(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Veja como funciona a liderança liberal, principais erros e os benefícios!

Veja como funciona a liderança liberal, principais erros e os benefícios!

As lideranças são um dos principais fatores de motivação em uma empresa, mas para isso, os líderes precisam ser acolhedores, experientes e influenciadores dos seus liderados.

Assim a produtividade e crescimento da empresa são levados mais a sério pelos colaboradores, que amparados por um bom líder consegue trazer os melhores resultados. Uma das formas de motivar e engajar os colaboradores é aplicando um tipo de metodologia chamado de liderança liberal.

A liderança liberal centraliza bastante a opinião e participação dos liderados, para que as decisões da empresa sejam tomadas em equipe, como um grande time, sendo assim o poder de escolha não fica em apenas uma hierarquia, mas sim em várias.

Saiba o que irá descobrir neste artigo:

Boa leitura!

O que é uma liderança?

Uma liderança é o ato de liderar, influenciar, aconselhar e motivar um determinado grupo de pessoas, para que em conjunto alcancem o mesmo ou diferentes objetivos.

Existem muitas maneiras para motivar uma equipe, por conta disso surgiram vários tipos de lideranças como a autocrática, democrática, coach, técnica e a liberal.

Cada empresa adota o modelo de liderança que mais se adeque a sua gestão, e a que mais trará os resultados desejados, não existe uma que seja mais apropriada que a outras, todas seguem o padrão de tomador de decisões, o que muda é o direcionamento disso.

O que é uma liderança liberal?

A liderança liberal assim como todos os modelos, direciona as ações para fatores totalmente decisórios, mas o líder não atua o tempo todo junto a equipe para fechamento das ações.

A equipe decide em conjunto todas as decisões que serão acordadas. Assim a liderança fica bastante flexível dentro da empresa e o líder só participa quando é solicitado e assim opina sobre o planejamento da equipe.

Desta maneira, a liderança liberal fica concentrada na equipe, sendo todos líderes e liderados, tirando o foco de deixar o poder para apenas uma pessoa na empresa.

Origem do conceito

A liderança liberal se baseia no conceito de laissez-faire, palavra de origem francesa que traduzida para o português significa “deixe fazer”.

O que reflete no comportamento, de deixar que a equipe participe ativamente das tomadas de decisão sem muita interferência, já que as ações serão realizadas por cada grupo, eles vivenciam as dificuldades e sabem as melhorias que devem ser realizadas, isso independente de cargo, hierarquia, experiência ou tempo de casa.

Porém, esse modelo costuma ter melhores resultados em times que já atuam juntos a um tempo, que conhecem o trabalho uns dos outros e as capacidades também, além disso, por trabalharem juntos há bastante tempo dependem menos da liderança e conhecem bem a empresa.

Quais são as características de uma liderança liberal?

Para que uma equipe tenha total liberdade nas ações e decisões da empresa, é preciso firmar alguns acordos para as coisas não desandarem e as resoluções se manterem alinhadas. Por isso, as principais características da liderança liberal são:

Confiança no gestor

Por ter mais autonomia, o colaborador acaba criando um vínculo de mais confiança com o seu gestor, assim a empresa como um todo passa a ter um relacionamento de capital humano, o que gera mais admiração aos colaboradores.

O gestor também acaba por não ficar com excesso de trabalhos, pois não precisa estar presente o tempo inteiro para que as coisas possam acontecer.

Entregas no prazo

Como o próprio time alinha as ações de acordo com cada função e expertise dos colaboradores, fica mais fácil de controlarem e realizarem alterações no cronograma quando necessário.

Assim, as questões são resolvidas rapidamente, todos trabalham de maneira colaborativa, os resultados são mantidos e as datas de entrega não sofrem alterações.

Organização

O planejamento é feito de acordo com o direcionamento que o próprio time criou, com as ações, entregas e prazos discutidos e bem definidos para serem realizados.

Cada ação precisa ter o seu responsável e precisa ter a sua data definida, pois uma entrega vai depender da outra e por fim terão o resultado final dentro do prazo estabelecido.

Também tem muita ligação a iniciativa mútua dos colaboradores, em que podem opinar e realizar mudanças sem esperar ser chamado ou ter uma abertura para isso, se sentem mais à vontade para compartilhar ideia de mudanças nas atividades.

Como aplicar a liderança liberal?

Para que a liderança liberal funcione na sua empresa, é preciso definir bem o passo a passo que precisa ser feito para não ocorrer falhas no processo, então deve se a atentar a:

  • Formação de equipes que irão trabalhar em conjunto;
  • Realizar testes para saber se a equipe está apta;
  • Passar as devidas orientações para a equipe;
  • Dar abertura para a equipe também fazer feedbacks;
  • Participar ativamente dos processos do time;
  • Acompanhamento contínuo das ações realizadas.

É  importante que o líder mostre o caminho para a equipe, demandar as tarefas e passar as metas que precisam ser batidas. Também é preciso verificar os níveis de experiências da equipe, para que isso se mescle nos momentos decisórios, partindo mais pela lógica do que por achismos que podem prejudicar uma boa entrega.

Vantagens na adoção de uma liderança liberal

Como os colaboradores possuem mais liberdade, autonomia e envolvimento nas ações e decisões da empresa, se sentem mais valorizados e passam a ter maior produtividade no local de trabalho. Por conta disso, existem diversas vantagens, veja a seguir.

Oportunidade de crescimento profissional

Apesar da equipe ser tomada por vários profissionais que podem se tornar grandes líderes, sempre têm aqueles que se destacam mais, por entender melhor os processos da empresa e direcionar melhor os colegas de trabalho.

Assim fica cria uma facilidade para processos internos e promoção de cargo, pois os colaboradores estão bem alinhados e vão querer se manter dentro da empresa para crescer junto com ela.

A empresa só tem a ganhar com isto, pois terá funcionários cada vez mais qualificados e de acordo com as diretrizes da empresa para atuar, o que também contribui bastante com o trabalho do RH, na hora de selecionar o colaborador para a promoção.

Concessão de autonomia para o colaborador

O colaborador não precisa aguardar longos prazos ou um espaço na agenda do líder, para resolver algum problema ou para ter aprovação, pois ele divide essa responsabilidade com a equipe.

Desta maneira, a própria equipe pode ajudar a resolver as problemáticas, por terem autonomia e se sentirem mais confiantes dentro da empresa, sem receio de represálias.

Aumenta a motivação dos funcionários

Por ter mais confiança e autonomia, os funcionários se sentem mais valorizados pelos seus superiores e por consequência se empenham mais em suas entregas, melhorando a produtividade das atividades diárias.

Também reduz a rotatividade de funcionários, já que uma equipe motivada estará mais apta a buscar pelo crescimento profissional dentro da empresa.

Melhoramento no relacionamento interpessoal

Por se tratar de um conjunto de pessoas que acabam trabalhando diariamente no mesmo local, o envolvimento de todos independente do nível de hierarquia cria um novo ambiente de convivência.

Pode resultar em conexões mais fortes referente às relações interpessoais, com essa melhoria a equipe consegue lidar melhor com as situações com menos desentendimentos.

Quais são os principais erros que podem ser cometidos durante a liderança liberal?

É importante avaliar os erros que podem acontecer durante a aplicação desse tipo de liderança, para que estes sejam evitados ou corrigidos rapidamente.

A falta de orientação, o líder ser muito ausente, não ter um retorno adequado à equipe e não realizar alterações quando necessárias, são os principais erros cometidos na liderança liberal.

Por isso vale ressaltar como evitar essas possíveis falhas, para que a equipe não fique desmotivada e a liderança liberal não precise ser repensada.

Deve ser feito um acompanhamento do líder, para verificar se a equipe precisa de algum alinhamento, pois a liderança liberal também consiste em ter um líder presente, apesar de ter um suporte maior da equipe, para evitar inconsistências nas ações.

É preciso verificar se as equipes foram montadas corretamente e se está fluindo no dia a dia, repassar feedbacks construtivos para a equipe com frequência e sempre estar disposto a encaminhar orientações.

Conclusão

Se na sua empresa ainda não é aplicada a liderança liberal, é importante que realize alguns testes com a equipe, assim já saberá quais ajustes podem ser realizados para que ela passe a funcionar no seu planejamento.

O aumento da produtividade, baixos desligamentos e ter um equipe bem motivada são as principais vantagens para a sua empresa, além de dar mais autonomia e liberdade aos colaboradores que se tornam um suporte para o líder.

Os excessos de trabalho passam a ser reduzidos, pois o trabalho acaba sendo realizado em conjunto com os funcionários subordinados às responsabilidades decisórias.

O trabalho em conjunto envolve a presença do líder, que apesar de não precisar se exceder em relação às responsabilidades, precisa realizar um acompanhamento contínuo para orientar a equipe, já que deve guiar todo o time, apesar de terem autonomia.

Gostou do nosso conteúdo?

Acompanhe mais sobre esses assunto no Blog da PontoTel.

Compartilhe em suas redes!

Fiscal Ti