(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

O que é People Analytics

O que é People Analytics

O RH do futuro já é uma realidade nas organizações e a tecnologia tem sido a principal aliada estratégica nessa evolução, que trouxe o People Analytics para apoiar a área de Recursos Humanos com o uso de inteligência aplicada. Com isso, os profissionais conseguem realizar uma gestão humanizada de pessoas para o aumento da produtividade, tomando decisões embasadas em dados.

Utilizar a tecnologia na automação é um caminho sem volta, e os profissionais de RH precisam saber sobre o assunto, pois, com tantas informações coletadas, é quase impossível não se basear nelas para que as decisões sejam as mais efetivas possíveis.

As etapas de um processo seletivo se tornam mais eficientes e o recrutamento e seleção se torna ainda melhor. A empresa consegue proporcionar um planejamento de carreira mais estruturado e definir as faixas salarias de acordo com o desafio de cada posição. Esses são alguns exemplos de como o uso de inteligência através do apoio de People Analytics para um aumento de eficiência, para melhorar a estruturação de processos e a tomada de decisão.

Então, o que vamos ler neste artigo é como o People Analytics surgiu, como o RH se beneficia dessa ferramenta e qual a sua importância para o sucesso dos setores e das organizações. Não perca a leitura!

Origem do People Analytics

A transição do Mundo VUCA para BANI está marcada pela grande quantidade de informações que recebemos todos os dias em nossos smartphones, mas, antes disso, quando a internet se tornou uma realidade mundial, foi necessário que as empresas coletassem e armazenassem todos os dados dessas navegações para utilizar em benefício da sua sobrevivência e desenvolvimento.

Essa coleta, armazenamento e processamento de dados é chamado de Big Data. Entretanto, quando a empresa utiliza esses dados para a tomada de decisões estratégicas, também entra em ação a Inteligência de Negócios (Business Intelligence ou BI), que, se aplicadas em conjunto e em benefício do RH da empresa, é chamada de People Analytics.

Chegada da análise de pessoas no RH

Hoje em dia, ao passar pelas etapas de admissão, o funcionário preenche uma ficha de cadastro onde os dados pessoais são coletados e todos os seus dados ao longo de sua carreira profissional vão sendo capturados, como, por exemplo, as informações repassadas em uma avaliação de desempenho ou sessão de feedback.

Dessa forma, é possível mapear o profissional de acordo com o seu perfil comportamental, protagonismo na carreira, entregas realizadas e potencial para intraempreender ou seguir uma Carreira em Y dentro da estrutura organizacional.

É possível usar o People Analytics aliada à inteligência artificial no recrutamento e seleção, fazer um treinamento e desenvolvimento mais assertivo, estudos salariais mais efetivos e até mesmo avaliar a propensão de retenção ou turnover dos colaboradores.

Tipos de Analytics

Com a grande quantidade de dados recebida todos os dias, as empresas precisam direcioná-los de acordo com os objetivos do RH naquele momento. Para isso, existem alguns tipos de análises capazes de facilitar esse processo:

Análise Descritiva

É quando o RH pergunta para o profissional “o que aconteceu?” e, a partir da resposta (que deve estar baseada em dados passados e atuais), filtra se há um comportamento ou atitude do indivíduo que precisa ser melhorado e monitorado.

Análise de Diagnóstico

A pergunta: “por que isso aconteceu?” deve ser feita pelo RH ao colaborador para identificar as causas de um determinado erro ou acerto em situações no ambiente de trabalho. Essa análise é importante para acompanhar a inteligência emocional do profissional ao resolver os problemas profissionais e a sua capacidade de internalizar o lifelong learning, tendo em vista a importância do aprendizado contínuo.

Análise Preditiva

Talvez essa seja a mais complexa das avaliações, pois a pergunta: “o que pode acontecer?” será respondida após a análise de uma rede de dados interligados, que mapearão diferentes aspectos e isso pode definir o futuro de uma área ou até mesmo, de toda a empresa.

Análise Prescritiva

Essa é a análise baseada em dados que tem o poder de levantar hipóteses e os impactos de determinadas decisões. Com base na questão: “o que pode acontecer se seguirmos este caminho?”, a empresa poderá decidir, por exemplo, se mudar de benefícios tradicionais para benefícios flexíveis pode ser uma boa alternativa para reduzir custo diante uma crise financeira ou avaliar a flexibilização do dress code como uma medida para melhorar o clima organizacional ou alavancar o salário emocional.

Outras formas de Análise

Existem várias outras formas de análise que podem ser utilizadas conforme a necessidade das organizações. Portanto, o mais importante é que a empresa esteja aberta à utilização dessas ferramentas e que a cultura organizacional seja adaptada aos poucos a essa nova realidade.

Importância do People Analytics para o RH 

Quando a empresa opta por implantar o People Analytics em seus processos, os resultados podem ser vistos em pouco tempo. A área também tende a ter melhores resultados ao longo do tempo por ter uma melhor tomada de decisão, menos subjetiva e mais fundamentada em dados.

Por isso, conhecer essa área e a aplicação do People Analytics é fundamental, principalmente para saber a melhor forma de aplicá-la em todos os subsistemas de RH, como veremos a seguir:

  • no Recrutamento e Seleção, ele vai auxiliar na decisão para contratar os melhores profissionais, de acordo com os requisitos da posição e cultura da empresa;
  • no Treinamento e Desenvolvimento, essa análise de pessoas oferecerá os dados necessários para que o RH saiba quais são as soft skills e hard skills que precisam de desenvolvimento, tanto no indivíduo, quanto na equipe;
  • no setor de Benefícios, será possível avaliar quais as ações de qualidade de vida que devem ser tomadas para que sejam consideradas um incremento no valor percebido pelo colaborador.

Essas e outras possibilidades dependem do comprometimento da empresa com a coleta, armazenamento e utilização dos dados, seguindo as normas éticas e legais, como a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Conclusão

A área de People Analytics vem sendo implementada e utilizada cada vez mais dentre as melhores empresas do mercado, incluindo as melhores empresas de recrutamento, melhores empresas de Executive Search e melhores empresas de recolocação profissional para uma melhor tomada de decisão em assuntos relacionados a recursos humanos e pessoas. Empresas que usam o People Analytics e mantém uma gestão humanizada tendem a conseguir se destacar positivamente em seus resultados.

Ademais, conhecer o momento atual da organização e utilizar os tipos corretos de analytics para otimizar decisões conforme seus desafios e metas é uma grande evolução, principalmente quando o foco são as pessoas.

Os profissionais de RH precisam se especializar em real skills e utilizar o People Analytics para favorecer todos os envolvidos: empresas e profissionais e setor, com o intuito de estabelecer uma conexão capaz de transformar colaboradores competentes em equipes de alta performance.

A sua empresa utiliza People Analytics com a finalidade de acompanhar a evolução da diversidade e inclusão no ambiente de trabalho? Conte com empresas de recrutamento com diversidade e inclusão, recrutamento de mulheres ou demais consultorias de recursos humanos para apoiar sua empresa neste crescimento.

ABRH-Brasil

Fiscal Ti