(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Seus colaboradores sentem que fazem parte da empresa? Saiba a importância do sentimento de pertencimento para sua empresa!

Seus colaboradores sentem que fazem parte da empresa? Saiba a importância do sentimento de pertencimento para sua empresa!

O maior recurso que uma empresa possui, são as pessoas. Não apenas os clientes que adquirem seus produtos e serviços, mas, também, daqueles que trabalham dia a dia para o crescimento da organização.

As pessoas são fundamentais para o desenvolvimento da empresa no mercado, sendo assim, é muito importante desenvolver nelas o sentimento de pertencimento.

Por isso, preparamos esse artigo onde vamos abordar as principais dúvidas que podem surgir em relação a esse assunto. Veja a seguir os temas que serão discutidos:

Você tem dúvidas de como promover o sentimento de pertencimento na sua organização? Então, descubra ao longo deste artigo.

Acompanhe!

O que é o sentimento de pertencimento?

O ser humano possui como necessidade básica, se relacionar com outras pessoas. Cada pessoa possui uma motivação básica para se desenvolver, uma comprovação disso é pirâmide das necessidades básicas desenvolvidas por Maslow.

Na pirâmide existe um pilar de “necessidade de estima”, que corresponde a motivação pela aceitação, ou seja, as pessoas buscam meios de serem valorizadas na vida pessoal ou profissional.

Por isso, ao pensarmos no sentimento de pertencimento para as organizações, vemos que esta é uma necessidade básica das pessoas. Pois, elas querem se sentir úteis e valorizadas no mercado de trabalho.

O sentimento de pertencimento então, diz respeito, à valorização que a empresa tem para com o funcionário, mostrando que ele faz parte da comunidade da organização.

Logo, as organizações devem se preocupar em saber se os funcionários se sentem parte da empresa.

O que o sentimento de não pertencimento pode causar na empresa?

O ambiente de trabalho é um fator fundamental para a satisfação do colaborador. Locais de trabalho que não são adequados ou que os chefes não demonstram preocupação pela equipe é prejudicial para o desempenho dos profissionais.

Quando não há o investimento e a valorização dos colaboradores, as instituições estão colocando em risco seu sucesso.

Absenteísmo e presenteísmo

O absenteísmo é a ausência física do trabalhador no posto de trabalho. As faltas começam a ocorrer com frequência e podem estar relacionadas a problemas com a saúde, problemas pessoais ou desmotivação com o trabalho.

Já o presenteísmo, é o estado em que o trabalhador se apresenta no local de trabalho, porém sua mente não está presente. Essa ausência pode decorrer de mal-estar físico ou psicológico, problemas pessoais ou no ambiente de trabalho.

Esses fatores reduzem a produtividade, a motivação e o rendimento do colaborador.

Altas taxas de turnover

A alta taxa de rotatividade é uma das situações mais temidas pelas empresas. Pois, além de gerar altos custos financeiros, ela causa outros impactos negativos para as organizações.

Uma das principais causas é a falta de uma liderança qualificada. Gestores que não conseguem liderar a equipe, desmotivam o colaborador e estes passam a não render mais e passam a buscar novas oportunidades em um ambiente onde ele será mais valorizado.

Queda de produtividade

A queda na produtividade é um dos primeiros sinais de que a equipe não está engajada e isso impacta nos resultados da empresa.

É importante que os gestores e o departamento de recursos humanos procurem saber se os colaboradores estão engajados ou não.

Assim será possível corrigir o que está causando queda da produtividade e implementar ações para solucionar esse problema.

Falta de identificação com a companhia

Quando o funcionário possui o sentimento de desvalorização, ele acredita que a empresa não se importa com ele como deveria. Sendo assim, ele passa a não se identificar com os valores e a missão da organização.

Ele sente que não faz parte de uma equipe e que as suas atividades não agregam valor, por isso, tende a produzir menos e começa a busca por empresas em que ele vai se identificar.

Por que é importante fazer os colaboradores se sentirem parte da empresa?

Fazer com que o funcionário se sinta parte da empresa é um grande desafio para os gestores. Entretanto, é fundamental proporcionar um ambiente de trabalho saudável para motivar, engajar os colaboradores e promover o sentimento de pertencimento.

Se os colaboradores se sentem como parte da empresa, ele sabe que o cumprimento das atividades é essencial para o crescimento da organização e isso dá à ele um propósito para concluir as demandas.

Retenção de talentos

Reter os talentos dentro das organizações não é uma tarefa simples, isso requer que os gestores estejam comprometidos e mostrem aos funcionários que eles são importantes para a empresa.

O sentimento de pertencimento ao lugar, faz com que os profissionais desejem permanecer na empresa por mais tempo.

Funcionários engajados

Quando a organização se preocupa com os sentimentos e o bem-estar dos funcionários, os profissionais vão realizar as atividades com mais engajamento e comprometimento.

Sendo assim, existe um sentimento de reciprocidade, em que o colaborador se sente motivado e tem orgulho de fazer parte da organização.

Employer branding

Employer branding é um conjunto de técnicas que tem como finalidade reforçar aos colaboradores e ao mercado os pontos positivos de trabalhar em determinada organização.

Quando as estratégias são bem executadas, os profissionais veem essas empresas como uma oportunidade para obter crescimento na carreira.

Já os colaboradores que já trabalham nessas organizações, buscam permanecer nelas por mais tempo.

Melhora no desempenho

Todas as medidas que forem colocadas em prática, farão com que o ambiente de trabalho seja mais saudável e colaborativo. Essas ações resultam em uma melhora no desempenho do trabalhador.

Estando em um ambiente saudável, com gestores engajados e preocupados com o desenvolvimento, o funcionário trabalha mais e com mais qualidade. Portanto, as ações vão beneficiar tanto a empresa quanto os colaboradores.

Fortalecimento da cultura organizacional

Quando as organizações estão comprometidas no engajamento dos funcionários, será notável o fortalecimento da cultura dentro da empresa.

A cultura nasce com a empresa e é fortalecida a partir dos esforços das pessoas que trabalham nela, por isso, funcionários motivados tendem a fortalecer a cultura bem como o sentimento de pertencimento.

Como despertar o sentimento de pertencimento nos funcionários?

Até aqui, discutimos sobre o que significa e qual a importância do sentimento de pertencimento nas organizações. Agora, vamos entender como as organizações podem colocá-lo em prática.

Tenha colaboradores como aliados

Os funcionários que lidam com as atividades operacionais, possuem conhecimento sobre a realização das atividades e o que pode funcionar ou não. Por isso, é fundamental que a empresa os inclua nas tomadas de decisão. Assim, ele se sente mais valorizado e mais pertencente ao processo de crescimento da empresa.

Isso também auxilia a ter o colaborador como um aliado para que a empresa consiga crescer de forma correta e atingir os objetivos desejados.

Estimule a empatia dentro da organização

No ambiente de trabalho, a empatia é considerada como uma habilidade muito importante para que as relações interpessoais ocorram da melhor maneira.

Estimular a empatia vai trazer muitos benefícios para a empresa e para os funcionários, como:

  • Melhora nas relações;
  • Reduz o nível de estresse;
  • Aumenta a produtividade;
  • Melhora a forma como os colaboradores realizam o atendimento.

Aposte no endomarketing

O endomarketing, ou comunicação interna, possui o objetivo de engajar e motivar as equipes internas. Através dele, as organizações realizam uma comunicação mais eficiente com os colaboradores e promovem o seu envolvimento na organização.

Crie situações para interação e integração de funcionários

Para colocar em prática o sentimento de pertencimento, as empresas podem promover momentos de descontração e integração entre os funcionários, como happy hours, integração entre as equipes. Afinal, nem tudo se resume a trabalho e metas a serem alcançadas.

Crie políticas de desenvolvimento de colaboradores

Ter políticas de desenvolvimento dos profissionais, demonstra que a empresa está preocupada com os objetivos individuais de cada colaborador e do seu crescimento dentro da organização.

Faça pesquisas sobre a empresa

É importante que as empresas realizem pesquisas para saber o nível de satisfação e comprometimento com a empresa.

Busque identificar quais ações deixariam os funcionários mais motivados e se eles consideram a organização como um bom local para trabalhar e crescer, se o ambiente é saudável, entre outros.

Ouvir o funcionário, é uma ótima forma de proporcionar o sentimento de pertencimento e demonstrar que ele é uma parte importante para a organização.

Monitore o clima organizacional

Após a aplicação das outras medidas, chegou o momento de monitorar. Nessa etapa, os gestores e o RH devem avaliar se as estratégias estão funcionando como deveriam e se os funcionários estão mais engajados nas atividades.

Se for necessário, pode realizar ajustes para alcançar os objetivos propostos.

Conclusão

Foi possível perceber ao longo deste artigo, o que é o pertencimento dentro das organizações e como esse sentimento é fundamental para uma equipe motivada.

Para que esse sentimento se perpetue nas organizações, é necessário criar uma cultura organizacional que veja isso como parte do negócio. Assim, a preocupação com a equipe será constante.

Gostou das nossas dicas? Acompanhe mais conteúdo no nosso blog.

Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

Fiscal Ti