(11)2059-2863 / (11)2059-3032
contato@veritasexacta.com.br

Gestão do engajamento importância e como engajar equipes!

Gestão do engajamento importância e como engajar equipes!

O engajamento é a ligação que o colaborador possui com a organização. Ela é essencial para que a empresa consiga atingir bons resultados.

Porém, quando a empresa não coloca em prática a gestão de engajamento ela pode prejudicar os resultados bem como a motivação dos profissionais.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você entender qual o papel do RH e do gestor no engajamento dos colaboradores e de que forma ela deve ser colocada em prática.

Veja os assuntos que serão abordados:

Quer saber mais? Acompanhe o artigo!

O que é a gestão do engajamento na empresa?

O engajamento da equipe diz respeito a conexão que o profissional possui com a empresa.

Essa conexão não é estabelecida pela relação de trabalho, mas sim, pelo vínculo afetivo e psicológico que o profissional tem com seu emprego.

É importante ressaltar que motivação e engajamento são conceitos diferentes. O primeiro corresponde a uma ação pontual que motiva o colaborador a realizar determinada atividade.

Porém, uma pessoa motivada, não necessariamente está engajada e comprometida com a organização.

Nesse sentido, a motivação acontece quando o colaborador recebe algum tipo de bônus, aumento salarial, mudança de cargo ou de funções.

Já o engajamento, corresponde ao envolvimento que o colaborador possui com a organização, considerando alguns aspectos como:

Portanto, o engajamento interno torna os colaboradores mais cooperativos, empenhados e dispostos a se desenvolverem profissionalmente.

Desse modo, as ações de engajamento da equipe vão proporcionar que os funcionários sejam mais produtivos e eficientes nas suas atividades.

Como consequência, as tarefas serão produzidas com mais qualidades, gerando menos custos para a organização.

Qual a importância do engajamento interno?

O profissional engajado, possui maior envolvimento e comprometimento com a organização. Ou seja, ele se identifica com os valores da organização e vê um objetivo nas suas funções.

Desse modo, o colaborador trabalha com ânimo, paixão e comprometimento. Essas atitudes fazem com o que a organização consiga obter resultados positivos como, por exemplo:

Além disso, as organizações que não realizam uma boa gestão de engajamento, podem perder a chance de selecionar e reter os melhores profissionais disponíveis no mercado.

Isso acontece, pois, o mercado de trabalho hoje em dia, é mais competitivo e se a organização não efetua uma boa gestão de engajamento, os profissionais tendem a buscar outras opções no mercado.

Por último, as organizações devem investir em um plano de engajamento, pois, os profissionais engajados transmitem essa satisfação para colegas e familiares, fazendo com que eles se sintam atraídos pela empresa.

Assim, é possível tornar a empresa uma marca forte no mercado e atrair mais talentos para atuarem na organização.

Como engajar uma equipe?

Já ficou nítido a importância de desenvolver ações de engajamento com a equipe e os benefícios que essa ação proporciona para a organização e para o colaborador.

Porém, é importante deixar claro que o engajamento não é realizado somente em situações pontuais.

Pelo contrário, é uma atitude diária e exige muito esforço e comprometimento dos envolvidos.

Desse modo, o engajamento passa a fazer parte da cultura organizacional da empresa, desde que todos estejam empenhados em colocá-la em prática.

Se você ainda está com dúvidas de como aplicar a gestão de engajamento em uma organização, confira as dicas a seguir.

Promova um ambiente estimulante

A primeira mudança que os gestores devem fazer para engajar uma equipe, é promover um ambiente de trabalho estimulante.

Ou seja, um local onde os líderes dão oportunidades de crescimento à equipe, incentivam e apoiam ideias, desafiam os profissionais e estimulam a criatividade.

Também é importante que haja uma boa comunicação e relação entre os membros da equipe.

Pois, nenhum colaborador deseja atuar em um ambiente desagradável ou em um local que os gestores não se preocupem com os profissionais.

Crie ações internas de engajamento

Um profissional engajado entrega melhores resultados para a organização. Se a equipe possui algum profissional que não está motivado, isso pode afetar aos demais.

Portanto, os líderes devem utilizar ferramentas e estratégias que auxiliem no engajamento de todos os colaboradores. São elas:

  • Investir em uma boa comunicação;
  • Investir em treinamento e capacitação para os colaboradores;
  • Reconhecer e recompensar bons resultados.

Essas ações proporcionam que os colaboradores estejam mais engajados e comprometidos com as suas funções no dia a dia, sem comprometer o resultado da equipe.

Ouça os colaboradores

Para que uma gestão de engajamento funcione adequadamente, os gestores devem ouvir quem está na linha de frente.

Ou seja, os líderes devem se colocar à disposição para ouvir os colaboradores e entender quais são suas necessidades. Dessa forma, será possível desenvolver um plano que atenda a todos.

Além disso, os profissionais que atuam na linha de frente, possuem ideias e sugestões sobre como melhorar os processos e simplificá-los.

Promova feedbacks constantes

É importante que os gestores deem feedbacks constantes para a sua equipe, pois essa prática ajuda a manter a equipe focada e engajada com o trabalho.

O feedback também é importante para construir um diálogo aberto e honesto entre empregado e empregador.

Desse modo, o profissional sabe que o gestor está o incentivando a crescer profissionalmente e isso o deixa mais engajado a se desenvolver na organização.

RH e Liderança na gestão de engajamento

Muitas organizações ainda acreditam que o departamento de recursos humanos é o responsável por implementar a gestão de engajamento.

Todavia, os gestores possuem papel fundamental nesse processo. Isso porque, eles exercem maiores influências sob os colaboradores, sendo responsáveis por avaliar o que está funcionando e o que precisa ser ajustado.

Portanto, a liderança deve estar atenta ao clima organizacional na equipe e evitar conflitos entre os profissionais.

Assim, a gestão de engajamento é responsabilidade dos gestores que deve motivar os colaboradores para atingir os melhores resultados.

Já o RH, possui o papel de medir o nível de engajamento entre os colaboradores, através de formulários e pesquisas.

Quanto mais pessoas responderem às pesquisas, maiores são as pessoas engajadas com a empresa.

Além disso, o RH também auxilia no processo de contratação de novos talentos. Dessa forma, é necessário buscar por profissionais que tenham um fit cultural com a empresa e possuam valores e objetivos em comum.

Principais benefícios para a empresa

Uma boa gestão de engajamento leva os colaboradores a trabalhar com mais ânimo, paixão e realização.

O engajamento não beneficia somente a organização, mas também os colaboradores e os clientes finais.

Diante disso, podemos destacar as seguintes vantagens da gestão de engajamento para a organização:

Aumento no nível da produtividade

Um profissional engajado sabe a importância das suas atividades para que a organização atinja bons resultados. Além disso, as atividades que esse profissional realiza, são satisfatórias para ele.

Isso faz com que ele trabalhe mais e com mais qualidade, dando o seu melhor nas suas funções.

Melhoria no clima organizacional

Profissionais engajados, se sentem melhor no ambiente de trabalho e executam suas atividades com mais alegria.

Por isso, ele contagia outras pessoas com esse sentimento e todos produzem mais e melhor.

Dessa forma, há uma melhoria na qualidade de vida de todos os colaboradores da organização.

Diminui o nível de rotatividade

Quando os profissionais se conectam com a organização e com seu propósito, existem menos chances de buscarem por novas empresas.

Assim, a organização pode contar com um colaborador comprometido e engajado.  Isso diminui os custos com demissão e contratação de novos profissionais.

Diminui o nível de absenteísmo

Outro benefício que a gestão de engajamento proporciona às empresas, é que os colaboradores comprometidos, se ausentam menos de suas atividades.

Em um ambiente onde o engajamento não é importante, os colaboradores tendem a se ausentar, pois não veem propósito nas suas funções.

Portanto, é importante realizar uma boa gestão de engajamento, para manter a qualidade de vida e a saúde dos colaboradores.

Desse modo, eles vão conseguir realizar as atividades com mais motivação e comprometimento.

E para os colaboradores

Já para os colaboradores, dentre os benefícios da gestão de engajamento que é possível destacar, temos:

  • Recompensas e premiações;
  • Plano de carreira com metas e funções bem definidas;
  • Oportunidades de crescimento;
  • Redução de desgaste com as atividades do trabalho;
  • Aumenta o senso de pertencimento;
  • Aumenta a vontade de permanecer mais tempo na organização.

Dessa forma, é possível perceber que a gestão de engajamento é fundamental para que os colaboradores tenham mais motivação para trabalhar e entregar suas tarefas com mais qualidades.

Assim, a organização consegue atingir as suas metas e objetivos desejados.

Conclusão

Manter o nível de engajamento dos colaboradores em alta é um grande desafio para as organizações.

Porém, para colocá-lo em prática, é necessário haver uma parceria entre os gestores e o RH.

Os gestores devem resolver conflitos internos, reconhecer as conquistas dos colaboradores, dar treinamentos para a equipe, incentivar a criatividade, entre outras ações.

Já o RH deve mensurar o nível de engajamento dos profissionais, estar atento a ausências que podem estar relacionadas a doenças causadas pelo trabalho e criar ações de melhoria.

Essas ações vão aumentar o engajamento e os profissionais vão trabalhar mais. Assim, a empresa consegue atingir melhores resultados.

Gostou do conteúdo? Acesse o blog da PontoTel para estar por dentro de mais assuntos como este!

Fiscal Ti