(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

NR 10 – Conheça as normas estabelecidas para quem trabalha com instalações elétricas e serviços com eletricidade

NR 10 – Conheça as normas estabelecidas para quem trabalha com instalações elétricas e serviços com eletricidade

A NR 10 é a norma regulamentadora que trata da segurança e saúde dos serviços em eletricidade, ela se aplica  a quatro fases, que são: geração, transmissão, distribuição e consumo.Isso também inclui todas as etapas do projeto, construção, montagem, operações e, até mesmo, as instalações elétricas de quaisquer trabalhos que envolvam eletricidade e suas proximidades.

A norma deve ser adotada em todas as intervenções de instalações elétricas,  mediante a técnicas de análise de risco. Garantindo sempre a saúde e a segurança do profissional.

As empresas são obrigadas a manter esquemas unifilares atualizados em suas instalações elétricas e seus estabelecimentos, equipamentos e dispositivos de proteção.

Segundo  pesquisa recente da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade, feita de 2013 a 2019, cerca de 4.300 pessoas morreram por conta de choque-elétrico nos últimos 7 anos , devido a  irregularidades conforme as regras da NR10.

As regras trabalhistas estão interligadas às normas da NR 10 justamente por serem um direito do profissional que ele ou seus familiares estejam assegurados de alguma forma.

As leis trabalhistas servem para que a empresa e os funcionários saibam seus direitos mediante situações de riscos.

O que vale de alerta para o setor de recursos humanos e  o sistema de segurança do trabalho, uma vez que é dever dos dois setores a fiscalização e a distribuição de cartilhas frequentes.

Neste artigo você verá:

Boa leitura!

O que é a NR 10?

Conhecida como norma regulamentadora número 10, a NR10 visa regulamentar todos os serviços que envolvam eletricidade, seus riscos e danos.

Garantindo a saúde e segurança dos profissionais envolvidos direta ou indiretamente em situações que envolvam eletricidade.

Quando ela surgiu?

A norma regulamentadora NR10 surgiu em junho de 1978, conforme o tempo suas normas passaram por algumas atualizações conforme a lei estabelecida em cada reforma nas normas.

Suas novas atualizações eram efetuadas com o propósito de oferecer uma segurança mais precisa aos profissionais que atuam em todas as fases de energia elétrica ou até mesmo trabalhos que utilizem a eletricidade indiretamente.

Importância da NR 10

A NR 10 é de suma importância para os trabalhadores que atuam em áreas de extremo risco elétrico.

Ela possui um sistema de resguardo e segurança para os trabalhadores, deixando o ambiente mais seguro,  garantindo o bom funcionamento empresarial.

Além de assegurar todos os funcionários e zelar pela segurança de todos os trabalhadores, a NR 10 é uma norma que determina limites e vantagens para os trabalhadores que prestam serviços próximos a qualquer rede elétrica, garantindo segurança para a corporação e seus funcionários.

A quais tipos de empresa a NR 10 se destina?

A norma regulamentadora é um requerimento para todas as categorias empresariais que tenham de alguma forma processos próximos à rede elétrica.

Mesmo que essa não seja sua atividade principal, todas as empresas que atuam com rede elétrica possuem a obrigação de seguir as formalizações.

Agora, se a empresa possui outros setores de elétrica elevando o grau de risco dos funcionários, como inspeções em sistemas de proteção de descargas atmosféricas e entre outros agravantes, é necessário e obrigatório que todos os colaboradores deste setor  tenham o treinamento necessário para dar continuidade ao projeto.

Para isso é necessário que o setor contenha um profissional qualificado que entenda todas as regras e conclusões do curso para poder supervisionar outros trabalhadores que exercem a função.

Quais as principais exigências da NR 10?

As principais exigências da NR 10 é que a empresa mantenha sempre o seu empregado seguro em qualquer atividade que envolva a participação de rede elétrica direta ou indiretamente.

Antes de iniciar qualquer projeto ou processo próximo à eletricidade, é necessário que os colaboradores passem por alguns treinamentos antes da iniciação.

Esse treinamento é uma forma de assegurar todos os profissionais que trabalham com essa rede de tensão.

Garantindo também um bom recurso para a corporação, já que com colaboradores treinados e mão de obra qualificada, a empresa pode se assegurar com o treinamento dos funcionários e ficar tranquila em questões de obrigatoriedade.

Do que falam os anexos da NR 10?

Os anexos da NR10 são baseados nas primeiras normas da NR 10, o MTE determinou que a mesma estabelecesse os requisitos e condições mínimas de segurança e saúde para os profissionais que interajam com instalações ou trabalhem diretamente com a eletricidade.

Sempre que houver intervenções em todas as instalações elétricas devem ser adotadas medidas preventivas de controle do risco elétrico e de outros riscos adicionais, mediante técnicas de análise de risco, garantindo a segurança e a saúde no trabalho.

As medidas de controle deverão ser adotadas em conjunto com  as demais iniciativas da empresa, preservando em primeiro lugar a saúde e segurança do trabalhador no seu ambiente de trabalho.

Sendo assim, é obrigação da empresa manter todas as instalações que possuem carga de 75 kW a manterem  o Prontuário de Instalações Elétricas.

É necessário que o profissional apresente o certificado de treinamento NR 10 ao se candidatar para essas operações e que frequentemente sempre renove o curso conforme as novas normas e treinamentos da NR 10.

Qual é a alteração mais recente da NR 10?

Ao longo dos últimos anos, a NR 10 já passou por grandes mudanças, principalmente relacionadas à segurança.

As normas impactam ainda mais o setor, fornecendo um modelo bem mais vantajoso para a segurança de seus profissionais.

Padronizando equipamentos de segurança, com ambientes mais seguros e exigentes em questões de certificações e instituições de ensino na área.

A sua última atualização de normas ocorreu no ano de 2020, deixando ainda mais aparente os riscos que rodeiam os profissionais e fornecendo ainda mais segurança e reformando a área seguramente. Ampliando o leque para os profissionais da área de energias: convencionais, fotovoltaica e eólica.

Com isso suas alterações estão assegurando ainda mais seus trabalhadores, dentro disso,  ressaltando também novas medidas de segurança e resguardo para os profissionais caso ocorram acidentes, mantendo destaque no treinamento NR10  que determinam quais equipamentos e procedimentos devem ser realizados em casos de riscos.

Como funciona o treinamento para NR 10?

O treinamento da NR10 visa seguir a determinação concretizada pelo Ministério do Trabalho para que os trabalhadores possam obter o conhecimento necessário para o seu trabalho.

Este treinamento serve para a preparação adequada do profissional para boas e até mesmo novas oportunidades de trabalho. Durante as aulas do treinamento da NR10 é feito uma espécie de checklist da NR10, com todos os fatores da NR10, qual o objetivo da NR10,  entre outras informações estão incluídas no treinamento, como o conteúdo programático NR10, e a carga horária nr 10.

Além de ser um bom treinamento para quem já trabalha na área, o treinamento NR10 pode ser uma boa oportunidade no mercado de trabalho.

Visto que o treinamento é conduzido por profissionais qualificados e reconhecidos pelo Sistema Oficial de Ensino, o profissional que já esteja apto e que tenha concluído o treinamento,  pode se tornar instrutor do curso.

De quanto em quanto tempo o treinamento da NR 10 deve ocorrer?

O treinamento tem como seu principal objetivo  garantir a segurança do funcionário,seu conteúdo é composto pela carga horária  mínima de quarenta (40) horas com validade de dois (2) anos.

Após o vencimento do curso é necessário que seja feito um sistema de reciclagem, que mantém a carga horária entre oito (8) a (20) vinte horas, variando conforme o sistema da instituição.

Esse sistema de reciclagem é uma espécie de refresh, ele mapeia e propõe outros aspectos e outros ensinamentos para quem trabalha direta ou indiretamente com a tensão.

Por se tratar de eletricidade e ser um dos maiores agravantes de acidentes no trabalho, é necessário que os cursos sempre obtenham as informações necessárias.

Conclusão

Após essa leitura, concluímos que o sistema de NR10 é necessário para a segurança e saúde do trabalhador.

Em base, também ressaltamos que  a NR10 é séria e muito precisa para os trabalhadores e seu cumprimento é obrigatório por lei, garantindo a  segurança de todos os colaboradores e entre outros.

Sendo assim, o trabalhador e até mesmo a empresa estão assegurados de todas as manutenções necessárias e até mesmo quais serão as medidas necessárias para situações de riscos e danos.

Destacando sempre o posicionamento da empresa e do funcionário perante aos riscos recorrentes que a alta tensão pode ocasionar e que assim como a NR17 a NR10 não se trata apenas de saúde, segurança e sim de dignidade humana do profissional.

Aline Fernandes, é jornalista, especialista em marketing digital e redatora do blog da PontoTel sobre Recursos Humanos e Administração de Empresas.

Compartilhe em suas redes!

Fiscal Ti