(11)2059-2863 / (11)2059-3032
contato@veritasexacta.com.br

Blockchain: principais vantagens, impactos e como funciona!

Blockchain: principais vantagens, impactos e como funciona!

O mercado de tecnologia de criptomoedas ganhou força nos últimos anos tendo diversos adeptos de setores distintos. Estima-se que em 2021 as empresas tenham investido mais de 9,2 bilhões de dólares no sistema chamado blockchain, que tinha como foco o bitcoin.

O conceito blockchain surgiu em meados de 2008 como uma tecnologia focada nas transações de bitcoins. Contudo, devido a sua base descentralizada e segura passou a funcionar também como um sistema de armazenamento de dados e documentos.

Com essa ampla gama de funcionalidades, essa tecnologia impactou diversos setores das empresas, como o do RH, por exemplo, que se utilizou desse sistema até mesmo para criar um ambiente de recrutamento e seleção.

Mas de fato o que é blockchain, como ele funciona na prática, qual o impacto desse sistema na rotina das empresas e que vantagens ele pode trazer? Neste artigo você vai saber:

O que é blockchain?

A palavra blockchain em sua tradução literal significa cadeia de blocos. Pode ser explicado como um sistema, uma base de dados imutável, que registra transações e armazena dados em sincronia com os usuários que participam dessa rede.

É uma rede descentralizada, ou seja, não existe uma governança central, uma autoridade que comanda o blockchain. Muito utilizado para gerenciar informações de transações financeiras virtuais, essa tecnologia se expandiu e hoje atinge até mesmo os setores de RH.

Para que serve?

O blockchain serve principalmente como uma base de dados que tem como principal característica a confiabilidade e segurança no controle de informações e documentos, já que utiliza a criptografia nos seus processos.

Essa tecnologia teve como primeira proposta ser um sistema que funcionaria exclusivamente para transações digitais, de criptomoedas. Porém, ao longo do tempo passou a ter um papel mais abrangente, tornando-se funcional para diversos setores.

Atualmente o blockchain funciona tanto em transações financeiras de moedas virtuais como em negociações imobiliárias, armazenamento de dados, registro e autenticação de documentos e funciona até mesmo como uma plataforma de recrutamento.

Ele passou a servir principalmente para todas as empresas ou usuários que desejam ter uma segurança maior no arquivamento e compartilhamento de dados e informações, oferecendo maior rapidez no processo, prezando sempre pela confiabilidade das ações.

Como surgiu essa tecnologia?

O conceito de blockchain surgiu oficialmente em 2008 em um artigo publicado por um uma pessoa com pseudônimo Satoshi Nakamoto.

O artigo era intitulado como “Bitcoin: A Peer-to-Peer Electronic Cash System” (Bitcoin: um sistema financeiro eletrônico peer-to-peer). No conteúdo, Nakamoto dizia: “(o blockchain) é um sistema para transações eletrônicas sem depender da confiança de terceiros”.

Contudo, a história diz que essa tecnologia já tinha aparecido em 1991, por meio de Stuart Haber e W. Scott. Na ocasião foi criada uma rede de blocos que tinha à frente uma proteção de criptografia.

Essa criptografia impedia a adulteração de documentos, como a mudança de hora e data deles. Em 92, esse sistema evoluiu, permitindo aos usuários que os documentos fossem armazenados em um único bloco.

Quais as vantagens de se ter blocos criptografados?

Utilizar um sistema como o blockchain pode oferecer diversas vantagens para os usuários que fazem o uso dele. Principalmente para operações que exigem e requerem maior segurança no armazenamento de dados.

Entre os benefícios dos blocos criptografados temos:

Sistema seguro

O blockchain se utiliza de uma cadeia em bloco, que minimiza as chances de um ataque hacker, já que seria necessário alterar todas as informações dentro do bloco. Além disso, sua segurança é ainda maior, pois os dados são criptografados.

Custo reduzido

Por não ter um intermediador ou alguma governança central, o custo das transações sempre é mais reduzido do que um feito pelo processo mais comum, como bancos, financeiras, etc.

Maior privacidade no compartilhamento de informações

Outra vantagem dentro do blockchain é a privacidade que ele oferece aos seus usuários. Como o sistema trabalha de forma descentralizada, aliada a criptografia, impede que informações confidenciais vazem ou sejam acessadas por pessoas não autorizadas.

Transparência

Além da segurança, outra palavra que descreve bem o blockchain é a transparência.

Os documentos armazenados nesse livro-razão público possuem um registro seguro das informações, que permitem um acesso a dados, via chave criptografada, que não podem ser alterados .

Esse tipo de processo evita fraudes e traz maior transparência nas informações compartilhadas, já que não existe a possibilidade de fraudes ou alteração de dados ao longo do tempo e tudo estará sempre disponível no sistema.

Blockchain no RH: principais impactos

Os impactos do blockchain não se reduzem apenas às transações de moedas virtuais, esse sistema também passou a ter uma grande influência em áreas distintas das empresas em geral, como no setor de recursos humanos.

O impacto dessa tecnologia no RH está ligado principalmente à maior confiabilidade em alguns processos do setor, maior segurança no armazenamento de dados dos colaboradores e otimização de rotinas como o de recrutamento e seleção.

O que melhora para o RH com o Blockchain?

O blockchain pode proporcionar uma grande evolução nos processos de RH, melhorando uma série de questões burocráticas e que muitas vezes tira a oportunidade desse setor ser mais estratégico.

Então, com o blockchain ativo, a empresa pode:

  • Ter mais segurança no fluxo e armazenamento de dados;
  • Eliminar questões burocráticas;
  • Agilizar processos de recrutamento e seleção;
  • Facilitar os processos de pagamento com contratos inteligentes;
  • Otimizar a consulta a dados e documentos da empresa;
  • Acabar com as chances de fraudes ou mudança de dados importantes da empresa.

Em quais áreas do setor de RH o Blockchain pode atuar?

Numa divisão deste setor é possível apontar em quais áreas que o blockchain pode atuar efetivamente e de forma concreta, contribuindo para que os processos se tornem mais rápidos e seguros.

O blockchain pode atuar principalmente nas áreas de:

  • Recrutamento e Seleção: nessa área o blockchain pode ser uma importante ferramenta para os candidatos subirem informações sobre sua vida profissional;
  • Departamento Pessoal: funcionando exatamente como uma ferramenta de armazenamento seguro de dados e informações;
  • Remuneração: com contratos inteligentes o blockchain pode ajudar a remunerar os colaboradores automaticamente, conforme cumprem suas metas, previstas no sistema.

Como essa tecnologia pode impactar os funcionários?

O blockchain pode ter uma função importante na rotina dos colaboradores em geral, principalmente nos funcionários que estão à frente do setor de RH. Como citado acima, essa tecnologia pode agilizar e dar maior segurança em vários processos.

Isso quer dizer que a vida de muitos funcionários pode ser facilitada. Na área de recursos humanos, essa tecnologia pode contribuir para que o funcionário foque em questões mais estratégicas de gestão de pessoas e não tanto em questões burocráticas.

Além disso, o blockchain pode ser um apoio de segurança para que funcionários não percam arquivos importantes e nem tenham seus dados vazados, já que armazenar dados nesse sistema contribuem para que eles estejam guardados de forma mais segura.

Em relação aos funcionários em geral, pode haver uma facilidade maior em função dos contratos inteligentes e das negociações via sistema e na gestão de pagamentos.

Visto que a tecnologia pode ser programada para que os funcionários recebam o pagamento conforme cumprem suas tarefas.

Quais empresas já usam o Blockchain no RH?

O blockchain passou a fazer parte da rotina de muitas empresas, devido aos inúmeros benefícios que essa tecnologia oferece. Não à toa que das 100 maiores empresas na bolsa de valores, 81 possuem projetos de blockchain, de acordo com uma pesquisa da BlockData.

Transações privadas, negociação de contratos confidenciais, contratos inteligentes e a criação de aplicativos descentralizados são os principais recursos utilizados por essas companhias quando o assunto é blockchain.

Muitas dessas empresas utilizam o blockchain com o foco no RH, principalmente na criação de contratos inteligentes. Entre as empresas mais famosas do mercado que utilizam essa tecnologia no RH temos:

  • Neotalent (plataforma de recrutamento): utiliza o blockchain como ferramenta de seleção de funcionários.
  • Grupo Persol (empresa de RH): com capital superior a US$ 5,7 bilhões a organização implementou uma plataforma de recrutamento baseada em blockchain.
  • PricewaterhouseCoopers LLP (empresa de auditoria): passou a usar o blockchain como um sistema para recrutamento e seleção.
  • Big Four Deloitte (grupo que reúne as empresas de consultoria EY, PwC, Deloitte e KPMG): implementou um sistema de blockchain para compartilhar e armazenar dados das equipes.
  • Randstad (empresa de gestão de recursos de RH): usa o sistema de blockchain para firmar e negociar contratos inteligentes.

Vantagens de utilizar o Blockchain no RH

As vantagens do blockchain também estão inseridas no contexto do RH. Uma vez que, esse sistema além de automatizar muitas tarefas no fluxo de trabalho deste setor, traz maior confiabilidade e agilidade na gestão de dados dos colaboradores.

Entre as principais vantagens do blockchain no RH é possível destacar:

Proteção de dados

A segurança é o grande foco do sistema blockchain, até por isso, a proteção de dados aparece como uma das principais vantagens dessa tecnologia dentro do RH.

É comum que este setor lide diariamente com uma série de dados confidenciais – financeiros, administrativos, pessoais dos colaboradores – e mantê-las em segurança deve ser uma grande prioridade da empresa.

Com as informações protegidas por criptografia, via blockchain, os dados só podem ser acessados por pessoas autorizadas, mediante verificação de acesso, evitando então que os dados vazem ou sejam adulterados.

Facilita o recrutamento

O recrutamento também é facilitado para empresas que utilizam o blockchain. Isso porque o armazenamento de informações dos candidatos é mais completo e pode ser acessado mais rapidamente pelas empresas.

No sistema blockchain quem está recrutando consegue ter à disposição uma série de informações sobre o candidato, como cursos, diplomas, certificações e muito mais. Ou seja, a análise passa a ser mais criteriosa e completa do que uma breve análise de um currículo.

No blockchain inclusive as trocas das minutas de contrato se tornam mais seguras e confiáveis, em função de um armazenamento de dados utilizando criptografia, garantindo agilidade no processo de contratação e eliminando possíveis fraudes.

Permite a criação de contratos inteligentes

Os contratos inteligentes, aliás, aparecem como uma das vantagens desse tipo de tecnologia. No blockchain um documento importante não pode ser adulterado ou fraudado, facilitando muitas negociações, seja na contratação de profissionais ou parceiros.

A empresa pode até mesmo criar um fluxo de pagamento automatizado, onde o profissional ao executar e atender determinadas funções recebe seu pagamento em seguida.

Esse tipo de funcionamento segue linhas básicas de código, que fazem parte e são armazenadas no blockchain.

Reduz os gastos com armazenamento de documentos

Muitas empresas investem alto quando o assunto é um espaço seguro para o armazenamento de seus dados. Com o blockchain e seu código aberto, devido a sua função descentralizada, esse tipo de gasto não acontece.

Sendo assim, a empresa pode eliminar esse custo, salvando e armazenando seus documentos em um local sem governança central, promovendo maior autoridade na gestão da empresa e de informações sigilosas.

Maior confiabilidade nos registros

Com o uso do blockchain, a confiabilidade no armazenamento das documentações e dados que são armazenados é muito maior. Isso porque nesse sistema os dados após serem processados não podem ser alterados ou modificados, se tornam imutáveis.

Assim, a empresa elimina as chances de possíveis fraudes em currículos, vazamentos de informações e alteração de documentos importantes e sigilosos da empresa.

Conclusão

Uma pesquisa de 2018, feita pela Qulture.Rocks já havia indicado que o setor de RH tinha se tornado mais estratégico e com um grande protagonismo nas empresas. 91% desses setores inclusive apontava a tecnologia como fator decisivo para o sucesso da área.

Neste artigo você pôde ver um sistema que vem fazendo parte dessa evolução do setor, permitindo que muitas das tarefas burocráticas sejam automatizadas.

Com o blockchain o RH pode garantir maior segurança no armazenamento de dados, evitar fraudes no processamento e no manuseamento de documentos da empresa e de seus colaboradores e também criar uma alternativa nos processos de recrutamento e seleção.

Entendeu a importância da implementação de novas tecnologias para a evolução e produtividade do RH? Se você gostou desse conteúdo compartilhe ele nas suas redes sociais.

Compartilhe em suas redes!

Fonte: PontoTel

Fiscal Ti