(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

O que são infoprodutos e o que você precisa para lançar um?

O que são infoprodutos e o que você precisa para lançar um?

Você sabe o que são infoprodutos? Se está pensando em empreender no meio digital, precisa conhecer esse tipo de conteúdo e saber como transformá-lo em um negócio lucrativo e próspero. Afinal de contas, hoje em dia há uma tendência significativa para o aumento do foco do mercado consumidor em soluções digitais, além de uma mudança radical no paradigma educativo.

Para se ter uma ideia do tamanho desse mercado, 9 em cada 10 brasileiros aceitariam fazer um curso online para mudar de profissão, ganhar uma promoção ou receber algum outro tipo de vantagem. Ou seja: praticamente toda a sociedade é um consumidor em potencial de um infoproduto, o que pode resultar em milhões movimentados em pouco tempo e, o melhor, com pouco custo.

Para isso, no entanto, é importante saber o que são infoprodutos e tudo que você precisa para lançar um no mercado. Para aprender tudo isso, siga a leitura do artigo abaixo!

O que são infoprodutos?

Como o nome já indica, infoprodutos são produtos digitais distribuídos pela Internet e cujo principal valor é a sua informação, conhecimento ou técnica para consumo online ou via download.

Os termos são complicados, mas é fácil de entender quando olhamos para o próprio termo: “info” vem de informação, conteúdo; já o termo “produto” é bem óbvio. Portanto, informação que é um produto.

Nesse caso, podemos citar como infoprodutos:

  • e-books;
  • cursos online;
  • aulas ao vivo;
  • revista eletrônica;
  • palestra;
  • podcast;
  • conferência.

Enfim, tudo que consiste em informação, em conhecimento como o foco do negócio, e é um produto de consumo e venda no mercado, é um infoproduto.

Como esse modelo de negócios funciona?

O modelo de negócios de vender infoprodutos é relativamente simples. Basicamente, consiste na criação de um produto com base no conhecimento específico que a pessoa tenha. Por exemplo, suponha que quem deseja empreender é um cirurgião-dentista especializado em uma técnica específica. Ele deseja lançar um curso para ensinar essa técnica para outros profissionais da área. Esse é o seu infoproduto.

O curso deverá ter um formato específico (aulas pré-gravadas ou ao vivo) e estar hospedado em algum sistema de pagamento online, que permita aos clientes fazerem a compra.

Fora o custo de produção do infoproduto (que é pago uma vez só para criar infinitas cópias do material), o único outro custo desse modelo de negócio seria a hospedagem do serviço online e a estratégia de marketing para atrair público e fazer a conversão dos clientes.

Portanto, os custos fixos (aqueles que estão atrelados a cada venda, como taxa do serviço de hospedagem, entre outros), permanecem o mesmo durante todo o fluxo de negócios, mas os custos de produção se tornam consistentemente menores proporcionalmente a cada ano que passa.

O que você precisa para entrar nessa área?

Para poder começar a trabalhar com infoprodutos, é necessário três coisas básicas. A primeira delas é um planejamento da estratégia geral de negócios. Por exemplo, isso significa definir qual produto será feito, qual o público, qual a estratégia de divulgação e por aí vai.

Com isso definido, o segundo item em mente é o infoproduto em si. Ele deve ser produzido uma única vez, pois infinitas cópias podem ser geradas a partir de um único arquivo. No entanto, a produção dependerá do infoproduto a ser criado. Por exemplo, um curso exige bem mais recursos (iluminação, maquiagem, edição de vídeo) do que um e-book, mas também atrai mais pessoas e pode ser vendido por um valor maior.

O último item a ter em mente é que cada venda feita deve ser processada e faturada em uma nota fiscal apropriada. É essencial que isso seja feito pois a Receita Federal tem mecanismos próprios que podem identificar vendas não faturadas e cobrar esses impostos posteriormente. Por exemplo, os computadores e sistemas da Receita podem identificar compras no cartão e procurar por notas fiscais compatíveis. Se não houver nenhuma, a Receita pode procurar informações com o sistema de pagamento do curso e muito mais para saber

Portanto, é necessário abrir uma empresa para trabalhar com infoprodutos. Em primeiro lugar, abrir um CNPJ para essa atividade permite que você pague menos Imposto de Renda sobre o seu faturamento do que se você trabalhasse com seu CPF, especialmente se o valor recebido for relativamente alto. Em segundo lugar, a formalização da empresa protege você e o seu negócio de problemas, permite a emissão de notas fiscais e muito mais.

Para abrir uma empresa para vender infoprodutos, no entanto, é necessário contar com alguém que entende do assunto, que tenha experiência na área e capacidade para reduzir ao máximo o tempo de espera do processo. A RR Soluções é assim! Só em 2019, por exemplo, ajudamos mais de 400 empreendedores a realizarem o sonho de empreender. O próximo pode ser você!

Fonte: Consultoria RR

Fiscal Ti