(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Confira 4 dicas para aumentar em seu negócio

Confira 4 dicas para aumentar em seu negócio

Aumentar a margem de lucro do negócio é uma das estratégias mais eficazes para ter sucesso na missão de empreender. Para isso, é fundamental ter conhecimento do que esse termo significa e como ele pode te ajudar a transformar a sua empresa em um negócio lucrativo.

Mas, antes de entrar neste tema tão importante para quem quer gerir uma empresa de forma sustentável, você sabia que 25% da população adulta está envolvida na abertura de um novo negócio ou tem um negócio com cerca de 4 anos de atividade?

Esse é um dado de uma pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), realizada no Brasil com o apoio do Sebrae. De acordo com seus resultados, a alma brasileira nunca foi tão empreendedora como se mostrou em 2020. Diante de um período de crise provocado pela pandemia do Coronavírus, o número de novos empreendedores bateu o recorde dos últimos 20 anos. (Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios)

Nesse cenário, estima-se que 53,4 milhões de brasileiros estão realizando alguma atividade empreendedora. E, para esses tantos novos e antigos donos de negócio que assumem o desafio do empreendedorismo, a dica que vamos dar neste artigo é muito valiosa.

Como saber se a minha empresa é lucrativa? Qual é a diferença entre o lucro e a margem de lucro? Como colaborar para aumentar a margem de lucro do meu negócio?

Então, confira o que é o conceito e 5 dicas de como aumentar a margem de lucro que vão te ajudar a realizar o sonho de crescimento rápido e sustentável para o seu negócio. Vamos lá?

Qual é a diferença entre lucro e margem de lucro?

Para começar, antes de entrar diretamente no tema principal de margem de lucro, é fundamental que o conceito de lucro esteja muito claro na mente de todo empreendedor.

Por definição, lucro é o ganho adquirido por uma operação comercial ou negociação econômica de qualquer natureza. É o retorno positivo da diferença entre a receita total de uma venda e todos os seus custos. No caso de um retorno negativo da mesma equação, no lugar de lucro, a definição utilizada é prejuízo.

Vamos deixar isso ainda mais claro? Em um exemplo prático e simplificado, suponhamos que você é dono de uma loja de doces. Seu cliente compra um pastel de nata e um café, compra que custa um total de R$ 7,50. No entanto, os gastos que você teve para produzir os produtos foi de R$ 5,00, contando todas as variáveis, dos ingredientes aos custos de entrega. Dessa maneira, isso quer dizer que o seu negócio teve um lucro de R$ 2,50 com a compra desse cliente.

Por outro lado, a margem de lucro é o percentual que indica o que a empresa vai adquirir de lucro sobre as suas vendas. Como um dos principais indicadores financeiros empresariais, é muito utilizado no processo de precificação de produtos/serviços e ajuda a definir a lucratividade da empresa diante do investimento a ser realizado.

Assim, fazer o cálculo da margem de lucro de determinada venda é muito importante no caminho para o sucesso do seu negócio. Então, confira como colocar em prática no próximo tópico.

Como calcular margem de lucro?

Agora que você já sabe a definição dos conceitos de lucro e de margem de lucro, é hora de aprender como fazer esse cálculo na prática. Para isso, que tal voltarmos ao nosso exemplo da loja de doces?

Imagine que a sua empresa vende um bolo para aniversário por R$ 150,00. E que o custo direto para fazer esse produto seja de R$ 50,00, contando com todos os gastos que foram usados para a sua produção e entrega.

Mas, como empreendedor, você sabe que os custos para manter uma empresa aberta não se limitam apenas no processo de produção de um serviço/produto, certo? Quanto às despesas do negócio, temos que contar com aluguéis, manutenção, segurança, entre outros. Esses valores também devem ser repartidos para se descobrir a quantia que é “gasta” para se fazer o produto. Nesse caso, para que o bolo seja produzido.

Então, digamos que o valor dessas despesas dividido por toda sua produção também seja de R$ 50,00.

Agora que você já conhece os custo e gastos do seu bolo, você deve subtraí-los do preço final, dividir por esse mesmo preço final e multiplicar por 100. Calma, não se preocupe, o cálculo da margem de lucro é mais simples do que você imagina. Vamos fazer juntos?

Primeiro, confira a fórmula que você vai usar e a conta baseada no nosso exemplo:

  • ML = Margem de Lucro
  • C = Custos de produção
  • D = Despesas gerais
  • P = Preço do produto ou serviço
  • Com isso definido, a fórmula é a seguinte:
  • ML = {[P – (C + D)] / P]} x 100

Agora, vamos substituir os valores de nosso exemplo para ver como isso funciona na prática?

ML = {[150 – (50 + 50)] / 200]} x 100

ML = [150 – (100)] / 200] x 100

ML = (50 / 200) x 100

ML = 0,25 x 100

ML = 25%

Portanto, a margem de lucro da venda do seu bolo de aniversário para sua empresa é de 25%.

Ficou claro para você como calcular margem de lucro de um produto ou serviço? Então, é hora de conferir 5 dicas para aumentar essa margem e garantir maior lucratividade para a sua empresa.

4 dicas para aumentar a margem de lucro da empresa

Ter conhecimento sobre o que é a margem de lucro e da importância desse indicador para o seu negócio é o primeiro passo para um caminho mais rentável para a sua empresa. Ainda, saber calcular a margem e colocar em prática no processo de precificação dos seus produtos/serviços, já te coloca ainda mais próximo desse objetivo.

Então, nada melhor que terminar este artigo te oferecendo um pacote completo. Agora que você conhece os principais passos, confira 4 dicas para aumentar a margem de lucro da sua empresa.

1. Precificação do produto 

Como já conseguimos ver no decorrer desse texto, a precificação do seu produto/serviço é elemento muito importante no resultado de lucro ou prejuízo da sua empresa. Mas, não se engane, o preço é tão importante para os seus clientes, quanto para você. Dessa maneira, é importante ter em mente que a decisão de compra do seu cliente vai ser diretamente afetada pela sua decisão de preço.

Dessa forma, para além de calcular um preço que dê conta de alimentar a sua margem de lucro e o crescimento do seu negócio, é fundamental pensar em como deixá-lo mais atrativo e justo para os seus consumidores.

2. Use a Tecnologia a seu favor

Para uma tomada de decisão mais assertiva no seu negócio, conhecer seus indicadores financeiros e conseguir fazer o seu cálculo de forma dinâmica, pode te ajudar a entender melhor os resultados da sua empresa. E, para deixar esse processo mais rápido e eficaz, o conselho para todo empreendedor é investir em tecnologia.

Um sistema de gestão inteligente, que consegue dar conta de todas as etapas do negócio de forma automatizada, assim como o ERP, pode ser responsável por seu um belo braço direito na sua gestão. Assim, reduzir os custos e aumentar a margem de lucro se tornam objetivos mais possíveis.

3. Atendimento ao cliente

Como bom empreendedor, você já sabe que o principal indicativo de sucesso da sua empresa é a satisfação do cliente. No entanto, chegar no melhor resultado que você consegue entregar para os seus consumidores, está longe de ser a tarefa mais fácil de um dono de negócio.

Para isso, é preciso não poupar esforços para conhecer esse público, entender suas vontades e satisfazer os seus desejos. O processo de fidelização de clientes pode poupar alguns esforços da sua empresa, como mais gastos com marketing online, por exemplo. Lembre-se: conquistar novos clientes é uma ótima estratégia, mas manter o mesmo cliente comprando pode te trazer resultados ainda mais positivos.

4. Reduzir os custos

Junto às demais estratégias, a redução de custos é um passo fundamental para que empresas consigam manter as suas atividades, honrar seus compromissos e ainda garantir uma margem de lucro satisfatória.

Agora que você já tem uma gestão financeira organizada e automatizada, vai ficar muito mais fácil optar por gastos e despesas que realmente façam diferença no dia-a-dia do seu negócio.

Lembre-se que a lucratividade não tem relação direta com o volume de vendas, o que quer dizer que vender muito não significa necessariamente lucrar mais. A precificação e o seu processo de vendas podem definir o destino do seu negócio. Que tal entrar no caminho mais certo para o sucesso e dar um salto de lucratividade?

Esse conteúdo foi criado pela equipe da BizCapital, fintech de crédito digital, que tem como principal motivação dar acessos aos recursos necessários para pequenas e médias empresas brasileiras prosperarem.

Nós queremos que o capital necessário para o crescimento da sua empresa chegue na sua conta o mais rápido possível. Ficou interessado? Conheça mais sobre a nossa linha de crédito e simule suas condições!

Este conteúdo foi produzido em parceria com o time da BizCapital.

Fonte: PontoTel

O post Confira 4 dicas para aumentar em seu negócio apareceu primeiro em Informativo Empresarial.

Fiscal Ti