(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Crédito pessoal entenda o que é e como funciona!

Crédito pessoal entenda o que é e como funciona!

Imprevistos acontecem e diante da preocupante situação de crise sanitária e econômica em que o Brasil e o mundo passam atualmente, não é difícil que você já esteja considerando medidas emergenciais para não deixar a sua saúde financeira fugir do controle, não é mesmo?

Pensando nisso, preparamos este material com uma das melhores indicações de empréstimo disponíveis no mercado para situações emergenciais, o crédito pessoal.

Crédito pessoal é uma modalidade de empréstimo destinada a pessoas físicas que não exige comprovação de finalidade. É a opção ideal para quem necessita de dinheiro extra para imprevistos ou para a quitação de dívidas de cartões de crédito e cheque especial.

Se você quiser saber mais sobre a importância e a maneira correta de criar uma reserva de emergência, recomendamos a leitura deste material aqui.

Para entender melhor as particularidades do crédito pessoal, continue a leitura deste post. Reunimos as principais informações que você precisa ficar de olho para contratar esse recurso com segurança e planejamento. Boa leitura!

O que é o crédito pessoal?

Crédito Pessoal, assim como dissemos, é uma modalidade de empréstimo oferecida para pessoas físicas. Bancos e instituições financeiras concedem esse recurso sem exigir uma comprovação de finalidade, por isso se enquadra como uma das opções de acesso mais facilitada do mercado. 

Diante de imprevistos pontuais, a quitação de dívidas de cartão de crédito, pagamento do cheque especial, ou ainda para evitar a utilização do crediário de lojas, o crédito pessoal pode ser a solução mais indicada.

A facilidade de concessão desse crédito não exclui a realização da análise de perfil e condições financeiras do cliente solicitante. Naturalmente, será verificado o comportamento do pagamento, o score de crédito, a existência de dívidas, e assim por diante. 

Vale pontuar também que devida ao acesso simplificado, o crédito pessoal possui taxas de juros significativas (uma média de 3% a 9%). O valor das taxas de CET (Custo Efetivo Total) e tarifas envolvidas variam de acordo com a instituição financeira e a análise do score.

Além dessas taxas, há também a cobrança do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que incide sobre o valor total do empréstimo. O IOF das transações de crédito pessoal é de 0,38% mais uma alíquota diária, que é limitada a 3% ao ano (0,0082% ao dia).

Apesar dos extras, considerando suas vantagens expressivas, que vamos abordar mais adiante, o crédito pessoal continua sendo uma ótima opção de empréstimo.

Quais os tipos de empréstimo pessoal disponíveis no mercado?

Quem já buscou empréstimos sabe que a variedade de opções disponíveis no mercado é volumosa e a indecisão para escolher a mais adequada para a sua situação pode ser um problema. 

Por isso, detalhamos as principais características dos tipos de crédito pessoal mais comuns para te ajudar nessa decisão. Confira a seguir.

Crédito pessoal consignado

O crédito pessoal consignado costuma ser um serviço oferecido para aposentados, servidores público e pensionistas. A principal característica dessa modalidade é o desconto da parcela em folha de pagamento.

É possível conseguir a concessão desse empréstimo sendo um funcionário de empresa privada. Contudo para isso, é indispensável que a empregadora possua uma parceria com a instituição financeira ou banco.

Crédito pessoal não-consignado

O crédito pessoal não-consignado é um recurso exclusivo para pessoas físicas, em que a instituição credora não exige bens como garantia.

Além disso, o cliente é o único responsável pelo cumprimento do acordo. Em outras palavras, não há desconto na folha, o pagamento é feito de forma paralela.

Crédito pessoal com garantia de veículo ou imóvel

Já o crédito pessoal com garantia de veículo ou imóvel, como o próprio nome sugere, é uma opção que exige um bem para liberar o dinheiro solicitado. Todo processo de análise de crédito é feito pautado nessa oferta de garantia, definindo assim o valor máximo de empréstimo, as taxas, os juros, e assim por diante.

Quais são as vantagens do Crédito Pessoal?

O crédito pessoal possui vantagens notáveis que podem te ajudar a definir se é ou não uma opção inteligente para a sua situação.

A mais simbólica provavelmente é a liberdade de não informar o motivo do empréstimo. Em outras palavras, qualquer que seja o seu plano o crédito pessoal poderá ser aprovado.

Outra vantagem é a facilidade e a rapidez com que o crédito pessoal é liberado. Por ser uma opção que não exige comprovação de finalidade, os processos são menos burocráticos e mais ágeis.

Além disso, o crédito pessoal também oferece parcelas acessíveis para que a quitação seja feita de forma mais tranquila, na data de vencimento que o próprio cliente determinar. As parcelas podem ser pagas por meio do débito automático, do boleto bancário e do cheque pré-datado. 

Outra vantagem significativa do crédito pessoal é o valor das suas taxas. Em comparação como rotativo do cartão de crédito e os juros do cheque especial, ele é uma opção mais vantajosa. Enquanto que os primeiros têm, em média, entre 12% e 15% ao mês, é possível encontrar taxas de 3% para o crédito pessoal.

Dessa forma, o cliente endividado pode “trocar” a dívida e pagá-la com um empréstimo. Esse mecanismo é recomendado para “desafogar” as finanças pessoais, mas exige um planejamento sério e bastante rigoroso para não cair em uma nova dívida.

Outra possibilidade interessante é realizar o pedido de crédito pessoal pela internet. As fintechs, por exemplo, oferecem o recurso com menos trâmites e processos. 

O crédito pessoal é bastante característico e pode ser uma opção interessante para resolver a sua situação.

Como conseguir um crédito pessoal?

Para conseguir um empréstimo pessoal, é preciso que você entre em contato com uma instituição financeira ou banco, e faça uma boa pesquisa nas condições de pagamento, tarifas envolvidas, taxas de juros e benefícios que cada opção oferece

Por exemplo, alguns bancos não atendem clientes negativados nessa modalidade de crédito ou as financeiras oferecem condições de pagamento personalizadas. Comparar as diferentes opções de instituições e suas particularidades é etapa fundamental desse planejamento.

Para facilitar a sua pesquisa, separamos os detalhes de algumas das preferências do mercado.

Banco

No caso dos bancos, além de buscar o recurso pessoalmente na unidade, ainda é possível pedir o crédito via o internet banking ou caixa eletrônico. 

Em alguns casos, se você já tiver uma conta corrente ativada, é possível que já tenha uma linha de crédito pré-aprovada em seu nome. Entre em contato com o gerente da sua agência bancária e peça todos os detalhes.

É importante saber que cada banco oferece uma condição de concessão de crédito diferente, e nem sempre o seu é o mais vantajoso. Por isso, faça pesquisas criteriosas e conheça as ofertas dos concorrentes.

Além disso, vale ressaltar que o contato pessoal favorece a negociação das condições do contrato, por isso sempre que for possível opte por ir pessoalmente ao banco.

Financeiras

As financeiras são empresas especializadas no mercado de crédito, por isso são opção interessante para buscar empréstimo pessoal. 

Contudo, é fundamental que você entenda que as financeiras não são como os bancos, por isso não liberam crédito pré-aprovado.

Nas financeiras será feita uma análise de crédito própria, cujos critérios para aprovação ou declinação são peculiares. A empresa deverá solicitar alguns documentos e informações para traçar uma oferta personalizada para cada perfil de cliente.

Cooperativas

Outra opção vantajosa para conseguir crédito pessoal é a cooperativa. Estar associado a uma cooperativa de crédito pode condicional taxas de juros mais baixas, uma vez que o empréstimo passa a ser feito para um sócio da instituição.

Contudo, assim como as facilidades são oferecidas a todos os sócios, o mesmo vale para as dificuldades. Em outras palavras, nas cooperativas, em casos de prejuízo, as dívidas também serão divididas entre todos os sócios.

O risco pode parecer alto, mesmo que as vantagens financeiras sejam expressivas. Se for necessário, consulte a opinião de outros cooperados e especialistas nesse tipo de investimento. 

Fintechs

Grosso modo, as fintechs são bancos on-line. Por usarem a tecnologia como infraestrutura suporte e solução, elas não necessitam de agências e investimentos característicos.

Assim, elas capazes de estruturar seus sistema comercial para um viés exclusivamente digital e oferecer condições e taxas de juros mais interessantes.

Dentre as vantagens do sistema digital, as fintechs oferecem a facilidade de realizar simulações e comparar as taxas de juros de instituições diferentes. 

No entanto, devido a proporção desses bancos on-line, pode ser exigido uma comprovação de renda e os valores concedidos costumam ser menores.

Aqui vale reforçar a importância da pesquisa, já que na internet, infelizmente, você pode ser alvo de golpes em sites falsos e criminosos. Portanto, conheça a fundo a empresa credora, verifique o status de segurança da redes oficiais de comunicação, consulte seus clientes e a sua reputação.

Quem pode contratar um crédito pessoal?

De forma resumida, para conseguir a concessão de um crédito pessoal é preciso atender a alguns requisitos:

  • ter entre 18 e 65 anos;
  • residir no Brasil;
  • ter documentos pessoais válidos;
  • não ter o nome negativado em birôs de crédito (como SPC – Serviço de proteção ao crédito – ou Serasa).

Algumas financeiras concedem o valor solicitado mesmo que você esteja com o CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) negativado, entretanto, as taxas de juros costumam ser bem mais relevantes.

Quais os documentos exigidos para a análise de crédito?

Os documentos solicitados pelas instituições, de forma geral, são:

  • Documento de identidade original com foto;
  • Comprovante de renda;
  • Extratos bancários;
  • Comprovante de residência.

Como cada organização tem seus próprios métodos de avaliação, outros documentos ainda poderão ser solicitados.

Como o crédito pessoal é liberado?

Assim como outras formas de empréstimo, o score de crédito também é usado na análise do crédito pessoal. 

O score de crédito nada mais é do que uma nota que indica se você é ou não um bom pagador. Essa nota pode ser gerada de diversas formas, tanto que cada instituição credora possui um método próprio de avaliação.

Além disso, para a liberação do crédito pessoal, também são considerados informações capturadas pelas redes sociais, na tentativas de entender com mais clareza como o consumidor lida com o seu dinheiro.

Desta forma, ao analisar criteriosamente o comportamento do cliente, as instituições credoras podem ou não encontrar uma oferta de empréstimo, que seja benéfica e segura para ambos lados.

Como se planejar para o pedido de crédito pessoal?

Assim como qualquer outra forma de empréstimo, o crédito pessoal é uma escolha que requer cuidado e um bom planejamento. Antes de assinar qualquer contrato, é essencial que você crie um plano de pagamento.

O crédito pessoal não obriga o contratante a explicar a sua finalidade, mas é preciso que você tenha isso definido em mente. O motivo é simples: é impossível saber o quanto você necessita de dinheiro se não tiver um objetivo programado.

Tendo o valor em mente, considere todas as informações recebidas pela instituição financeira escolhida. Como o empréstimo é pago mensalmente, deve-se entender que uma parte da sua renda será comprometida para esse pagamento. 

É preciso ponderar se há condições reais de arcar com esse acréscimo nos gastos e calcular quantas parcelas serão necessárias para quitar o empréstimo. Defina medidas restritivas nas suas despesas se for necessário para que o pagamento seja honrado.

Na medida que você paga o empréstimo em dia, sua chance de conseguir um novo empréstimo ou financiamento só aumenta. Portanto, é essencial que o cumprimento dessas datas e valores seja realizado.

Lembre-se também de ler atentamente o contrato apresentado pela instituição financeira.  Afinal, ao assiná-lo, você está de acordo com as condições registradas em papel.

Por ser um produto financeiro com maior liberdade, o crédito pessoal é uma ótima opção para quem precisa de dinheiro para quitar dívidas ou investir em um negócio. Cabe a você procurar a melhor opção de empresa credora para realizar esse empréstimo pessoal. Lembre-se de que a pesquisa é parte fundamental do processo.

A melhor escolha em crédito pessoal é aquela que oferece taxas de juros justas e condições de pagamento que estejam de acordo com o seu bolso.

Fonte:Xerpa

Fiscal Ti