(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

Volta ao trabalho presencial: 5 pontos que sua empresa precisa considerar

Volta ao trabalho presencial: 5 pontos que sua empresa precisa considerar

Depois de um longo período de home office as empresas começam a se organizar para a volta ao trabalho presencial – apesar de que a tendência é manter alguns setores exercendo suas funções de casa, enquanto a outra parte volta à empresa.

Mesmo com a continuidade da pandemia, os números de infectados e mortos pela Covid-19 caíram consideravelmente com os avanços da campanha de vacinação no país.

Com este novo cenário, boa parte das empresas já está recebendo os seus funcionários presencialmente. Porém esse “novo normal” pode causar alguns desconfortos e, para evitá-los, fique atento a 5 pontos importantes nesta volta ao trabalho presencial!

1. Ambientes fechados

Em lugares fechados e com pouca ventilação, ou uso de ar condicionado, a máscara continua sendo uma grande aliada, por isso é imprescindível manter o uso desta barreira de segurança.

É importante recordar que se você usa a máscara estará protegendo a si mesmo e aos seus colegas de trabalho.

Vale considerar o uso do modelo PFF2 (ou N95) que tende a evitar vazamentos por ser uma das máscaras mais seguras.

Aos homens de barba é preciso uma atenção maior, visto que este é um ponto comum de vazamento para o vírus.

A gestão da empresa precisa ficar atenta a essa regra em seus ambientes internos.

2. Intervalos para refeições

Os momentos de café ou almoço são bastante propícios para a propagação do vírus, por isso, se a sua empresa oferece um refeitório, será necessário adotar medidas de segurança, principalmente quanto à ventilação do local e ao distanciamento entre colaboradores.

Caso os funcionários saiam para comer fora da empresa é importante ir a lugares mais arejados ou escolher mesas próximas às janelas que possibilitem maior ventilação.

Aliás, preferir comer com pessoas do próprio convívio ainda continua sendo o mais indicado para conter o vírus.

3. Estrutura das empresas

Cada funcionário precisa cumprir o seu papel para que a pandemia tenha um fim. No entanto, as empresas precisam fazer melhorias na estrutura dos ambientes físicos, de modo a contribuir para a segurança e saúde de todos.

Uso de ventiladores próximos aos funcionários, instalação de filtros nos aparelhos de ar condicionado, bem como disponibilização de máscaras de qualidade para os colaboradores são boas maneiras de demonstrar a consciência da empresa com o “novo normal”.

4. Transporte

O uso de transporte, seja particular ou público, também precisa ser uma preocupação para cada trabalhador.

É extremamente importante continuar cultivando o hábito de lavar as mãos, principalmente ao chegar ou sair do trabalho.

Ônibus e metrôs são meios de transporte bastante utilizados e, nos horários de pico, costumam encher, provocando aglomerações.

Nesse momento, também entra a importância do uso da máscara N95 e, se possível, óculos de proteção para os olhos.

5. Manter o home office para quem precisa

Ainda é preciso tomar cuidados especiais com as pessoas de risco, como gestantes, idosos e indivíduos com comorbidades.

Portanto, se houver a possibilidade, a empresa pode considerar manter esses colaboradores no trabalho home office. Assim, garante a segurança da empresa e das famílias.

Sabe-se que os sintomas da doença ainda são diversos, então o mais indicado é ficar atento a qualquer sensação estranha no corpo. E é importante buscar realizar o teste sempre que possível.

Fonte: Folha Certa

Fiscal Ti