(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Quer economizar no supermercado? Veja 7 dicas para não gastar demais!

Quer economizar no supermercado? Veja 7 dicas para não gastar demais!

Em tempos de pandemia, aumento no preço dos alimentos e retração econômica, qualquer redução de gasto é bem vinda! Mas será que você sabe como economizar no supermercado

Ir ao mercado com fome pode ser uma furada, uma vez que acabamos comprando bem mais do que o planejado. E quando você checa sua conta no final do mês, o gasto com alimentação pode ser bastante comprometedor. Então, o que fazer para usar o orçamento mensal de maneira mais inteligente? 

Se você quer descobrir como economizar no supermercado, acompanhe o post até o final! Vamos mostrar:

  • 7 dicas para você organizar melhor suas compras e gastar menos
  • Projeção de gastos mensais para 2 pessoas
  • Quanto uma compra básica para o mês está custando hoje
  • Compra semanal x compra mensal

Confira!

Por que os gastos com supermercado estão aumentando?

Em 2020, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) mostrou que alimentos e bebidas tiveram alta de 14,09% nos preços. Esse cenário, somado à pandemia e aumento dos trabalhos em jornada home office, contribuiu para que as pessoas gastassem cada vez mais com alimentação. 

Para quem anda trabalhando dentro de casa, por exemplo, o fator emocional pode contribuir na piora da situação. Ansiedade, depressão e estresse são fatores que influenciam no aumento de gastos com alimentação. 

Fica mais fácil ceder à tentação de beliscar vários lanches durante o expediente. Afinal, a geladeira está ali, disponível o dia todo! E alimentação proporciona um prazer momentâneo que muitas vezes não temos na correria do dia a dia.

Mas se o preço dos alimentos sobe e o salário permanece o mesmo, o resultado só pode ser o aumento das dívidas. 

Para fazer as despesas com alimentação caberem no seu orçamento, é preciso ter estratégia. Sabe aquele lanchinho que você sempre compra no bar da esquina? Talvez seja hora de repensar o quanto isso faz diferença na sua vida. 

É possível driblar a inflação buscando promoções, compras no atacado e substituindo marcas que você adora por algumas mais baratas. Mas se você já está fazendo tudo isso e não tem observado uma mudança no seu orçamento, é hora de ter um planejamento mais sério. 

No próximo tópico, vamos mostrar as 7 dicas fundamentais para economizar no supermercado. Acompanhe!

Como economizar no supermercado?

Se você está precisando de dicas realmente eficientes de como economizar no mercado, chegou ao lugar certo!

Nem sempre é possível cortar gastos para fazer o salário render, não é mesmo? Porém, provavelmente você consegue economizar alguma coisa quando se trata de alimentação. 

Não se trata de “passar fome” ou comer mal, mas investir bem para fazer os produtos renderem. Portanto, siga cada uma dessas dicas, pois com certeza farão diferença no seu bolso. 

1. Planeje as compras

Se você for ao supermercado sem uma lista, é bem capaz de acabar comprando muito mais do que precisa. Fica mais fácil ceder às tentações e ao apelo visual dos alimentos e produtos!

Antes de sair de casa, prepare uma lista organizada por categorias com tudo que você realmente precisa comprar. Coloque as quantidades, a marca (se necessário) e as alternativas caso você não encontre exatamente o que quer.

Tornando a sua experiência mais objetiva, você consegue evitar comprar por impulso.

2. Defina uma meta de orçamento

Tão essencial quanto levar uma lista é determinar o máximo que você pode gastar. Parece simples, não é? Mas muitas pessoas acabam ultrapassando esse limite, e no final do mês tomam um susto.

Uma maneira de não ultrapassar o seu máximo é calculando produto por produto dentro do mercado. Você também pode passar a monitorar os seus gastos mensais, guardando todas as notas, comparando e identificando quais itens estão pesando mais no bolso. 

3. Não vá de estômago vazio

Como dissemos antes, ir ao mercado de barriga vazia é a receita para gastar dinheiro à toa!

Um estudo feito em 2015 pela PNAS, dos Estados Unidos, revelou que não é só a comida que as pessoas acabam comprando mais. Outros produtos também! Portanto, se você quer realmente economizar no mercado e em tudo, não despreze essa dica simples. Saia de casa já alimentado.

4. Reduza os alimentos prontos

Muitas categorias de alimentos prontos para consumo são mais caras, além da pouca durabilidade. E as pessoas acabam optando por elas por vários motivos: falta de tempo, não gostar de cozinhar, praticidade etc.

Se você quiser reduzir os gastos com alimentação, precisa fazer um esforço. Passe a comprar alimentos frescos e criar a sua própria refeição. A compra pode sair bem mais barata, saborosa e saudável. 

Além disso, quando você compra estipulando um prazo para utilizar esses alimentos, a durabilidade também pode ser bem maior (não faça tudo de uma vez e guarde no congelador). 

Evite fazer o pensamento de “estoque”. Para economizar no supermercado, o segredo é otimização. Compre pensando em quantas unidades de cada produto você realmente consome, seja na semana, quinzena ou mês. 

5. Prefira os alimentos da estação

As frutas da estação normalmente são mais baratas e usam menos agrotóxicos. Por que isso acontece? Porque quando estão no seu ciclo natural utilizam menos produtos químicos para sobreviver.

Outra dica relacionada aos legumes, verduras e frutas da estação é aproveitá-los ao máximo. Temos o costume de descartar muitas partes, como cascas e talos. Mas é possível reaproveitá-los de outras formas. Basta pesquisar! Quer um exemplo? Fazendo uma geleia caseira ou colocando no suco. 

E essa dica não serve apenas para alimentação. Qualquer produto pode ser aproveitado ao máximo e até reaproveitado para te ajudar na economia: produtos de limpeza, embalagens etc.

6. Tenha foco

Quando você faz uma lista de mercado mensal, sabendo o que comprar, o processo fica mais rápido e objetivo. Já reparou? Logo, você tende a gastar menos!

Agora, se for pensando em “passear” ou comprar qualquer coisa, provavelmente poderá comprar itens que não são tão essenciais assim. Por isso, faça do mercado um momento de estratégia. Ainda mais porque a pandemia não acabou, e o risco de contágio ainda existe.

7. Faça as contas e pesquise

Hoje em dia contamos com diversos aplicativos e softwares para o nosso dia a dia. Sistemas que ajudam a ter mais organização financeira, monitorar gastos, pedir comida e comparar preços. 

Além disso, a rede de estabelecimentos só aumenta, oferecendo muito mais possibilidades para o consumidor do que há duas ou três décadas. 

Ou seja, você não é mais obrigado a comprar sempre naquele mesmo mercado. Dá para conhecer outros estabelecimentos, ainda que estejam longe de você. Por isso, pesquise bem antes de fazer as compras. 

Quanto custa uma compra do mês dependerá do local em que você vai comprar. Está caro? Tente outras possibilidades.

Qual mercado está mais em conta no âmbito geral? Se for pedir delivery, analise as taxas de entrega para saber se vale a pena. Por fim, não tenha preguiça ou vergonha de pegar o celular e fazer as contas enquanto estiver montando o seu carrinho. O seu foco deve ser a economia!

É melhor fazer compra mensal ou semanal?

Uma das formas de economizar nas compras de supermercado é analisando o seu estilo de vida e necessidades. Com base nisso, você pode fixar a melhor data de compra, ao invés de comprar aleatoriamente e acabar gastando mais. 

Então, o que é melhor? Compra da semana, da quinzena ou do mês?

A resposta é: depende.

É preciso analisar alguns pontos:

  • Anote todos os alimentos que você consome. Com que frequência eles acabam? ;
  • Quais os seus principais hábitos alimentares e/ou da sua família?;
  • Quais alimentos precisam ser comprados com recorrência, que é o caso das frutas, legumes e verduras?;
  • É vantajoso comprar em quantidades maiores, como as promoções “compre 3 e pague 2”, ou seria exagero no seu caso?

Tudo depende da sua dinâmica, do tempo disponível para fazer as compras, do quanto você consome. Todos esses esquemas têm vantagens e desvantagens. 

Para se decidir, analise primeiro quais itens da sua lista são realmente essenciais e quais podem ser cortados. Você pode alternar entre compras mensais para produtos com durabilidade maior, como o leite, e compras semanais apenas para frutas, legumes e verduras. 

Quanto custa uma compra do mês para duas pessoas?

Essa resposta também é bastante variável. Depende dos produtos que você considera essenciais e da região onde você mora. 

Se é um casal, os dois trabalham e se alimentam fora? Recebem vale alimentação? Ou estão trabalhando dentro de casa? Isso tudo precisa ser levado em consideração.

Uma dica para otimizar as compras de supermercado é que a divisão de gastos seja proporcional ao salário de cada um. Na maioria das vezes, os parceiros não ganham a mesma quantia. Seria justo ambos contribuírem com o mesmo valor? 

Para que ninguém se sinta prejudicado, uma solução é dividir os gastos por porcentagem.

Como vimos, é possível economizar nas compras de supermercado a partir de dicas bastante simples. Tudo envolve planejamento e organização. 

Se você quer mesmo reduzir os gastos, pense que a compra deve ser feita com pensamento estratégico. Nós mostramos 7 dicas para você fazer economia no mercado a partir de hoje. Siga cada uma delas e você provavelmente notará uma diferença no seu orçamento!

Esse post te ajudou? Então compartilhe essas informações nas suas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn!

Fonte:Xerpa

Fiscal Ti