(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Quais são os exemplos de movimentações internas no K220?

Quais são os exemplos de movimentações internas no K220?

1) Reclassificação de um produto em outro código em função do cliente a que se destina: o contribuinte
aponta a quantidade produzida de determinado produto, por exemplo, código 1. Este produto,
quando destinado a determinado cliente recebe uma outra codificação, código 2. Neste caso há a
necessidade de controle do estoque por cliente. Assim o contribuinte deverá fazer um registro K220
dando saída no estoque do produto 1 e entrada no estoque do produto
2) Reclassificação de um produto em função do controle de qualidade: quando o produto não conforme
não permanecerá com o mesmo código, por exemplo: venda como produto com defeito ou
subproduto; consumo em outra fase de produção. Caso o produto não conforme tiver como destino o
reprocessamento, onde o produto reprocessado permanecerá com o mesmo código do produto a ser
reprocessado, deverá ser escriturado no Registro K260.

Fonte:  Perguntas Frequentes – EFD ICMS IPI

Spednews