(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

O que é dropshipping e como ele funciona em 2021?

O que é dropshipping e como ele funciona em 2021?

Você sabe o que é dropshipping? Se você está procurando por uma área para empreender que esteja em crescimento, mesmo durante a pandemia do novo coronavírus, então precisa aprender sobre esse conceito. Hoje em dia, existem várias dificuldades para quem deseja trabalhar por conta própria, muitas delas criadas pela crise atual da Covid-19. Portanto, muitas áreas que antes eram prósperas para empreender, hoje em dia não são tão vantajosas assim.

Em compensação, outros modelos de negócio começam a se popularizar, especialmente porque se encaixam bem com as restrições determinadas pela pandemia. O dropshipping é uma delas. Com ele, é possível ter faturamento de milhares de reais em pouco tempo, sem precisar investir em mercadoria ou insumos e sem a necessidade de ter uma estrutura logística em posição. Parece bom demais para ser verdade, mas é uma estratégia que vem sendo usada com muito sucesso pelo Brasil e pelo mundo.

Quer aprender o que é dropshipping, como esse modelo de negócios funciona e o que você precisa para começar a trabalhar com ele? Então siga a leitura do artigo abaixo!

O que é dropshipping?

Dropshipping é um modelo de negócios que já existia no passado, mas que se popularizou muito com os gigantescos e-commerces atuais. Basicamente, o conceito significa que o profissional venderá um produto que é de outra loja. Ele ficará encarregado da venda e a loja parceira fará a logística de entrega.

Por exemplo, suponha que você trabalhe com dropshipping em parceria com um e-commerce de smartphones e celulares. Você monta a plataforma de vendas digital e cuida para que os consumidores façam os pedidos no seu site. Então, você envia cada pedido para o e-commerce parceiro, que fará a entrega para o cliente.

A sua remuneração por fazer o intermédio entre quem tem o produto e quem quer comprá-lo é, normalmente, uma taxa específica baseada no preço do produto.

O que você precisa para começar a fazer dropshipping?

Conhecimento técnico

Para trabalhar com dropshipping com sucesso, é necessário ter bastante conhecimento técnico de Marketing Digital e gestão de tráfego, de modo a conseguir direcionar um bom público para o site de vendas.

Sem esse conhecimento, fica difícil conseguir fechar vendas em um ritmo adequado para ter um bom faturamento. Com o conhecimento, no entanto, será possível alcançar o desempenho desejado.

Fornecedores adequados

O empreendedor que quer trabalhar com dropshipping precisa selecionar bons fornecedores para o seu negócio. Os fornecedores precisam ser confiáveis e entregar os produtos no prazo estabelecido (afinal, eles cuidam apenas da logística, enquanto é o empreendedor que se compromete com o cliente).

Além disso, é importante que os produtos sejam de qualidade, exatamente como anunciados e com boas taxas para o dropshipping. Alguns dos maiores e-commerces do mundo trabalham com esse modelo, então vale a pena olhar as taxas e condições deles.

Estrutura básica para trabalhar em casa

Para que possa trabalhar com dropshipping, é necessário ter uma estrutura básica em casa. Isso inclui um computador, conexão com a Internet e mais. A maior parte do trabalho do profissional será otimizar seu site e montar campanhas de marketing orgânico e pago on-line, além de gerenciar o fluxo de pedidos e entregas feitas pelo fornecedor.

Formalização jurídica e contábil

Por fim, é essencial abrir um CNPJ para trabalhar com Dropshipping. Apesar da atividade não ser regulamentada no Brasil, será necessário declarar o faturamento obtido. Quem declarar o valor como Pessoa Física pagará uma alíquota de Imposto de Renda muito maior do que quem o fizer via Pessoa Jurídica. Quem não declarar corre o risco de cair na malha fina da Receita Federal e sofrer multas e pagar os valores devidos com juros.

O ideal para o Dropshipping é abrir uma empresa individual como Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte. Outra opção é a Sociedade Limitada Unipessoal, que pode trazer algumas vantagens para o empreendedor que trabalha por conta própria.

Além dessa formalização, será preciso escolher um regime tributário, podendo ser o Simples Nacional ou o Lucro Presumido. A melhor alternativa dependerá do faturamento obtido e, nesse caso, o ideal é contar com um contador para fazer o planejamento tributário e encontrar a melhor alternativa.

Agora que você já sabe o que é dropshipping, já pode decidir se essa é uma área que interessa ou não a você. Caso você queira empreender no setor, precisará abrir uma empresa para poder declarar o seu faturamento de maneira legal. Sem atuar com um CNPJ adequado, o risco de cair na malha fina da Receita Federal é gigantesco e as consequências são altas demais. Por exemplo, será necessário pagar multa, juros e impostos de forma retroativa.

Portanto, o ideal é abrir uma empresa estruturada juridicamente do jeito certo. Como não há legislação que regule a atividade no Brasil, é essencial ter o apoio de um escritório de contabilidade especializado em Dropshipping para poder montar o seu negócio do jeito certo, com os CNAEs adequados e a melhor natureza jurídica para você. Assim, você pode trabalhar tranquilamente, sem risco de punições.

Fonte: Consultoria RR

Fiscal Ti