(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Como prevenir furtos em sua loja: veja as melhores dicas

Como prevenir furtos em sua loja: veja as melhores dicas

Furtos em lojas de varejo são problemas sérios e inconvenientes para qualquer empreendedor. Além de causar perdas financeiras óbvias, porque você perde mercadorias, ainda existem problemas de segurança, o empresário acaba vivendo sob a ameaça de roubo, e sob uma pressão que ninguém precisa vivenciar na vida.

Ademais, o furto no varejo custa aos varejistas bilhões de reais anualmente, sendo que frequentemente as perdas decorrentes de furtos são a diferença entre uma operação lucrativa e outra deficitária. A quantidade de perdas precisa de atenção e a necessidade de investir em prevenção é crescente para garantir o lucro esperado. A única maneira de se proteger dessa situação imediatamente é evitando.

Obviamente, há outras medidas a serem tomadas em longo prazo, mas a prevenção é a primeira linha de defesa que você tem contra furtos no varejo e furtos em geral. Neste artigo, damos dicas para gestores que buscam auxílio no combate a furtos, como também na redução de perdas.

1. Preste atenção na área ao redor da loja

Em primeiro lugar, antes de lidar com questões internas para evitar roubo no varejo, você precisa examinar a estrutura física da loja no seu lado de fora e ao seu redor. Dessa forma o passeio, a sua iluminação e o terreno envolvente devem ser observados.

Quando você faz tudo bonito, a fachada fica bem iluminada e pintada, as calçadas são lisas e as luzes ficam acesas à noite, sua aparência fica mais atraente para os clientes, mas não para os ladrões.

Se houver lotes vagos próximos à sua loja, quando os arbustos tomarem conta da propriedade, entre em contato com o proprietário. As plantas altas geralmente são apreciadas pelos ladrões porque são mais fáceis de esconder. A prevenção de furtos no varejo começa aí, arrumando o exterior!

2. Treine seus funcionários para reconhecerem atitudes suspeitas

Roubos no varejo são mais fáceis de controlar quando todos os funcionários são bem treinados nas melhores práticas de prevenção. Essas práticas devem ser verdadeiramente boas e deve-se tomar cuidado para não abraçar atitudes que fazem mais mal do que bem.

Deixe sua equipe sempre circulando pela loja. Conforme sua loja cresce, fica cada vez mais difícil ver todos os produtos no balcão, não é? Sim, seus funcionários e a câmera funcionarão como seus olhos. Sempre mantenha alguém por perto!

Eduque sua equipe sobre como identificar atitudes suspeitas para diferenciá-las das atitudes dos clientes regulares da loja. Alguns exemplos de atitudes suspeitas dos “clientes”:

– Passar mais tempo observando os movimentos dos funcionários da loja do que fazendo compras

– Levar muitos itens para o provador, mas sair apenas com um;

– Andar pela loja aparentando nervosismo e evitando o contato visual.

3. Patrulhas de Segurança

Para aqueles que desejam possuir mais áreas protegidas, patrulhas policiais ou empresas de segurança privada também são boas escolhas. Se você for vítima de vários furtos, entre em contato com as pessoas que costumam visitar a área e veja se é possível pedir para a polícia municipal fazer o patrulhamento.

Porém, se essas agências não puderem fornecer serviços, as empresas privadas também terão grandes soluções.

4. Ajustes dentro da loja voltados para a prevenção ao furto

Para fazer um bom trabalho de prevenção de furtos em lojas, certas condições devem ser criadas para que esses esforços deem frutos. Além disso, essas condições são fáceis de implementar, basta fazer apenas algumas mudanças dentro da loja que já são suficientes.

Essas adaptações visam garantir a segurança e reduzir a incidência de roubos apenas pela sua presença. Considere alguém que está interessado em furtar. Se ele entrar na loja e perceber que a visão do caixa dá direto para as gôndolas, ele vai pensar duas vezes, certo?

Algumas dicas importantes para adaptar sua propriedade para evitar roubo no varejo:

  • Coloque tags em todos os produtos caros em exibição (como telefones celulares, acessórios, eletrônicos);
  • Um pequeno balcão que permite visualizar toda a loja durante o checkout; o Elimine o máximo possível os pontos cegos entre as gôndolas; o Quanto mais a loja abre, maior a ameaça de furto no varejo.
  • É melhor manter uma distância entre a caixa e a porta de saída;
  • Toda a loja deve ter uma boa iluminação; o Deve existir restrição para acessar o estoque

5. Instale câmeras de segurança

As câmeras de segurança têm duas funções: prevenir o roubo no varejo e remediá-lo. A sua presença é suficiente para que o furto não ocorra, pois quem o faz, pode ser facilmente identificado posteriormente. Essa lógica de prevenção é utilizada por grandes redes de lojas e é considerada essencial para evitar furtos, roubos e furtos no varejo.

O ideal é instalar câmeras e ter acesso ininterrupto a elas. Hoje, o acesso em tempo real às imagens por meio de telefones celulares é muito fácil, oferecendo uma atualização adicional para evitar furtos em lojas.

6. Use vigilância eletrônica de produtos

As etiquetas RFID são pequenos transmissores instalados nos produtos da sua loja. Para que funcionem bem, é necessária uma antena posicionada em uma posição estratégica, geralmente nas entradas e saídas principais.

o Uma etiqueta é fixada em um produto (de roupas a carnes ou itens de perfume);

o A etiqueta será removida ou desativada no momento da compra.

Caso alguém saia da loja com um produto que contenha esta etiqueta um alarme será avisando a equipe do estabelecimento e inibindo a prática de furto por outras pessoas.

Conclusão

Todos os estabelecimentos estão em risco. Se houver um grande movimento em sua loja, sempre haverá alguém pensando em furtar ou assaltar, esperando por uma oportunidade de subtrair um produto. O grande segredo é garantir que sua empresa não ofereça uma oportunidade a essas pessoas. É importante lembrar também que, caso o furto realizado seja qualificado (com evidência de arrombamento), ou caso ocorra um roubo, pode ser utilizada a cobertura para roubo e furto do seguro empresarial, seguro que cobre além do patrimônio, roubos realizados por funcionários e eventuais processos movidos por clientes.

Você viu como existem várias maneiras de evitar o furto no varejo? Essas são apenas as principais. O importante é adaptar essas dicas à sua realidade com o objetivo de dificultar os furtos que podem ocorrer dentro dos estabelecimentos varejistas.

Blog Quanto Sobra

Fiscal Ti