(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Loja virtual: guia completo com tudo que você precisa saber

Loja virtual: guia completo com tudo que você precisa saber

Saber como abrir uma loja virtual pode ser o objetivo de muita gente, especialmente em um momento tão crítico como a crise do novo coronavírus. Afinal, as vendas pela Internet se tornaram a grande saída econômica para muita gente.

Para se ter uma ideia, a perspectiva é que as vendas no e-commerce brasileiro ultrapassem os R$100 bilhões em 2020. Isso porque o crescimento neste ano já é 30% maior do que no ano passado, decorrente do impulso gerado pelo novo coronavírus.

Isso significa que quem ainda não avançou na transformação digital e criou um ponto de vendas na Internet, dificilmente conseguirá sobreviver no novo cenário. Além disso, essas informações indicam que estamos em um ótimo momento para quem quer empreender pela Internet.

E aí, quer aprender como abrir uma loja virtual? Então siga a leitura abaixo!

Passo a passo de como abrir uma loja virtual

1. Entenda seu modelo de e-commerce

Trabalhar com uma loja virtual significa, na prática, vender pela Internet. No entanto, a definição fica mais confusa quando avançamos um pouco mais no assunto e descobrimos que existem vários modelos de lojas diferentes.

Por exemplo, você pode abrir uma loja virtual que seja como a versão digital da sua loja física. Basicamente você teria um ponto na Internet em que as pessoas poderiam comprar. Ótimo, simples e fácil.

No entanto, você também pode trabalhar com dropshipping, que consiste em vender produtos com links de determinadas empresas e fazer com que elas entreguem os itens para os consumidores. Várias lojas gigantescas contam com esse tipo de parceria. Esse modelo, entretanto, é recomendado para empreendedores solitários, e não para quem tem uma equipe e um ponto físico.

Por isso, o primeiro passo para abrir sua participação na Internet é entender como a sua loja funcionará. Até porque isso vai ajudar a entender o próximo passo.

2. Defina a estrutura que você precisa

Escolhido o tipo de loja virtual que você terá, é hora de trabalhar com a estrutura do seu e-commerce. Basicamente, você terá de lidar com 3 grandes esferas. São elas:

  • obtenção de tráfego;
  • interface de vendas;
  • logística de entrega.

A obtenção de tráfego é um problema que existe em uma loja normal, mas é diferente na Internet. Na rede, não existe uma “rua bem localizada” para garantir fluxo de pessoas. É preciso estabelecer uma estratégia de marketing nas redes sociais e no Google para atrair interessados em comprar seus produtos.

A interface de vendas será o site. Para isso, você precisará de uma página rápida e moderna, de um servidor e um domínio. Além disso, será necessário que o seu site tenha um sistema de vendas seguro (com certificado SSL) ou estar integrado a um marketplace como o Mercado Livre, Elo7 ou uma das lojas de departamento famosas (Americanas, Amazon, etc.).

Já a logística de entrega tem a ver em como o seu produto será separado e encaminhado para o cliente. Isso pode ser feito de maneira interna (que é o mais comum) ou via dropshipping, como já mencionado.

3. Formalize a sua empresa

Sim. Se você quer saber como abrir uma loja virtual, precisa entender que deverá cumprir todos os requisitos de abrir uma empresa normal, com CNPJ, registro nos órgãos competentes e tudo mais.

Para muita gente, esse pode ser um passo chato, mas é necessário para que você não tenha problemas jurídicos por causa da sua atuação profissional. 

Além disso, a formalização permitirá que você tenha acesso a incentivos fiscais, investidores-anjo e vários outros benefícios (como linhas de crédito) que ajudarão a prover os recursos para que sua loja possa crescer.

4. Prepare todos os recursos para começar a vender

Em uma loja física, basta abrir o ponto, colocar os produtos na vitrine e começar a venda. Na loja digital, é diferente. Você precisa preparar uma série de recursos para começar a vender.

Por exemplo, seus produtos precisam de fotos originais, em boa definição e que mostrem vários ângulos deles. Além disso, será necessária uma descrição de todos os produtos e uma ligação de toda a estratégia de marketing com a de vendas. Quando isso estiver pronto, finalmente você poderá começar a vender na Internet. 

5. Tenha o apoio de uma consultoria de contabilidade

É importante que você comece a sua loja digital com o pé direito, sem cometer erros. Para tanto, deverá ter o apoio constante de uma equipe treinada e especializada para ajudar a gerenciar seus elementos contábeis.

Isso porque você terá de pagar impostos, fazer relatórios, cuidar da folha de pagamento, entregar declarações… e, caso venda para outros estados, terá o cálculo do ICMS. Enfim, vários compromissos contábeis diferentes.

Um dos problemas dessa situação é que, como você está começando agora, é possível que não tenha o conhecimento necessário ou os recursos humanos adequados para cuidar dessa parte.

Por essa razão vale a pena contratar uma consultoria de contabilidade. Eles podem cuidar de absolutamente toda a parte financeira e contábil para você, enquanto você pode dedicar o seu tempo e energia em ser mais produtivo e vender mais.

E aí, gostou de aprender como abrir uma loja virtual? Então chegou a hora de colocar o conhecimento em prática e empreender!

Para isso, entre em contato com a Consultoria RR e saiba como podemos ajudá-lo a abrir a sua empresa!

Fonte: Consultoria RR

Fiscal Ti