(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Como se aposentar com 1 milhão de reais?

Como se aposentar com 1 milhão de reais?

A liberdade financeira é um conceito que povoa o imaginário do brasileiro. Especialmente, por ser um país com mais de 60 milhões de pessoas inadimplentes, o que amplia o desejo de ter uma situação financeira mais conveniente para o futuro — esteja ele em curto, médio ou longo prazo.

Até por isso, os rumores de que é possível se aposentar com 1 milhão de reais na conta bancária se espalha pelas mesas do happy hour, os corredores das empresas e nas refeições em família, no final do dia.

Só que a questão não é tão simples assim. Primeiramente, porque esse papo é tão antigo, que o custo de vida atual difere das possibilidades prometidas ao acumular o primeiro milhão em suas aplicações financeiras. E por outros fatores que vamos discorrer, também, ao longo deste artigo, como:

  • É possível se aposentar com 1 milhão de reais?;
  • Por que se aposentar com 1 milhão?;
  • O valor do dinheiro mudou ao longo dos anos?;
  • Por que aposentar-se tão cedo?;
  • Como saber o quanto preciso acumular para aposentar?;
  • Como melhorar a renda?

Siga na leitura do post, e aprenda conosco a importância de poupar independe do momento de sua vida atualmente, além de descobrir a resposta para a pergunta: é possível se aposentar com 1 milhão de reais?

Boa leitura!

É possível se aposentar com 1 milhão de reais?

Vamos responder prontamente à pergunta: depende. Afinal de contas, o seu estilo de vida impacta muito no valor que você tem economizado, ao longo dos anos, e do quanto vai custear o seu padrão de vida durante toda a aposentadoria.

Talvez o valor seja um indicativo passado de um padrão que já não se sustenta com as variações monetárias das últimas décadas. O que permanece, entretanto, é o interesse das pessoas em abandonarem suas carreiras o quanto antes para aproveitarem a vida como bem preferirem.

Esse eco de independência financeira ocorre por diversas razões, como:

  • insatisfação profissional;
  • muita pressão no cargo ocupado;
  • melhoria na qualidade de vida;
  • mais bem-estar financeiro para o futuro.

Entre outros fatores que fazem muitas pessoas questionarem seus papéis na sociedade, e o que elas estão fazendo a respeito da construção de uma vida tal qual elas pretendem levar.

Por que se aposentar com 1 milhão?

O número parece até mágico, místico. Só que foi popularizado por se tratar de um número redondo. Mas, como adiantamos, ele pouco tem a ver com um conceito único e incontestável de independência financeira.

Afinal de contas, enquanto muitas pessoas sobrevivem com uma renda mensal próxima ao salário mínimo do país, outras podem questionar que uma renda média de R$ 10 mil por mês é pouco para sustentar o seu padrão de vida.

Complementarmente, vale destacar o quanto uma pessoa com R$ 10 mil ao mês pode não ter o suficiente ao considerar como se aposentar com 1 milhão de reais guardados. Por exemplo: descontada a inflação, uma pessoa que tem a rentabilidade de 3% ao ano leva quase dez anos para esgotar essa fonte de renda.

Ou seja: não é um patrimônio que vai se sustentar por um longo tempo. 

Nessa perspectiva, especialistas do mercado financeiro estão reticentes quanto ao misticismo em torno do milhão como o valor médio para uma aposentadoria definitiva. Seguindo o exemplo anterior, profissionais do setor apontam que, para retirar R$ 10 mil ao mês, pelos próximos 30 anos, um indivíduo teria que acumular R$ 2,42 milhões.

O valor do dinheiro mudou ao longo dos anos?

Aí está outra questão que ajuda a considerar o motivo pelo qual não é mais tão seguro, assim, aprender como aposentar com 1 milhão de reais na conta: a inflação.

O poder de compra muda bastante em decorrência de uma série de fatores, como a economia do país em si. Há dez anos, um milhão de reais poderia servir para muito mais coisas do que agora. Exemplo: em 2009, a inflação acumulada foi de 76,3% no país. Na época, um milhão valeria, consequentemente, R$ 1,76 milhão.

Em quase 30 anos — desde 1994, quando foi iniciado o Plano Real —, a moeda desvalorizou-se ainda mais. Foram 520,6% de inflação acumulada, no período, o que faria o milhão atual vale R$ 6,2 milhões em poder de compra há 25 anos.

Por que se aposentar tão cedo?

O movimento de pessoas em busca de uma aposentadoria precoce e que independa do benefício estabelecido e ofertado pelo INSS cresce continuamente. Nos EUA, já tem até sigla para isso: FIRE — termo para Financial Independence, Retire Early (algo como independência financeira, aposente-se cedo).

Os motivos para isso variam, como a insatisfação profissional, o desejo de seguir novos rumos e depender menos de um salário fixo em uma rotina estressante para ter a vida e o estilo de vida desejados.

Como destacamos anteriormente, as pessoas estão em busca desse tipo de “alforria” das amarras da sociedade. Entretanto, como vimos, o milhão pode não ser a quantia ideal se você tem hábitos mais custosos do que outras pessoas.

Como saber o quanto preciso acumular para me aposentar?

Se muitos especialistas já não acreditam ser definitivamente possível se aposentar com 1 milhão de reais, qual seria o montante necessário?

Essa resposta varia. Também falamos sobre isso, pois os seus hábitos podem se distinguir completamente das despesas mensais do seu vizinho de porta, por exemplo.

Vamos ver  então, o que pode ser levado em conta para você encontrar o número ideal para um futuro de aposentadoria precoce no seu horizonte!

Decida quanto você pretende consumir ao mês

Analise as suas finanças e entenda quais são os custos em comparativo à sua renda mensal: quanto você consegue guardar por mês, e quanto você acha que é um mínimo mensal aceitável para viver confortavelmente?

Essas são respostas que você tem que saber antecipadamente, para se planejar no acúmulo de patrimônio e assim, alcançar o valor desejado para a sua aposentadoria precoce.

Aqui vai um passo a passo que pode ajudar a visualizar o cenário:

  • calcule o capital inicial disponível;
  • avalie o rendimento do tipo de investimento selecionado por você;
  • calcule o prazo para iniciar as retiradas do fundo de investimento e, assim, viver do seu rendimento.

Para facilitar a conta, especialistas tendem a usar uma taxa até que conservadora de 2 a 3% de juros ao ano. Assim, fica mais fácil acumular mais, no início, para ter uma margem maior de segurança no futuro.

Além disso, é fundamental saber qual é o seu perfil de investidor para tomar os devidos cuidados e encontrar a aplicação que tem tudo a ver com os seus objetivos e necessidades. Temos um post que fala, especificamente, das melhores opções de investimento de baixo risco — aproveite para conferir assim que finalizar esta leitura!

Faça e refaça os cálculos

É comum, ao calcular se como aposentar com 1 milhão de reais, que erros surjam nas projeções. Em parte, porque não levamos em conta diversos fatores que podem aumentar o seu custo médio de vida, como despesas médicas, remédios e também opções de lazer e de compras do dia a dia.

Foco, então, em calcular uma média pouco além do que você projeta para o presente. Isso pode ser o diferencial preciso para um ajuste no estilo de vida agora, para se aposentar do jeitinho que você imagina para o futuro.

Analise o prazo que você pretende viver de renda

Lembra-se da taxa conservadora de rendimento que citamos acima? Pois então, leve em consideração esse número para atender às suas necessidades e interesses. Por exemplo: com uma taxa de 3% ao ano, com R$ 1 milhão você tem R$ 30 mil em 12 meses. Isso, dividido mês a mês, dá uma renda mensal de R$ 2,5 mil.

O que isso significa? Caso você retire esses R$ 30 mil de uma vez, após um ano de aplicação, você vai continuar com aproximadamente R$ 1 milhão na conta, e usar apenas esse rendimento. Mas é o suficiente para você curtir a sua aposentadoria?

Caso não seja, avalie o quanto você pretende viver dessa aposentadoria. Para isso, basta somar a quantia de despesas mensais ao longo do ano inteiro e, em seguida, multiplicá-la pela quantidade de anos que você pretende viver na aposentadoria.

Assim, caso você gaste R$ 5 mil ao mês, por exemplo, precisa de R$ 60 mil por ano. E se deseja viver de aposentadoria ao longo de 20 anos, esse valor vai a R$ 1,2 milhão no total.

Mas não é tudo.

Lembra-se de que falamos a respeito da desvalorização contínua da moeda e do aumento gradual de preços? Imagine o quanto isso vai mudar nos próximos 20 anos.

É por isso que saber como se aposentar com um milhão é uma matemática perigosa. Esses fatores futuros também devem ser levados em consideração para que você não chegue ao fim dessas duas décadas com saúde, mas sem um tostão para viver os anos seguintes.

Como melhorar a renda?

Chegamos a um ponto interessante para quem deseja saber como aposentar com 1 milhão de reais: a geração de renda. 

Isso porque, ao contar exclusivamente com as aplicações de investimentos, você está assegurando uma estabilidade financeira que pode ser comprometida, futuramente, com o aumento de gastos no seu estilo de vida.

Por sua vez, você pode começar, ainda hoje, a poupar mais dinheiro para melhorar as suas metas financeiras, e também gerar mais renda de outras maneiras. Tudo para agilizar o seu plano de aposentadoria precoce e de segurança financeira em médio e longo prazo.

Boa maneira de fazer isso é por meio do aluguel de imóveis, por exemplo. Com isso, fica mais fácil ter um aumento gradual de renda que vai complementar aquilo que você já tem investido — e não vai esgotar a sua fonte de renda caso o seu milhão se esgote em uma década, por exemplo.

Não se trata apenas de economizar e poupar, portanto, mas de ter a flexibilidade para considerar todos os fatores, que direta ou indiretamente, podem influenciar nos seus objetivos e alterar significativamente o valor almejado para iniciar a sua aposentadoria.

Por sorte, temos muitos outros posts que ensinam você a economizar no dia a dia, a identificar e investir nas melhores aplicações do mercado — e de acordo com os seus objetivos — e a encontrar o valor ideal para gerar estabilidade financeira para o seu futuro e o de toda a sua família! 

Para ficar por dentro dessas novidades em tempo real, preencha os dados solicitados no canto direito do nosso blog e assine a nossa newsletter! Assim, você recebe as nossas dicas diretamente no seu e-mail!

Fonte:Xerpa

Fiscal Ti