(11) 2942-0358
contato@veritasexacta.com.br

4 Modos de gerenciar a energia no trabalho e ser mais produtivo

4 Modos de gerenciar a energia no trabalho e ser mais produtivo

Se você fosse um corredor de maratona, treinaria começando aos poucos. Você definiria objetivos para si mesmo, mas conhece seus limites e nunca vai além deles em caso de lesão ou esgotamento. Saberia quando desacelerar, descansar, se recuperar e quando ganhar velocidade. Você correria em intervalos com base nos picos e quedas de sua energia. Você ouviria sua mente, corpo e espírito. Se sua energia acabasse, você recuaria e diminuiria o ritmo para uma caminhada ou parar completamente para se alongar, fazer pausas e recarregar. Você saberia fazer o gerenciamento eficiente da energia.

Mas você não está correndo uma maratona, está vivendo sua vida e trabalhando muito. O Dr. Phillip C. McGraw escreveu esta ideia infame (e inteligente): “a vida é uma maratona, não uma corrida”.

Um bom gerenciamento de energia no trabalho pode ser útil para melhorar a qualidade do trabalho, tornando o dia a dia mais produtivo e eficiente.

Energia é definida como a força e a vitalidade necessárias para uma atividade física ou mental sustentada. O trabalho costuma entrar em uma ou em ambas as categorias, dependendo do que você faz para ganhar a vida. Se você olhar dessa maneira, então a energia é a força e a vitalidade necessárias para que você trabalhe.

Então, por que tantas organizações e pessoas focam no tempo e na gestão do tempo? Se você cumprir todos os prazos, apesar de seu corpo e mente implorarem por tempo de descanso e recuperação, você vai ter passado por uma corrida de velocidade ou uma maratona? Quantas vezes no dia a dia de trabalho você corre, por assim dizer?

E se, em vez disso, você e sua organização focassem na gestão da energia? Talvez vocês conseguissem cumprir esses mesmos prazos com disposição no trabalho (e impulso e espírito) de sobra, não é mesmo? Pesquisas sugerem que sim.

Na verdade, um estudo focou em fortalecer os níveis de energia em quatro módulos: mente, corpo, espírito e emoções. Eles descobriram que 68% dos participantes tiveram um impacto positivo em seus relacionamentos com os clientes. Outros 71% viram um impacto positivo perceptível ou substancial em sua produtividade e desempenho. Muitos deles superaram os colegas em vendas e receitas — e mantiveram esse ritmo por um ano após a conclusão do estudo.

Eles concluíram que a gestão eficaz da energia permite uma maior capacidade de fazer mais em menos tempo e com maiores níveis de engajamento e sustentabilidade no longo prazo. Parece mais uma maratona do que uma corrida de velocidade, certo?

Pense na sua energia como se fossem baterias

Seu corpo, mente e espírito são como baterias. Elas duram apenas um certo tempo antes de precisarem descansar, se recuperar e recarregar para voltar ao pleno potencial. Vida útil da bateria restaurada!

Algumas tarefas, como você sabe, esgotam sua disposição para o trabalho mais rápido do que outras. Projetos que não o motivam ou tarefas enfadonhas e repetitivas têm a tendência de logo sugar energia. Coisas que você não ama fazer. Mas mesmo essas tarefas que você ama ainda exigem que você faça pausas.

Existem também comportamentos que esgotam a disposição para o trabalho, como focar em pensamentos negativos, resistir a emoções positivas, deixar seu ego e orgulho atrapalharem suas realizações ou a falta de autocontrole quando se trata de manter um estilo de vida saudável e bem equilibrado.

Autocontrole é uma palavra-chave aqui. Seu sucesso não se baseia em começar sua maratona de trabalho ou vida com força e velocidade desde a largada, mas seguir em frente todo dia, toda hora e todo minuto. (Sempre que possível — faça pausas!) Se você achar que seus níveis de energia para trabalhar estão caindo, escute seu corpo! Faça qualquer ação que a mente, o corpo, o espírito ou as emoções queiram e precisem e, em seguida, volte a trabalhar quando estiver pronto.

Como gerenciar seus níveis de energia no trabalho

Dependendo do que você precisa, algumas mudanças simples em sua rotina diária podem fazer maravilhas para recarregar sua energia para trabalhar. Todas essas atividades são voltadas para ajudar no gerenciamento mais eficaz da sua energia ao longo do dia (tanto no trabalho quanto em casa).

Veja algumas ideias para ajudar a recarregar seus níveis de energia:

  • Durma bem
  • Incorpore movimento ao seu dia
  • Tenha uma dieta saudável e bem equilibrada
  • Faça pausas ao longo do dia
  • Deixe seu telefone no modo silencioso
  • Mantenha o foco em uma tarefa de cada vez
  • Pratique meditação
  • Diário
  • Tome um pouco de ar fresco
  • Passe tempo com seus entes queridos
  • Leia
  • Escreva uma lista de gratidão
  • Faça o que ama com mais frequência
  • Deixe a positividade entrar
  • Deixe a negatividade de lado

Muitas vezes, você pretende fazer uma pausa, mas fica enterrado sob pilhas de prazos, reuniões urgentes, muitas tarefas a fazer e muita pressão para conseguir realizar tudo. Uma vida acelerada não faz bem a ninguém. Não faz bem a você, nem à sua família, nem aos seus amigos, nem aos seus colegas, nem aos seus chefes ou clientes.

O segredo é que você consegue fazer tudo. Mas não precisa se esgotar. Você pode riscar sua lista de tarefas e fazer pausas para recarregar a energia ao longo do dia. Se você quiser ver os resultados, reserve um tempo para quando sua mente, corpo, emoções e/ou espírito disserem que é necessário.

Experimente adicionar algumas dessas atividades em seu cronograma de trabalho diário. Tente ser persistente com elas.

Agora, é hora de se aprofundar em algumas dessas atividades para ver como e por que elas são eficazes.

4 modos de gerenciar sua energia de modo eficiente durante o dia de trabalho

1. Conheça a forma como você trabalha

Você é do tipo que deixa tudo para a última hora? Você assume muitas responsabilidades e tem dificuldade em dizer não? Ou você se empenha em um projeto em um ritmo lento e constante? Pense nisso por um instante. Saiba a forma como você trabalha em termos de energia.

Pessoas de alta energia devem fazer intervalos com frequência para evitar o esgotamento e observar se não estão excedendo seu limite máximo de energia. Pessoas que gastam menos energia devem definir expectativas mínimas para si todos os dias e não ficar abaixo delas.

Aqueles de vocês que oscilam entre a energia alta e baixa ao longo do dia devem ficar atentos ao pico e base de seus limites de energia conforme eles vêm e vão. Façam pausas, mas avancem nas tarefas quando tiverem motivação.

2. Defina mínimos e máximos diários para você mesmo

Se você assume muitas tarefas e gasta muita energia todos os dias, encontre seu limite máximo, estabeleça limites e não os abandone. Por exemplo, defina a meta de não ter mais do que cinco reuniões em um determinado dia e dê a si mesmo um dia sem nenhuma reunião por semana. Assim você ajuda a evitar o esgotamento e a estabelecer limites para você e para os outros. Além disso, é provável que você fique mais feliz e mais presente em cada reunião, com mais disposição para trabalhar.

Ou, se você está tentando meditar mais, por exemplo, estabeleça metas de que você vai meditar não menos do que uma vez por semana e não mais do que uma vez por dia. Ou, se você tem um projeto de trabalho dos sonhos em que quer trabalhar, reserve no mínimo um dia por semana e no máximo dois. O estabelecimento de metas com restrições de tempo realistas vai ajudar a atingir os objetivos e definir limites de energia.

3. Faça pausas com base em seus ritmos ultradianos

A “Power hour”, ou hora da eficiência máxima, tem esse nome apropriado devido aos ritmos ultradianos. Esses são os ciclos naturais em que os corpos passam de estados de alta para baixa energia. Esses ciclos de energia variam de 90 a 120 minutos, dependendo da pessoa.

Mantenha o foco no intervalo de alta energia “Power Hour”

Durante um período de alta energia, mantenha o foco exclusivo naquilo que estiver fazendo. Evite alternar tarefas ou verificar seu telefone e e-mails durante esse período. Este é um comportamento de esgotamento de energia que é melhor evitar enquanto você estiver realizando uma tarefa ou estiver presente em uma reunião. Você vai ficar feliz ao descobrir quanto trabalho de qualidade pode ser realizado em um curto espaço de tempo.

Hora de fazer uma pausa para descansar e se recuperar

No final de um ciclo, seu corpo vai avisar que precisa descansar e se recuperar. Pode ser que você comece a bocejar, ficar com fome ou com sede, ter dificuldades em se concentrar, ficar impaciente ou ter vontade de sair e fazer uma pausa.

A maioria das pessoas ignora e dispensa essa mensagem do corpo (ou mente) para concluir uma tarefa. Não vá por aí! Essa não é uma gestão eficaz da energia. É assim que você fica esgotado, desconcentro, cansado, mal-humorado ou produz um trabalho de baixa qualidade.

Em vez disso, use esse tempo (aproximadamente 20 minutos, mas o tempo é menos importante do que o intervalo em si) entre os ritmos ultradianos para fazer qualquer uma das atividades listadas acima. Em apenas alguns minutos, você pode se desligar, recarregar as baterias e voltar com mais disposição para trabalhar e melhores resultados.

Então, quando você estiver pronto para voltar, verifique seus e-mails e tudo o que for preciso antes de voltar para sua próxima hora de eficiência máxima.

Gerenciar sua energia significa ouvir seu corpo

A mente, o corpo, o espírito e as emoções são muito inteligentes. Eles vão dizer do que precisam e quando. Cabe a você ouvir. A meditação é uma ótima maneira de voltar a se familiarizar com o que seu corpo está dizendo, apenas no caso de você ter esquecido ou se tornado bom em ignorar os sinais e reprimir as emoções. Diários de gratidão também são ótimas maneiras de deixar entrar mais positividade em sua vida e deixar a negatividade de lado.

Ao longo do dia, tente fazer algumas coisas que o façam feliz de verdade. Por exemplo, se você tivesse apenas mais um ano de vida, o que faria com seu tempo? O que te inspira? Como você viveria cada dia em sua plenitude? Como gerenciaria sua energia? Você faria mais pausas? Faria mais caminhadas? Faria mais trabalhos que o inspiram, acendem sua criatividade e o deixam mais alerta?

Gerenciar a sua energia é um ganho de qualidade de vida 

Antes de voltar ao seu dia, pense em como você gostaria de ser lembrado em sua vida profissional.

Como o funcionário pessimista, cansado e estressado, que sempre tem muito o que fazer para realizar uma longa pausa para o almoço ou fazer uma aula de ioga no meio do dia? É provável que não. É provável que você queira ser lembrado como o funcionário positivo, feliz e criativo que sempre concluiu as tarefas no prazo e, de alguma forma, ainda tinha energia para momentos de plenitude ao longo do dia.

Pergunte a si mesmo: o que o impede de alcançar essa ideia — ou de ser assim — agora?

Você chegou até aqui, o que é um ótimo primeiro passo porque significa que você se preocupa e está pronto para ouvir. Em seguida, conheça os ciclos de energia de sua mente e seu corpo. Honre esses ciclos e faça pausas a cada queda na energia, hoje e nos próximos dias. Você vai agradecer a si mesmo por essa escolha todo dia e toda hora a partir de agora, com mais disposição no trabalho.

Seja algo negativo ou positivo, adoraríamos ouvir o que você acha. Siga-nos no Twitter (@trello)!

Blog Trello

Fiscal Ti