(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

aprenda em 5 passos (+1 bônus)

aprenda em 5 passos (+1 bônus)

Um bom ramo para empreender no Brasil é o de vestuário. No entanto, é importante aprender como montar uma loja de roupa para poder entrar no setor e ter sucesso financeiro. Afinal, começar o negócio sobre bases frágeis é receita para o desastre.

Atualmente, a previsão de crescimento do segmento é de 13,6% até 2023. No entanto, como esse é um setor muito competitivo, é essencial se planejar corretamente para surfar essa previsão de crescimento.

Quer aprender como montar loja de roupas? Então veja as nossas dicas abaixo!

Como montar uma loja de roupas: 5 passos

1. Estude

O primeiro passo para empreender em qualquer área é estudar. E no setor de vestuário não seria diferente, não é mesmo? É claro que você não precisa, necessariamente, formar-se em moda para poder abrir uma empresa na área.

Para se ter uma ideia, o Sebrae de São Paulo fez uma pesquisa e constatou que somente 11% dos empreendedores do segmento são formados em moda. Porém, é possível ter sucesso na área, mesmo sem formação em moda; mas, no entanto, é claro que essa formação ajuda a ter conhecimentos do setor para otimizar seus produtos ou estratégias.

Contudo, se estudar moda não é um requisito básico, estudar administração é. Isso porque é muito difícil obter sucesso em um empreendendo sem que tenha um pouco de conhecimento básico sobre o assunto.

Para se ter ideia, 50% de todas as empresas do país acabam fechando as portas em menos de 5 anos de atuação. Parte da razão para isso é a dificuldade de manter um negócio de pé sem os conhecimentos básicos.

Portanto, capacite-se com uma formação rápida de empreendedorismo e administração focada em comércio para aumentar suas chances de sucesso.

2. Defina o seu público-alvo

Um ponto essencial a ter definido antes de abrir a sua loja de roupas é pensar no seu público-alvo. Isso é necessário por causa de vários motivos, como:

  • as roupas podem depender de gênero (homem, mulher ou neutro);
  • as peças podem depender de estilo (social, urbano, gótico, nerd, etc.);
  • os produtos podem depender das condições financeiras do público (classe A, B, C, D ou E);
  • as roupas podem depender se elas serão originais ou de marcas específicas.

Com tudo isso em mente, é essencial montar um público-alvo específico para ter as peças certas para a sua loja. Por exemplo, você pode escolher atender apenas jovens mulheres de até 35 anos ou atender somente homens de mais de 40 anos.

Ao mesmo tempo, pode focar no público com estilo mais geek ou com estilo formal, pessoal de classe B ou classe D. Seja qual for o seu público-alvo, é essencial defini-lo antes de pensar em abrir a sua loja, uma vez que essa decisão guiará todas as outras etapas do processo.

3. Conceitualize a sua loja

O próximo passo de como montar uma loja de roupa é conceitualizar como será a sua loja. Nós fazemos isso depois de definir o público-alvo pois o seu estabelecimento deve, idealmente, adequar-se ao público.

Por exemplo, vamos supor que você determinou que o seu público-alvo será: homens de 20 a 40 anos, de estilo urbano e esportivo, moradores da cidade de São Paulo e região. Renda de classe C e B, com hábito de comprar uma peça de roupa a cada seis meses ou receber presentes das pessoas em sua vida. Gosta de esportes, video-games e filmes.

Pensando nisso, sua loja deve ser moldada de forma a melhor se comunicar com esse público em específico. Por exemplo, um nome “engraçadinho” funcionaria bem com esse público. Já se o seu alvo fosse homens e mulheres de mais de 40 anos, Classe A e estilo mais formal, o mesmo nome não funcionaria tão bem.

4. Formalize sua loja

Depois de conceitualizar a sua empresa, o próximo passo é formalizar a sua loja para poder entrar nos processos necessários para abrir o comércio. O processo de abertura de um comércio dependerá das regras específicas da sua cidade e estado. Afinal, existem requisitos básicos que variam de lugar para lugar.

Por isso, o melhor a fazer é ir até a Secretaria da Fazenda do Estado e a Junta Comercial da Prefeitura para entender os requisitos para abrir a sua loja. Basicamente, os passos devem ser:

  • monte um contrato social e registre-o na Receita Federal;
  • obtenha um CNPJ, alvará de funcionamento e registro nos órgãos responsáveis;
  • solicite enquadramento na entidade sindical patronal, se necessário;
  • cadastre-se para recolhimento de INSS e FGTS dos colaboradores.

5. Cuide dos últimos processos administrativos

Por fim, cuide dos últimos processos administrativos para abrir a sua loja de roupas, como:

  • criar a identidade visual da empresa;
  • encontrar um ponto comercial bem localizado;
  • estudar a viabilidade de fazer um e-commerce;
  • encontrar fornecedores;
  • contratar colaboradores;
  • montar a loja com produtos;
  • criar uma campanha de marketing para o lançamento.

DICA BÔNUS: aprenda a reduzir custos da sua loja

Depois de aprender como montar uma loja de roupa, será preciso gerenciá-la do jeito certo. Essa tarefa não é muito fácil, e a alta taxa de falência no Brasil mostra isso.

Uma das principais preocupações nesse momento será a redução de custos para aumentar a sua margem de lucro e se manter competitivo, especialmente contra as grandes lojas de departamento.

Uma das melhores maneiras de fazer isso é ao reduzir os seus gastos contábeis. Afinal, fazer a própria contabilidade pode levar a:

  • erros de preenchimentos (que resultam em gastos extras);
  • esquecimentos (que geram multas);
  • recolhimentos incorretos;
  • enquadramento fiscal errado;
  • perda de horas de trabalho para cuidar da folha de pagamento e outras obrigações.

Com o apoio de um serviço terceirizado, como um BPO Financeiro, fica muito mais fácil (e barato!) lidar com essas obrigações. Assim, você pode focar no sucesso da sua loja recém-criada.

Gostou dessa dica extra? Então baixe o nosso ebook sobre BPO Financeiro agora mesmo e entenda como ele pode ajudar a sua empresa!

Fonte: Consultoria RR

Fiscal Ti