(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Entrevista de desligamento: Sua importância e principais dicas

Entrevista de desligamento: Sua importância e principais dicas

Embora seja um momento delicado, a entrevista de desligamento é muito importante tanto para a empresa quanto para o funcionário demitido. Portanto, não podemos ignorar o valor de tal momento. Além de criar oportunidades de desenvolvimento para toda a empresa, os empregadores devem abordar essa entrevista com a máxima cautela.

Pensando na importância dessa prática, produzimos este artigo explicando o que é essa entrevista de desligamento e como fazê-la da melhor maneira possível. 

Também listamos alguns motivos pelos quais você deve compreender a importância desta entrevista. E por fim, daremos dicas de como usar essa conversa para melhorar seu negócio e ajudar o funcionário nesse momento complexo.

Veja os tópicos que abordaremos a seguir: 

Vamos lá!

O que é uma entrevista de desligamento?

A entrevista de desligamento é um processo realizado com funcionários que deixam a empresa de forma passiva ou ativa. Ela tenta obter a opinião honesta de seus ex-funcionários, fornecendo ações que melhorem o clima organizacional.

É importante lembrar que, esta entrevista não é o momento de procurar os responsáveis ​​pela saída do funcionário. Isso porque, ela visa compreender a opinião do colaborador sobre a situação atual da empresa. Além de se concentrar em discutir maneiras de melhorar os aspectos identificados como problemáticos.

Essa estratégia parte da ideia de que, por não ter mais uma relação contratual com a empresa, seu ex-funcionário se sente mais à vontade para dar um feedback sobre suas práticas. 
De maneira objetiva, é possível compreender como ele vê seu relacionamento com líderes e colegas, bem como sua percepção sobre o clima e a cultura organizacional de sua empresa.

Por que uma entrevista de desligamento é importante?

A entrevista de desligamento é uma oportunidade para os ex-funcionários expressarem suas opiniões com mais liberdade, visto que não são mais membros da empresa.

Esse feedback pode dar uma perspectiva diferenciada sobre o trabalho das equipes, ajudando a apontar conflitos e problemas que escapam aos olhos do gestor.

Isso porque, as soluções propostas pelo ex-funcionário podem diferir significativamente do que normalmente é apontado, pois, o funcionário estava imerso na equipe e tem um ponto de vista completamente diferente.

Além disso, a entrevista de desligamento é uma oportunidade para a organização dar apoio a um ex-funcionário em caso de perda do emprego. O que permite a humanização das relações no ambiente de trabalho, bem como para que a empresa tenha uma imagem positiva aos olhos desse profissional.

Quais os benefícios da entrevista de desligamento?

Uma entrevista de desligamento pode ser muito benéfica para a imagem da empresa e trazer alguns dados importantes para o seu desenvolvimento. Além disso, dá ao funcionário um espaço para a auto-expressão e um feedback honesto.

Listamos os benefícios para cada caso abaixo:

Para o colaborador

Suaviza a relação entre a empresa e o funcionário

A demissão nem sempre é uma situação pacífica entre a organização e o funcionário. O profissional pode ter ressentimento, raiva, críticas e reclamações. A entrevista visa abrir um espaço para o ex-funcionário se expressar, e para o gestor de RH amenizar essa tensão entre o trabalhador e a empresa.

Oferece feedback

Quando o profissional trabalha na empresa, ele não se sente à vontade para criticar ou mesmo dar sugestões. 

Com o vínculo empregatício interrompido, é possível ter uma opinião mais completa do ex-funcionário. Além disso, ele também recebe um feedback sobre seu trabalho, destacando os pontos positivos e aqueles que devem ser reavaliados.

Abre espaço para críticas

Um dos principais focos da entrevista de desligamento é abrir espaço para o colaborador criticar e apontar sugestões para melhorias na organização, ele pode ter várias contribuições por já ter sido inserido no ambiente de trabalho.

Para a organização

Identifique os pontos fracos do processo

É durante a entrevista de desligamento que o funcionário terá a oportunidade de dar um feedback geral sobre a empresa e compartilhar as percepções que teve durante o tempo em que trabalhou, destacando pontos que devem ser melhorados.

Identificar melhorias de RH

A entrevista de desligamento também ajuda a identificar problemas de competência na área de gestão de pessoas, como problemas de clima organizacional, conflitos entre funcionários, falta de oportunidades, falta de treinamento, etc.

Saiba mais sobre as habilidades dos gerentes

Os profissionais de RH sabem que um dos motivos mais frequentes de demissão são os conflitos com o chefe. Por isso, a realização da entrevista de desligamento é uma excelente oportunidade para ver se algum líder está tendo dificuldade em gerenciar as equipes.

Redução da rotatividade

É imprescindível perguntar ao entrevistado qual o motivo que o levou a deixar a empresa, seja em desligamentos voluntários ou involuntários.

A partir das respostas apresentadas na entrevista de desligamento, você poderá identificar quais são as falhas na gestão de pessoas, que fazem com que os funcionários se desliguem ou se comprometam pouco com os objetivos da empresa.

Como fazer uma entrevista de desligamento?

O entrevistador deve ser um profissional de RH 

Não é recomendável que o entrevistador seja o chefe ou gerente da empresa. Idealmente, a entrevista deve ser conduzida por um especialista em RH. Caso a empresa não tenha uma equipe interna preparada para isso, é necessário se estudar a possibilidade de contratar um consultor ou especialista autônomo. 

Se ainda assim, o trabalho de um profissional de RH não for possível, explique ao funcionário que ele pode e deve ser transparente e tente tornar a entrevista o mais leve possível. 

Escolha o momento certo para a entrevista de desligamento

Há um momento certo para tudo, incluindo a entrevista de rescisão. Se o funcionário acaba de receber a notícia, não é recomendável fazer perguntas no mesmo momento, pois ele ainda pode estar digerindo a situação. 

Entrevistas realizadas fora de hora podem gerar reações inesperadas e respostas inadequadas, por isso, escolha o momento certo. 

Não é obrigatória

Outro ponto importante a ressaltar é que a entrevista de desligamento não é um procedimento obrigatório, afinal, o funcionário está se desligando da empresa, portanto, pode se recusar a participar de um processo que não seja exigido por lei. 

Dessa forma, ao abordar o funcionário, trate a situação como um convite para a entrevista, não como uma intimação. Uma boa maneira de fazer isso é explicando os objetivos e benefícios dessa entrevista para ambos.  

Aprenda a filtrar informações

É preciso saber filtrar as informações relevantes e o que pode ser apenas uma explosão. Portanto, o entrevistador precisa saber filtrar e separar o que faz sentido e o que pode, talvez, ser apenas uma dor ou uma impressão totalmente pessoal.

Principais perguntas para uma boa entrevista de desligamento

Várias perguntas podem ser feitas na entrevista de desligamento. Alguns são mais específicos e dependem muito do ambiente de sua organização, mas às seguintes perguntas são frequentemente feitas:

  • Qual o motivo da saída da empresa?
  • Como era o relacionamento com seus colegas e gerentes?
  • Como você se sentiu em seu ambiente de trabalho?
  • Você acha que podemos melhorar a estrutura física da empresa? Como?
  • Você encontrou dificuldades nas ferramentas para fazer seu trabalho?
  • Quais os pontos você acredita que podemos melhorar?
  • Quais são os pontos positivos que você encontrou em trabalhar na empresa?
  • Qual a sua opinião sobre o salário e benefícios oferecidos pela empresa?
  • Você acredita que a comunicação interna foi eficiente?
  • Houve algum obstáculo que possa ter impedido o seu crescimento na empresa?
  • Você tem algum comentário a fazer sobre o trabalho desenvolvido pela área de RH?
  • Você tem alguma recomendação em relação ao seu setor ou à empresa no geral?
  • Você trabalharia conosco novamente? Por quê?

Pós entrevista: como filtrar as respostas e utilizá-las de forma estratégica?

As respostas às perguntas feitas durante a entrevista de desligamento devem ser entendidas como uma oportunidade para uma discussão valiosa na empresa e solução de quaisquer problemas internos.

Isso porque, os funcionários expõem os pontos fortes e fracos da empresa, o que facilita a melhoria da qualidade do trabalho e dos produtos, além de aumentar a satisfação de clientes e colaboradores e reduzir custos, aumentando a lucratividade da empresa.

Além disso, você pode ver como é o clima organizacional em relação à comunicação interna entre gestores, chefes, funcionários, recursos humanos, etc.

Assim, ao comparar as informações obtidas com dados de outros indicadores de produtividade e gestão – como absenteísmo (ausência dos funcionários) e turnover (rotatividade) – uma entrevista de desligamento dá à empresa uma oportunidade única de obter feedback sobre seu estilo de trabalho atual, que pode ser usado para melhorar processos e evolução.

Conclusão

Você viu como uma entrevista de desligamento é importante para o ex-funcionário e para a empresa? Com ela a empresa está dando a eles a chance de dar e receber um feedback, investir em seus pontos fortes e desenvolver os pontos que precisam melhorar.

Além disso, essa entrevista promove uma cultura de diálogo, motiva e engaja os colaboradores, reduzindo a rotatividade. Portanto, é importante fazê-lo corretamente.

Se você gostou deste artigo, visite nosso blog e leia novos conteúdos sobre gestão de pessoas, liderança e negócios.

Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

Fiscal Ti