(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Descubra como o PLIPAG pode ajudar você, MEI, a gerenciar seus clientes sem planilhas e sem estresse

Descubra como o PLIPAG pode ajudar você, MEI, a gerenciar seus clientes sem planilhas e sem estresse

Entrevistamos Guilherme Bento, fundador do PLIPAG, uma plataforma indispensável para quem trabalha com vendas de produtos ou serviços e quer se organizar financeiramente

É possível se formalizar na categoria MEI exercendo inúmeras atividades profissionais. A lista é longa, mas, na maioria das vezes, o microempreendedor individual trabalha com algum tipo de venda de produtos ou serviços. Neste caso, é preciso lidar com clientes, recebimentos, cobranças e toda a burocracia envolvida no desenrolar do relacionamento entre quem vende e quem compra.

Você já parou para pensar que a organização financeira da sua empresa impacta diretamente no sucesso da mesma? Curiosamente, é exatamente neste ponto que os microempreendedores individuais cometem seus maiores erros. Isso porque muitos daqueles que trabalham com vendas perdem o controle pela falta de familiaridade com planilhas, instituições financeiras e procedimentos contábeis.

Para que você não precise gastar energia e ter dores de cabeça com a gestão dos clientes, apresentamos o PLIPAG, uma plataforma criada para controlar seus clientes e automatizar suas cobranças. Ou seja, para simplificar a sua vida.

O entrevistado deste mês é o Guilherme Bento, um dos sócios fundadores do PLI. Nesta entrevista, ele conta mais detalhes sobre o funcionamento e as funcionalidades da plataforma, especificando quais as vantagens para a categoria MEI.

#VamosJuntos

Como surgiu a ideia do PLIPAG? 

Eu e o Cássio, meu sócio, nos conhecemos trabalhando em uma grande startup da área de pagamentos, o EBANX.

Ao lidar com milhares de clientes e milhões de pagadores, percebemos que o processo de cobrança recorrente era sempre muito complexo e trabalhoso, tanto para quem cobra, como para quem paga. O que nos chamou mais a atenção foi que as pequenas empresas, que têm ainda menos recursos, faziam esse processo de maneira muito manual e ineficiente, usando planilhas e emitindo faturas em seus bancos. Percebemos que havia uma grande oportunidade de ajudar essas pessoas a simplificar e automatizar a gestão de clientes e de recebimentos, então nos juntamos para começar o PLIPAG, lançado em 2018 e hoje com centenas de clientes em todo o Brasil.

Como o PLIPAG pode ajudar, especificamente, o microempreendedor individual?

O microempreendedor individual leva uma vida corrida e conta com poucos recursos, por isso precisa decidir sempre onde focar para não deixar nada importante para trás. Nós descobrimos que esse perfil de empreendedor deveria focar em duas grandes frentes de gestão: a de clientes e a de recebimentos. Esses são os controles essenciais para construir um negócio de sucesso. Assim, o PLI ajuda diretamente com:

  • Gestão de Clientes: cadastro e organização das informações dos clientes, sem planilhas!
  • Gestão de Recebimentos: emissão, envio e cobrança de faturas, sem bancos!
  • Relacionamento: toda a comunicação é padronizada, amigável e automática, além de o PLI criar automaticamente um portal de clientes online, onde eles acessam as faturas abertas, 2a via atualizada e comprovantes de pagamento. Sem stress!

Uma das atividades mais procuradas da categoria MEI é a de vendas porta a porta, também conhecida como venda direta. Neste caso, por que, a seu ver, a gestão de clientes, cobranças e pagamentos é tão importante para o sucesso do negócio? 

Esse tipo de atividade exige uma boa gestão de clientes, mantendo sempre as informações corretas, organizadas e registrando o histórico desse relacionamento.

Porém, essa gestão de clientes normalmente é mal feita ou até deixada para trás, quando estamos com o dia a dia mais corrido.

O PLI é a única plataforma de cobrança que também possui recursos de gestão de clientes, simplificando o processo e permitindo que se gerencie no mesmo lugar os clientes e as cobranças.

O PLIPAG é uma ferramenta de fácil utilização mesmo para aqueles MEIs que não têm tanta intimidade com recursos tecnológicos? 

Com certeza! Toda a interface e recursos foram pensados para serem os mais simples e objetivos possível.

É super fácil (e grátis) para começar a usar, não precisa baixar nem instalar nada, temos vídeos e artigos explicativos e a nossa equipe está sempre à disposição em vários canais (WhatsApp, chat, email e telefone) para tirar qualquer dúvida.

Qual o passo a passo para contratar a ferramenta e começar 2021 de forma organizada?

É só criar uma Conta grátis em www.plipag.com.br/conta, cadastrar os seus clientes e cobranças e ativar a sua Conta nos mandando alguns documentos pela plataforma mesmo.

Cadastrar um cliente leva menos de 10 segundos e, após lançar o valor a receber, é o PLI que emite a sua fatura personalizada e envia notificações por email e SMS até o cliente pagar!

Compartilhe conosco algum case de sucesso envolvendo pequenos empreendedores de até 100 clientes.

Vou contar nosso case com a Marcia, instrutora de pilates e uma de nossas primeiras clientes, que continua com a gente até hoje!

Ela tem um studio de pilates maravilhoso em Curitiba, onde se divide entre as aulas e a administração do negócio. Desde o começo, ela sabia que precisava de alguma ferramenta para automatizar o seu processo de cobrança, ainda mais tendo contato direto com os alunos e não querer fazer isso pessoalmente. Depois que conheceu o PLI, ela gerencia todos os alunos e suas cobranças de um jeito simples e organizado.

Aqui temos mais alguns depoimentos: https://www.plipag.com.br/#cases

E aí, ficou animado(a) para começar uma revolução na forma como você gerencia seus clientes, organizando suas finanças e dando mais um passo em direção ao sucesso?

Clique aqui e seja PLIPAG agora mesmo: https://www.plipag.com.br/dicasmei

Guilherme Bento é especialista em mensalidades e sócio fundador do PLIPAG. 

O post Descubra como o PLIPAG pode ajudar você, MEI, a gerenciar seus clientes sem planilhas e sem estresse apareceu primeiro em BLOG DicasMEI.

Fonte: Blog Dicas MEI

Fiscal Ti