(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

SC: Fazenda investe em tecnologia para aprimoramento do Sigef

SC: Fazenda investe em tecnologia para aprimoramento do Sigef

A Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) segue investindo em tecnologia para melhoria dos processos. A partir desta semana, os usuários do Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal (Sigef) passaram a contar com uma melhor usabilidade ao realizar suas rotinas diárias de execução orçamentária, financeira e contábil. “Com essa mudança, pretende-se melhorar a produtividade, aumentando a velocidade de consultas, diminuindo a quantidade de cliques para confirmação das operações, bem como melhorar o conforto visual das telas do sistema”, disse o diretor de Contabilidade e Informações Fiscais (DCIF) da SEF/SC, Jefferson Fernando Grande.

Recentemente, os usuários puderam perceber os avanços da nova tecnologia e conceito, aplicados no novo menu do sistema. “Com o modelo incremental de implantação dessas mudanças, estamos liberando agora as primeiras funcionalidades, que foram construídas com foco na experiência do usuário”, afirma Grande.

A facilidade no contexto de consultas vai permitir aos usuários utilizarem conceitos já consagrados nas tecnologias dos browsers mais modernos, permitindo aos usuários customizarem a quantidade de registros na tela, além de obter respostas de consultas informando partes de palavras, sem se preocupar com acentos ortográficos, por exemplo. A diminuição de cliques é resultado de uma revisão detalhada dos campos obrigatórios nas pesquisas no Sigef, como o conceito gestão das unidades gestoras que deixa de ser obrigatório, por exemplo.

Segundo o diretor da DCIF, a melhora do conforto visual se dá pela definição do estilo e tamanho da fonte, bem como pela nova paleta de cores utilizadas, que remetem à sensação de bem-estar. Além disso, foram definidos os padrões dos botões, formatos e suas posições nas funcionalidades, considerando o raciocínio lógico dos usuários. Também foi aplicado conceito de responsividade, que significa adaptar as telas do sistema ao tamanho da tela do computador utilizado pelo usuário, sem perda de qualidade do formato original.

Nesta fase, entrarão em operação 56 funcionalidades, que estarão disponibilizadas a cada usuário conforme seu perfil de acesso ao sistema. As demais funções serão alteradas seguindo o cronograma de execução do projeto, o que deverá acontecer em um ano, aproximadamente.

Fonte: Sef/SC

Blog mauronegruni