(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Como criar a modelagem financeira da empresa?

Como criar a modelagem financeira da empresa?

Muitos empreendedores em busca de investidores ou expansão dos seus negócios se deparam com a dúvida de realizar ou não certa movimentação. Uma das formas de ter um melhor cenário dos resultados antes de tomar uma atitude é saber como criar a modelagem financeira da empresa.

Trata-se de uma ferramenta que ajuda a projetar um panorama por meio da situação atual e das premissas dos planos da empresa.  Os erros financeiros podem ser fatais para os negócios e o setor deve ser uma das prioridades da gestão.

Neste artigo do nosso blog, falamos sobre os principais erros da área.

Para evitar alguns destes equívocos, vamos abordar os detalhes e como criar a modelagem financeira da sua empresa para auxiliá-lo na tomada de decisão de novos projetos. Você vai aprender:

  • O que é modelagem financeira?;
  • Quais são os benefícios?;
  • Quais empresas podem utilizar a ferramenta?;
  • Exemplos de modelagem financeira;
  • Passo a passo sobre como criar a modelagem financeira da empresa.

Então, vamos lá!

O que é modelagem financeira?

A modelagem financeira é um instrumento utilizado pelas empresas para auxiliar na tomada de decisão de novos negócios ou investimentos. Pode ser utilizada para projetar o fluxo de caixa até para convencer investidores de que o dinheiro aplicado na companhia trará benefícios. 

Por meio de hipóteses, a ferramenta permite fazer a projeção do futuro da empresa em cenários pré-determinados pelo gestor. A modelagem financeira não é um sistema simples, mas, com o conhecimento necessário trará grandes vantagens para o negócio.

O que se precisa ter em mente é que ela tem como objetivo principal ser mais um relatório a se analisar antes de dar um novo passo, seja a abertura de uma nova filial ou investimento em um novo produto, por exemplo.

Quais são os benefícios?

Como já falamos anteriormente, o principal benefício de saber como criar a modelagem financeira da empresa e utilizá-la é fornecer mais informações e segurança para o gestor de uma companhia.

Além disso, a falta dela pode acarretar em problemas financeiros futuros, por conta de tomada de decisões não estratégicas.

Basicamente, é uma ferramenta financeira que auxilia o gestor a fazer as melhores escolhas, partindo de um ponto inicial conhecido e sem colocar o patrimônio da empresa em risco.

Quais empresas podem utilizar a ferramenta?

Por se tratar de um sistema aparentemente complexo, muitos empreendedores acreditam que a modelagem financeira é destinada apenas para as grandes empresas ou grandes projetos. Porém, isso não é verdade.

Mesmo os micros negócios podem colher benefícios ao descobrir como criar a modelagem financeira da empresa já que podem utilizá-la para projetar suas ações futuras, como a contratação de mais colaboradores para aumentar a produtividade.

A modelagem financeira pode ajudar a definir, por exemplo, se este investimento terá retorno em faturamento. Agora que já falamos sobre a importância do instrumento, vamos entender como funciona na prática.

Exemplos de modelagem financeira

Conforme já falamos, ao criar a modelagem financeira da empresa, as companhias passam a utilizá-la para diversas finalidades. Uma das formas mais comum de aplicação é no momento de lançamentos de ações no mercado primário (IPO).

O gestor do processo faz uma modelagem financeira para analisar a abertura do capital da empresa na bolsa de valores. Por meio da análise, é possível fazer uma comparação com o mercado e prever o quanto investidores pagariam pelas ações.

Além disso, também é possível fazer uma projeção do futuro da empresa para atrair investidores que analisarão estes dados.

A ferramenta também pode ser utilizada para outras ações da empresa como:

  •  Definição do valor de uma empresa para investidores ou compradores;
  •  Melhora da estrutura e organização;
  • Gerenciamento de riscos;
  •  Análise do panorama projetado.

Passo a passo sobre como criar a modelagem financeira da empresa

Antes de começar, o gestor precisa conhecer profundamente o processo de como criar a modelagem financeira da empresa e revisitar o planejamento estratégico. A partir daí, é possível definir quais são as prioridades da companhia e começar a utilizar a ferramenta.

1. Defina um objetivo específico

O primeiro passo é escolher o que você deseja avaliar, pois para ser efetiva, a modelagem financeira precisa ter um foco específico. Até porque, é este objetivo que irá permear as informações que o gestor precisará reunir e quais equipes estarão envolvidas no processo.

2. Escolha o modelo de modelagem financeira mais indicado

Com o passo 1 definido, é a hora de entender qual o formato de modelagem financeira é o mais adequado para o que almeja analisar.

É neste momento que o gestor precisa entender como criar a modelagem financeira da empresa e como ele deve funcionar, o que será calculado e analisado, para avaliar seu impacto no resultado.

3. Determine o software ou planilha que irá utilizar

Atualmente, existem muitas plataformas que auxiliam na criação da modelagem financeira, desde softwares até planilha simples de Excel. Tudo vai depender da sua preferência e da necessidade da sua análise.

As planilhas ainda são as mais utilizadas porque permitem uma maior adaptação dos dados, de acordo com o perfil e o objetivo de cada modelagem financeira. Porém, há muitas opções no mercado que podem ajudar os gestores.

Além disso, para o gestor que não tem conhecimento e tempo para se dedicar, existem profissionais especializados em como criar a modelagem financeira da empresa. Quem quiser fazer sozinho, é possível realizar diversos cursos de especialização no tema.

4. Colete os dados e aplique na ferramenta

Depois de definir os itens acima, chega o momento de reunir todas as informações necessárias para a realização da modelagem financeira. Dependendo do objetivo, as equipes que serão envolvidas serão diferentes e cabe ao gestor saber orientá-las quanto aos dados indispensáveis.

Com os números em mãos, aplique na planilha e obtenha os resultados para suas hipóteses.

5. Analise os resultados e tome a decisão

Com os resultados em mão, certifique-se de analisá-los antes de tomar qualquer decisão. Tenha a certeza de que entendeu a projeção realizada pela ferramenta, depois disso, adeque suas ações, equipe e estrutura para alcançar o objetivo almejado.

Como você pode perceber, não é difícil entender como criar a modelagem financeira da empresa. Entretanto, exige dedicação por parte do empreendedor para definir seus principais objetivos e utilizar o instrumento de gestão financeira a seu favor.

Gostou do nosso conteúdo sobre como criar a modelagem financeira da empresa? Compartilhe o artigo nas suas redes sociais e divida com seus amigos.

Fonte:Xerpa

Fiscal Ti