(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

O que a cultura organizacional do Google pode te ensinar?

O que a cultura organizacional do Google pode te ensinar?

Que o Google é referência em cultura corporativa, todo mundo já sabe. Suas políticas organizacionais têm muito a ensinar sobre gestão de pessoas e estratégias de retenção de talentos

Não é à toa que empresas em todo mundo, de diversos ramos e tamanho, procuram conhecer os pilares que sustentam a sua cultura organizacional. Alguns deles são:

  • colaboração;
  • informalidade;
  • agilidade;
  • inovação;
  • qualidade;
  • mobilidade.

Inúmeros casos provam o quão diferente é trabalhar no Google. Afinal, em que mundo você pode levar seu cachorro para trabalhar, escolher o horário que vai entrar, usar verbas empresariais para decorar sua mesa, ter um café da manhã exclusivo, receber massagens durante o expediente, jogar com os amigos a qualquer hora do dia, dentre outros inúmeros diferenciais?

Os pilares do Google o tornam um modelo a ser seguido, e a sua empresa pode aprender muito conhecendo a fundo os detalhes de cada um deles. Acompanhe o post, conheça essas particularidade e aprenda a potencializar a cultura organizacional da sua empresa. Boa leitura!

O que é cultura organizacional?

A cultura organizacional, grosso modo, é o nome que se dá a hábitos, valores e comportamentos compartilhados em um ambiente de trabalho. Esse conjunto de crenças define como uma determinada empresa conduz os seus negócios.

Quando bem estruturada e implementada, a cultura é capaz de potencializar as vantagens competitivas da organização e melhorar o seu posicionamento no mercado. Além de ganhar mais visibilidade comercial, ela ainda passa a ser valorizada pela própria força de trabalho, clientes e concorrentes estratégicos.

Independentemente dos elementos que a constitui, a cultura interna deve ser clara e coerente aos propósitos do negócio. Com ela, os colaboradores devem ser capazes de identificar os benefícios de integrar essa equipe, entender as metas coletivas, compartilhar sonhos e viver essa verdade todos os dias.

Se você quiser conhecer os componentes de uma cultura organizacional, recomendamos a leitura deste material aqui

Como funciona a cultura organizacional do Google?

Fundado em setembro de 1998 por Larry Page e Sergey Brin, em Menlo Park, na Califórnia, costa oeste dos Estados Unidos, o Google é uma empresa de tecnologia, que se tornou símbolo indiscutível de inovação, sucesso e liderança.

Além de oferecer o servidor de busca virtual mais famoso do mundo, a empresa ainda estende serviços como o Gmail, o Blogger, o GTalk, o Google Earth, o Google Translate o Orkut, o YouTube, e também serviços de publicidade na internet como AdWords e AdSense.

Diante desse leque de atuação, a qualidade da gestão de pessoas é parte essencial do seu planejamento estratégico. Por isso, uma das qualidades que mais o destaca no mercado global é a sua cultura organizacional.

Com mais liberdade e autonomia criativa, os funcionário do Google podem escolher grandes parte das características das suas próprias jornadas de trabalho, tais como as horas trabalhadas, o dresscode, as pausas, as atividades de lazer e entretenimento, dentre outros. Afinal, cada um sabe como trabalha e produz melhor.

Vale ressaltar que essa liberdade não significa falta de responsabilidade. Muito pelo contrário, a cobrança por resultados e as expectativas de excelência são altíssimas. Uma imensidão de benefícios é ofertada para potencializar as habilidades de seus talentos, reforçar sua satisfação junto a organização e otimizar o seu rendimento. 

Outro diferencial característico do Google é a oferta das mesmas vantagens e benefícios a todos os seus funcionários, independentemente do cargo. Qualquer colaborador recebe participação nos lucros e ações da empresa, fortalecendo o senso de equipe e valorização uniforme de sua força de trabalho.

Quais sãos os pilares da cultura organizacional do Google?

A cultura organizacional do Google é pautada por pilares fundamentais, conheça-os a seguir.

Colaboração

A missão do Google é facilitar o acesso a informação em todo mundo, por isso eles contam com escritórios em mais de 60 países para que esse conteúdo possa chegar ao maior número de pessoas. A sua interface de pesquisa é traduzida para mais de 130 idiomas, podendo fornecer aplicativos e produtos em línguas e formatos acessíveis tanto quanto possível.

Mesmo com as limitações geográficas, a cultura organizacional do Google estimula a colaboração, afinal o objetivo é um só. Com a participação responsável de cada colaborador, ele pode ser conquistado com mais agilidade e qualidade..

Informalidade

No Google, o trabalho é sempre desafiador, mas ele pode e deve ser divertido. Eles acreditam que ideias incríveis e criativas são mais prováveis de surgir quando o clima organizacional é dinâmico e estimulador.

As realizações da equipe são enfatizadas e o orgulho das conquistas individuais é exposta com clareza e transparência, o que contribui para o sucesso de qualquer objetivo.

Agilidade

A agilidade é outro pilar da cultura organizacional do Google. O tempo é levado como algo valioso, por isso todas as estruturas de programação possuem foco na otimização desse recurso.

Ao acessar o servidor de busca na web, o usuário deseja respostas imediatas. E o Google deseja satisfazê-lo com qualidade e eficiência.

Inovação

Como uma empresa de tecnologia, a inovação é pilar essencial da cultura organizacional do Google. Além de estruturar inovações que possam ser empregadas em qualquer lugar do mundo, a empresa oferece experiências novas e transformadoras.

Por meio da oferta dessas inteligências e da interação com o usuário, a empresa desenvolve tecnologias que facilitam atividades cotidianas na web e melhorem as que já funcionam satisfatoriamente. 

Qualidade

Outro pilar essencial é a qualidade. Para o Google, o melhor é o ponto de partida, não o de chegada. Com expectativas altíssimas em sua força de trabalho, a empresa desenvolve projetos visando a excelência.

O Google tem consciência de que as metas estabelecidas por eles ainda não podem ser atingidas. Contudo, é por meio do esforço para alcançá-las que ele chegará ainda mais longe do que o esperado.

Mobilidade

A mobilidade é uma realidade em grande parte do mundo, por isso o Google trabalha para que o acesso a informação esteja disponível a qualquer lugar e hora. 

Ele lidera o fornecimento de novas tecnologias e soluções para serviços móveis, que ajudam pessoas a executar inúmeras tarefas em seus celulares, desde verificar e-mails e o calendário de eventos até assistir a vídeos, sem mencionar as várias maneiras de acessar a Pesquisa do Google pelo telefone.

Quais os benefícios oferecidos pelo Google?

Agora que você já conhece a cultura organizacional do Google, confira a seguir alguns benefícios diferenciais da organização.

  • destina uma verba à educação (para que os funcionários possam fazer cursos de línguas, MBA’s ou pós-graduação);
  • libera 20% do tempo de trabalho (o que equivale a um dia por semana) para que os colaboradores possam se dedicar a projetos pessoais.
  • dá autonomia individual para todo os colaboradores, independentemente do cargo;
  • permite comunicação livre e debates entre colaboradores;
  • permite escolher os horários de entrada e saída do expediente (rotina flexível);
  • oferece alimentação balanceada e gratuita;
  • aulas de yoga e meditação;
  • oferece jogos de entretenimento (mesas de pingue-pongue, pebolim, videogames, dentre outros);
  • áreas de lazer e descanso;
  • libera a presença de animais de estimação (pet friendly);
  • permite que seus funcionários usem tecnologias antes mesmo do seu lançamento (smartphones, tablets e chromebooks);
  • oferece 18 semanas de licença maternidade;
  • estimula a prática de atividades físicas (oferta de academias gratuitas, formação de times de funcionários para competições; uso de patinetes para se deslocar no escritório, etc);
  • adota uma estrutura horizontal (os profissionais são divididos em pequenas células de trabalho);
  • oferece uma verba para decoração do espaço de trabalho;
  • estimula constantemente a inovação (não há julgamentos, por isso os colaboradores se sentem seguros para arriscar, dar ideias e participar ativamente das discussões).

Como a cultura organizacional do Google pode inspirar o seu negócio?

Confira a seguir alguns fatos da cultura organizacional do Google que podem inspirar o seu negócio a construir uma gestão de pessoas mais eficiente e otimizar as chances de alcançar resultados mais promissores.

1. Dê atenção ao processo de seleção

Para assegurar o recrutamento dos melhores talentos do mercado, o Google realiza processos de seleção criteriosos e meticulosos, em que são analisadas características que vão além das habilidades técnicas e intelectuais. São avaliadas capacidades criativas, estratégicas, inovadoras e cognitivas.

2. Valorize a inteligência em RH

O Google utiliza os números e dados contabilizados pelo setor de Recursos Humanos como um guia potencializador do desenvolvimento de seus colaboradores. 

Essas informações permitem identificar pontos a melhorar, corrigir, ajustar e mudar, ou seja facilitam a tomada de decisões estratégicas.

3. Exponha sua missão, visão e valores

O Google mantém sua missão, visão e valores claramente articulados para cultivar um ambiente em que os colaboradores entendam o seu papel e valor na organização. Desta forma, eles sabem porque fazem determinada atividade e a adoram pelo propósito que ela alcança. 

Em outras palavras, o seu trabalho é disposto com algo que gera valor e impactos reais na sociedade.

4. Reconheça os colaboradores

O Google valoriza a sua força de trabalho acima de tudo, por isso oferece benefícios ímpares. Uma das formas que ele reconhece o bom trabalho e estimula a sua otimização é dando parte das ações da própria empresa para os talentos em destaque. 

Erros também são comemorados lá, mas visando incentivar novas ideias e transmitir compreensão, afinal ninguém está isento de falhas.

5. Crie uma atmosfera democrática

Outro ponto interessante da cultura organizacional do Google é a sua estrutura organizacional, que assume uma horizontalidade sem muitas figuras de autoridade. As equipe são compostas por um número menor de gerentes e a administração é colaborativa.

Lá é estimulado um ambiente aberto e democrático, propício para que os funcionários possam expressar suas opiniões e ideias sem medo.

6. Seja transparente com a equipe

A cultura organizacional do Google também estimula a transparência, por isso realiza reuniões semanais com colaboradores de unidades de todo mundo para debaterem questões estratégicas.

Trocar informações e ideias com essa frequência e transparência permite que os colaboradores se mantenham atualizados e cientes sobre o seu papel nos objetivos do negócio e se sintam parte fundamental da organização.

7) Estimule a cultura de dono

Por fim, outra característica importante da cultura organizacional do Google é o estímulo ao sentimento de dono do negócio. Seja para comemorar uma conquista ou para lidar com alguma falha, os colaboradores são treinados a se envolverem nos assuntos como se fossem os donos do Google. O esforço para potencializar ou corrigir a situação em questão são expressivamente maiores. 

Ter talentos que se motivam por desafios e que encaram as questões com uma mentalidade de dono é um trunfo imenso para a gestão de pessoas, afinal a motivação e compromisso são inegáveis.

Viu, só? A cultura organizacional é parte essencial da gestão do instrumento de maior valor de qualquer organização: os colaboradores! Estude a cultura organizacional do Google e inspire-se. 

Muito mais do que buscar retorno financeiros de maneira cega, com esse estudo, a sua empresa pode potencializar os laços de compromisso e afeto com a força de trabalho, otimizando sua satisfação, motivação e valorização. A potencialização dos resultados é consequência inevitável.

Fonte:Xerpa

Fiscal Ti