(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Autoliderança: Entenda a importância de se auto-liderar e como desenvolver esse príncipio

Autoliderança: Entenda a importância de se auto-liderar e como desenvolver esse príncipio

A autoliderança é basicamente conhecer a si mesmo bem o suficiente para fazer planos que beneficiem diretamente sua carreira e a sua vida pessoal de acordo com suas habilidades e conhecimentos.

Saber para onde quer ir e quais os pontos de melhoria que você precisa trabalhar, são os primeiros passos para começar a traçar o caminho que vai te levar a alcançar seus objetivos.

Mas, é importante lembrar que, para encontrar seu caminho é necessário descobrir a melhor forma de manter o equilíbrio em situações extremas e desafiadoras para assim encarar com propriedade o exercício da liderança.

Você compreende seus limites e sabe o que te motiva?

É só a partir dessa compreensão, que o indivíduo consegue alinhar suas metas e sonhos ao aprimoramento e desenvolvimento das habilidades necessárias para alcançar altos níveis de autogerenciamento.

Quer compreender mais a fundo sobre como manter o foco na autogestão e no autoconhecimento pode transformar a sua carreira? Continue lendo o nosso artigo, nele trataremos de:

Boa leitura!

O que é uma pessoa com autoliderança?

Uma pessoa com senso de autoliderança é alguém familiarizado com seus propósitos, consciente de seus limites, habilidades e principalmente, alguém que está no controle de seus pensamentos e emoções.

Crescer é estar sujeito a tomar nas mãos a responsabilidade sobre si mesmo, tomar decisões difíceis, estabelecer e obedecer regras e claro, decidir o rumo certo para a sua vida de acordo com seus gostos, paixões e interesses.

Saber usar suas skills e conhecimentos a seu favor exige um nível mais alto de inteligência emocional e equilíbrio que só podem ser alcançados com o empreendimento de tempo e esforço no desenvolvimento desse lado do “eu”, ou seja, daquilo que define a sua essência.

Alcançar a solidez da autoliderança exige uma grande dose de autoconhecimento, automotivação, autodeterminação e claro, autoconsciência. É necessário desenvolver em si mesmo uma atitude de firmeza, autoconfiança e estabilidade.

Qual a importância da autoliderança?

É fato que a autoliderança beneficia todas as áreas da vida de um indivíduo, pois compreender suas paixões, limites e habilidades ajuda a estabelecer a quantidade de esforço que será necessário investir em cada projeto que ele se dispõe a fazer parte.

Entender bem quais são os seus limites é também saber, exatamente, em que áreas da sua vida é necessário trabalhar mais a fundo e quais já podem te guiar com mais segurança em suas escolhas.

O sucesso, nesse caso, depende da consciência que você possui sobre suas aptidões e da sua disponibilidade de buscar sempre o aprimoramento de suas competências.

Além disso, manter seus conhecimentos e a sua personalidade alinhados aos seus objetivos é ter a certeza de que as situações à sua frente estarão sob o seu controle.

E seus benefícios para a carreira profissional?

Com as metodologias ágeis fazendo cada vez mais sucesso entre os modelos de trabalho e gestão, o profissional que lidera a si mesmo tem destaque entre os demais justamente por não necessitar de alguém sempre por perto para lhe motivar.

Aqueles que têm a capacidade de autoliderança têm também conhecimento aprofundado sobre seus pontos fortes e fracos, e sabem exatamente o que fazer em situações adversas, economizando o tempo da equipe em que atua e aumentando a produtividade de todo o time.

Além do mais, sabemos que o conceito de líder é exatamente alguém comprometido, que possui a capacidade de lidar com situações complexas e com praticidade, de forma ágil e inspiradora.

Por isso, nesse sentido, quem é capaz de liderar a si mesmo e gerenciar sua própria carreira com sucesso, é sem dúvidas capaz de liderar uma equipe de pessoas.

Quais os pilares da autoliderança?

É importante dizer que o desenvolvimento da autoliderança faz parte de um processo de autoconhecimento, então, não existe uma receita pronta para transformar a vida de alguém de um dia para o outro. Além disso, cada indivíduo tem sua personalidade, aspirações, sonhos e planos.

A jornada para liderar a si mesmo precisa ser construída diariamente e requer um investimento profundo em alguns pilares fundamentais, como:

  • Autoconhecimento
  • Automotivação
  • Autodeterminação
  • Autoconsciência

Autoconhecimento

Enveredar-se pelos campos do autoconhecimento é um dos princípios mais importantes para desenvolver a autoliderança, já que, entender quem você é, e o que gosta – ou não – vai te ajudar a traçar um paralelo mais realista entre o que você deseja e o que pode fazer para alcançar esse objetivo.

Fazer perguntas específicas como “o que eu quero para os próximos anos?”, “eu realmente tenho interesse nessa área?” ou “quais são as minhas maiores habilidades?”, por exemplo, levam a um conhecimento mais profundo sobre suas emoções e formas de agir em determinadas situações.

Para colocar seus planos em ação e desenvolver a sua inteligência emocional continuamente, é fundamental estar a par das suas emoções, anseios e desejos mais profundos. Você precisa se conhecer bem!

Automotivação

Você sabe o que te motiva a sair da cama de manhã? 

Entender o que te faz feliz, seus valores e princípios, o que te faz levantar e sair para viver mais um dia é fundamental para manter a sua motivação intacta quando as coisas saírem dos trilhos.

Confiar no que você acredita e manter-se fiel às suas convicções te auxilia a traçar objetivos que trarão satisfação para a sua vida pessoal e profissional, além de ajudar a fortalecer o seu equilíbrio emocional.

Autorresponsabilidade

Um bom líder sempre se compromete a realizar aquilo que prometeu, por isso, ser responsável consigo mesmo é ter compromisso em fazer com que suas metas sejam batidas.

Parte da automotivação vem justamente desse senso de responsabilidade, de se comprometer a fazer o possível para alcançar o que você almeja, e de ter disciplina para trabalhar e fazer acontecer.

A disciplina, assim como a autoliderança, exige tempo para se construir. Por isso, manter uma rotina consistente com pequenas metas diárias pode ajudar a manter o equilíbrio e a saúde mental em dia, facilitando os demais processos.

Autodeterminação

A autoliderança exige grande determinação. Pois, para superar as dificuldades que muito provavelmente irão aparecer ao longo da jornada, é necessário ter firmeza e persistência.

Ter em si a capacidade de autodeterminação é não se deixar abalar por complicações e em vez disso, tentar encontrar novas formas de solucionar os problemas. Conseguir enxergar a oportunidade de mudança nas situações adversas é o que o diferencia um líder de um chefe.

Autoconsciência

Identificar e valorizar seus pontos fortes, e reconhecer seus defeitos e fraquezas fazem com que a sua energia e motivação deixem de ser depositadas em projetos imprecisos, em virtude dos que condizem com o que você acredita.

Estar sempre consciente do seu propósito e do que te traz satisfação, ajuda a aprimorar as habilidades compatíveis com os seus objetivos e a desenvolver o que é necessário para continuar crescendo, tanto na área profissional quanto pessoal.

Como desenvolver uma autoliderança?

Para desenvolver a autoliderança, é necessário, antes de tudo, realizar uma investigação interna profunda para assim compreender as suas necessidades diante dos possíveis desafios que te esperam.

O autoconhecimento deve ser sempre a bússola que guiará toda a jornada em busca da autoliderança. É ele que faz você entender o que de fato deseja e espera para o seu futuro.

Esse conhecimento profundo te levará a buscar um equilíbrio maior entre suas paixões e as possibilidades de torná-las parte da sua carreira.

Conhecer a si mesmo é, também, conquistar a independência de gerenciar os momentos de crise das melhores formas, sem a necessidade de externar a culpa ou buscar soluções em outras pessoas. O que torna essa característica ainda mais cobiçada no mercado de trabalho.

Conclusão

É fato que saber onde deseja estar e o que quer fazer traz maior satisfação em todas as áreas da vida, já que reduz as incertezas e a ansiedade de se sentir perdido.

A autoliderança parte dessa confiança em si mesmo, parte de saber antes de mais nada quem você é, entender quais os seus pontos mais fortes sem deixar que o ego domine as situações rotineiras e com isso, traçar um mapa para seguir.

Já o autoconhecimento indica o caminho para resultados maiores e mais constantes em todas as áreas da vida pelo simples fato de mostrar o que faz sentido ou não para a sua jornada.

Ter a liberdade de saber com certeza o que fazer e como fazer é uma motivação para continuar se aprimorando, se engajar na área e a se compromissar na busca por resultados inovadores.

É interessante pensar que os novos caminhos criados pela tecnologia nos permitem vislumbrar um novo comportamento de liderança.

Nesse modelo de gestão horizontal onde cada um se compromete a acelerar seu crescimento profissional, é possível humanizar os processos e usar o autoconhecimento como ferramenta para ir muito mais longe.

Gostou desse artigo e das dicas? Compartilhe com sua rede e continue acompanhando o blog da PontoTel!

Compartilhe em suas redes!

Fiscal Ti