(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Entenda o conceito CHA e saiba como utilizá-lo na sua empresa!

Entenda o conceito CHA e saiba como utilizá-lo na sua empresa!

A competência é um fator muito discutido por diferentes pensadores e profissionais. Até então, não existe um consenso em relação ao tema. Afinal, é preciso unir o conhecimento técnico com habilidades em relação a gestão de equipes.

Com isso em mente, Scott B. Parry, em 1996, nos apresentou o conceito CHA em seu livro  “The quest for competencies”. Muito utilizado em diversas empresas para auxiliar os processos organizacionais, esse método facilita o alcance do sucesso do negócio.

Isso ocorre a partir do momento em que o comportamento e as atitudes dos colaboradores são avaliados. Assim, possuindo uma equipe comprometida e engajada nas estratégias da empresa é possível atingir grandes resultados.

A partir desse conhecimento, continue conosco e entenda mais sobre a metodologia CHA. Conheça esse método, suas vantagens e como aplicá-lo em seu negócio a partir dos tópicos que serão apresentados.

Boa leitura!

O que é o conceito CHA?

A sigla “CHA” se trata da junção dos ideais de conhecimento, habilidade e atitude. Esses três pontos auxiliam na ampliação do conceito de competência, criando um perfil modelo para que as empresas avaliem seus colaboradores, buscando uma equipe engajada em alcançar os melhores resultados para o negócio.

Com isso em mente, confira, a seguir, a explicação de cada uma das letras que fazem parte da sigla de CHA.

Conhecimento

A letra “C” corresponde ao tópico de conhecimento sobre um determinado assunto ou área específica. Dessa forma, leva-se em consideração que a pessoa tenha um certo know-how sobre um tema interessante tanto para a empresa empregadora quanto para o próprio colaborador.

Sendo assim, tal conhecimento pode ser adquirido de diferentes formas. As principais delas seriam leitura, cursos, experiências de vida, formação acadêmica e treinamentos profissionais.

Habilidade

O “H” refere-se à habilidade do colaborador em relação à capacidade de colocar seu determinado conhecimento em prática, assim solucionando possíveis problemas e impasses, além de gerar grandes resultados.

Basicamente, é a possibilidade de realizar tarefas, aplicando seu conhecimento sobre tais atividades. Portanto, as habilidades do colaborador tendem a aperfeiçoar-se cada vez mais, melhorando os resultados de determinada área.

Atitude

Por fim, a letra “A” simboliza a proatividade do colaborador. Com isso em mente, seria a iniciativa própria para agir sobre e/ou solucionar problemas, não esperando situações ou ordens para fazer alguma coisa em relação a algo.

A partir da sequência apresentada, concluímos que: com conhecimentos sobre um assunto e habilidades para realizar tarefas relacionadas a ele, é possível tomar atitudes em relação a uma situação ou problema específico.

Para que o conceito CHA pode ser utilizado?

Agora que você já sabe o que significa a sigla CHA, é preciso conhecer como utilizar essa metodologia em diferentes situações cotidianas dentro de uma empresa. A seguir, apresentaremos algumas delas. Confira!

Fazer uma contratação mais assertiva

Há até pouco tempo atrás, a noção de competências profissionais se tratava apenas do conhecimento em relação a um certo tema. Portanto, uma pessoa recém formada, que possui pouca ou nenhuma experiência prática na área, poderia ser considerada de fato competente para assumir determinado cargo.

Porém, por razões até então óbvias, vimos que esse conceito começou a ser visto de forma diferente. De tal modo, concluímos que, para ser de fato competente em algo, é necessário possuir não só conhecimento, mas também habilidade para executar a atividade e vontade de realizá-la.

Com isso em mente, é possível utilizar a técnica CHA como um fator avaliativo durante o processo de recrutamento e seleção. Para isso, basta utilizá-la como base para analisar currículos e, principalmente, dinâmicas durante a seleção de candidatos.

Gestão de competências

Por incrível que pareça, é comum vermos diversos trabalhadores que não possuem as competências necessárias, porém, cheios de habilidade sobre um determinado tema e atitude para executar tarefas. Além disso, também existem muitos casos de profissionais que possuem um amplo conhecimento sobre determinado tema, mas não conseguem de fato realizar suas atividades da maneira correta.

Dessa forma, o método com base no conhecimento, habilidade e atitude se torna um grande aliado das empresas. Isso porque, ao realizar uma análise da equipe, é possível criar uma estratégia para criar um ambiente profissional motivacional, fazendo com que os colaboradores se dediquem de fato à realização das tarefas.

Com isso, a empresa terá um foco menor em si e maior em seu trabalhador, resultando na busca do profissional em compreender os fatores CHA para evoluir profissionalmente, além de gerar melhores resultados para o negócio.

Além disso, com base na análise feita anteriormente, é possível que o negócio entenda quais são as principais dificuldades de sua equipe. A partir de tal conhecimento, a empresa poderá criar treinamentos específicos para X perfis de funcionários, auxiliando-os a melhorarem seus conhecimentos e habilidades, além de motivar suas atitudes.

Mensurar resultados

Acompanhar os resultados do negócio sempre foi um fator importante. Em relação a aplicação do método CHA, essa prática não se torna diferente. A partir deles, é possível entender a necessidade da criação de novas estratégias.

Desse modo, é possível analisar os colaboradores que de fato atendem às necessidades do negócio, melhorando diversos fatores internos e até mesmo externos. Com isso, é preciso lembrar que os fatores habilidade x conhecimento se fazem muito necessários, bem como o primeiro passo para realizar as atividades estipuladas.

Portanto, cabe ao negócio estudar a implementação da técnica CHA, podendo assim aplicá-lo de maneira gradativa no dia a dia da empresa ou optar pela terceirização desse serviço, conseguindo assim um suporte adequado de maneira mais rápida.

Feedbacks

A avaliação dos colaboradores se torna um fator muito positivo para os negócios. Isso porque, ao receber um retorno positivo ou negativo em relação ao seu rendimento, o colaborador saberá exatamente onde melhorar, possuindo o auxílio do gestor para garantir sua evolução profissional.

De tal forma, é possível aplicar o conceito CHA não só para avaliar um colaborador, mas também auxiliá-lo em seu crescimento. Sendo assim, os pontos a serem corrigidos estarão mais transparentes, trazendo um maior engajamento e compreensão dos erros por parte do funcionário.

Quais os benefícios de usar a técnica CHA?

A falta de clareza pode se tornar uma grande inimiga da evolução profissional não só de um único colaborador, mas sim de uma equipe inteira. Portanto, é importante compreender e mapear o caminho que os funcionários devem seguir, não só na realização de suas atividades, mas sim no aperfeiçoamento de suas técnicas e conhecimentos.

Com isso em mente, é possível utilizar a técnica CHA para auxiliar nesse processo. Assim, é possível realizar o diagnóstico das gaps de competência, visualizando o conhecimento ideal e a habilidade necessária para efetuar a tarefa ou função em questão.

A partir de tais informações, é possível realizar análises, como a SWOT, para entender as vantagens, forças, fraquezas e ameaças em relação à oportunidade. Desse modo, o colaborador irá entender onde e como deverá entrar em ação em relação a demanda.

Sendo assim, o CHA auxilia no autogerenciamento de carreira dos colaboradores, além de auxiliar no planejamento da empresa. Afinal, ao avaliar os 3 pilares dessa técnica, é possível visualizar de maneira estratégica uma melhor gestão da equipe e definir planos assertivos para o negócio.

Conclusão

O método CHA traz uma base sólida para as empresas e seus colaboradores. Isso porque, tendo noção da necessidade de conhecimentos, habilidades e atitudes em relação a uma determinada meta ou realização de tarefas, é possível corrigir erros e trazer excelentes resultados.

Dessa forma, é muito importante que as empresas invistam nessa técnica, para assim realizarem as contratações desejadas para alcançar um determinado objetivo e treinar sua equipe para visualizar melhores horizontes para o negócio.

Além disso, o método pode auxiliar muitos colaboradores a evoluírem profissionalmente. Portanto, é uma forma do trabalhador sempre inovar seus conhecimentos, comportamentos e técnicas, adaptando-se constantemente às necessidades do mercado.

Gostou do conteúdo apresentado em relação ao conceito CHA? Então não deixe de conferir outros artigos interessantes como esse no blog da ProntoTel! Navegue por nosso blog e confira dicas incríveis para auxiliar na gestão de pessoas do seu negócio.

Compartilhe em suas redes!

Fiscal Ti