelo para privatização da Eletrobras está sendo elaborado

O secretário especial da Desestatização, Desinvestimento e Mercados, Salim Mattar, afirmou que o modelo de privatização da Eletrobras deve ser definido nos próximos dias. Com isso, será possível que a capitalização da estatal de energia caminhe ainda este ano.

O secretário acrescentou que o governo deve privatizar 300 das 600 empresas estatais que existem atualmente, mas descartou a venda do Banco do Brasil, da Caixa Econômica e da Petrobras ainda neste governo. De acordo com Mattar, tanto o Senado quanto a Câmara dos Deputados estão cientes da responsabilidade de capitalizar a Eletrobras.

Mattar também destacou que a capitalização da empresa e a perda de controle do governo faz parte da política de governo Jair Bolsonaro. Segundo ele, mesmo que o governo tivesse dinheiro sobrando para investir na Eletrobras, iria priorizar destinar esse recurso em outras áreas a fim de melhorar a qualidade de vida da população.

“A Eletrobras tem aproximadamente 30% do mercado brasileiro, e ela tem demanda de investimento. Para isso, ela precisa de R$ 15 bilhões ao ano. Ela é capaz de gerar R$ 3 bilhões a R$ 4 bilhões no máximo. Ela não conseguirá se manter neste patamar, daí a necessidade de passar para o privado”, justificou. “Quando o ministro Paulo Guedes fala que temos que ter Mais Brasil e Menos Brasília, não é apenas mais estado, mais município, mas sim que também mais privado e menos público”, completou.

Grupo Studio

Fiscal Ti